activa

s

Perfil

Sexo

O que o Facebook nos revela sobre um homem

Pelo Facebook se sabe o básico sobre uma pessoa: que idade tem (enfim, às vezes), onde mora (enfim, às vezes), se é casado (enfim, às vezes). Mas há muitas outras coisas que podemos aprender com o perfil dele.

Catarina Fonseca

Só põe fotos fantásticas
Claro que toda a gente quer (enfim, a maioria de nós) passar uma imagem positiva de si próprio, mas se o mural dele é só ele nas Caraíbas, ele em sardinhadas, ele numa montanha-russa de boa vida, ele anunciando ‘Pessoal, fui promovida a diretor da CJFGUI’ (seja lá o que for), tem um narcisista nas mãos. Também existe o narcisista encapotado: este não é tão básico que diga bem de si próprio: às claras. ‘Às escuras’, faz o que pode: “Ontem ajudei uma velhinha a atravessar a rua. A velhinha agradeceu-me e disse que todos os pais deviam querer um filho como eu.”
O que diz dele: Que pode ter dificuldade em lidar com a vida real (e com mulheres reais)

Em vez de comentar põe emojis
Nós mal sabemos fazer o tubarão ou o coração, mas ele já vai muito à frente. Já vai à frente da cara a chorar rios de lágrimas. Vai à frente da caneca de cerveja, da pizza e da perna de frango, ou da mão a fazer OK, que ainda eram coisas masculinas. Ele é todo um manancial de bonecada, e em vez de comentar aparece-lhe sempre com um espécime diferente. Conselho de amiga: Se em vez de lhe dizer ‘Olá, Ana Paula, gosto muito das coisas que escreves’ lhe espetar o gatinho com os corações nos olhos, fuja. Não se sabe bem porquê, mas fuja.
O que diz dele: Que gosta de mostrar que é um ás a fazer emojis. Suspiro.

Só fala cripticamente
‘Há dias em que me sinto... um bocado... vocês sabem do que falo’. Hmmmm. Não, não sabemos! Podias pôr postas explícitas, como toda a gente, do tipo ‘ia a andar e descobri que tinha um sapato de cada nação’ assim uma coisa que toda a gente perceba? O que diz dele: Que precisa de atenção e que gosta que andem atrás dele.

O mural dele são selfies atrás de selfies
Não é preciso ter um doutoramento em psicologia para perceber que é uma pessoa que gosta e precisa de atenção.
O que diz dele: Que precisa de mimo e que você nunca há de ser a pessoa mais importante da vida dele.

Nunca posta nada
Sabe-se que existe porque vai semeando uns likes por aqui e por ali de vez em quando, mas só o suficiente para não o desamigarem.
O que diz dele: Parabéns, você caçou um fantasma! É medroso e desconfia do: gosta de cuscar a vida alheia mas não dá nada em troca.

Só posta lugares-comuns
‘Estou verdadeiramente chocado com a barbárie atualmente a decorrer na massacrada nação de Tal e Tal’. Hmmm. Pois, também nós. Isso garante-lhe 870 likes, porque toda a gente se sente obrigada a ir lá picar o ponto e dizer que também é contra massacres (ainda pode alguém pensar que somos a favor) mas isso não quer dizer que não seja um chato.
O que diz dele: Pois. É um chato. Solidário com massacres, mas chato.

Nunca comenta os seus posts
Ele até anda pelo Facebook, até vê o que você escreve e as mensagens que lhe deixa, mas só responde muito mais tarde, ou nunca responde.
O que diz dele: Pode ter nas mãos outro tipo de narcisista: o que posta no seu mural assiduamente, mas que não se digna a comentar nem a pôr likes em murais alheios (para não terem mais likes do que ele). Ou deixa para mais tarde e depois já não se lembra. Ou pode acontecer que a vossa relação já esteja naquela fase do relaxe em que ele acha que não vale a pena perder muito tempo no FB quando logo conversam sobre tudo aquilo em casa, que dá menos trabalho. Ou então, gosta de se fazer difícil…

Passa a vida a pôr likes em outras meninas
É um pinga-amor da net: ele salta da Ana para a Rita, comenta, põe smiles, espalha likes. Hmm. Aqui tudo depende da relação que têm, e da relação que ele tem com as outras. É só uma ou são várias? São coisas inocentes ou mais ‘pesadas? E você tem ciúmes porquê? Anda a sentir-se abandonada?
O que diz dele: Pode dizer tudo e pode não dizer nada…

Só posta coisas profissionais
‘Olá, era para vos dizer que o meu livro já está à venda’. ‘Acabou de sair a nossa mais recente linha de comida para cão/gato/bidés para passarinho’.
O que diz dele: Que não gosta de Facebook e que só lá vai mesmo porque o chefe manda/para fazer publicidade/para espalhar a Boa Nova. Ou então tem medo que o chefe o apanhe a ‘chatar’ em pleno expediente e que seja despedido por estar a pôr likes como se não houvesse amanhã. Pode ser irritante, mas tem de estar aberta à possibilidade de haver pessoas que não estejam interessadas em partilhar coisa nenhuma tirando os bidés para passarinho, e isso não significa que a vossa relação não tenha futuro (smile).

Nunca vai ao Facebook
É daqueles que odeiam redes sociais e se benzem com o perigo de perderem a sua ‘privacidade’. Detesta quando você põe fotos dos dois juntos, e já lhe disse que não quer que partilhe fotos dos filhos (mesmo que ainda não haja filhos nenhuns).
O que diz dele: Que não se sente à vontade em redes sociais. Não tente convertê-lo (geralmente é inútil). Pode tentar definir quem pode ver as fotos dos seus filhos, mas este espécime geralmente acha que QUALQUER pessoa pode ver fotos do Luisinho (enfim, e tecnicamente tem razão, embora as coisas no dia a dia não sejam tão negras). Portanto, ou se resigna a uma vida familiar longe dos ‘likes’, ou pesca outro peixe menos avesso às redes.

Passa a vida no Facebook
Este é o oposto: ele lika, ele comenta, ele partilha, ele posta, ele emojica como se não houvesse amanhã. O pior é que faz a mesma coisa quando está consigo. Vai jantar consigo e passa o tempo no Facebook, posta a foto do copo a dizer ‘Pôr do sol em boa companhia’ e a contabilizar os likes.
O que diz dele: Que partilha mais por rede do que na vida e definitivamente partilhará mais com os seus ‘amigos’ do que consigo. Tente desde o início definir zonas e alturas do dia totalmente ‘facebook free’.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!