activa

Perfil

Sexo

Sim, as mulheres também veem pornografia - e estes são os tipos de vídeos que mais procuram

Dica: não, não são nada românticos.

Activa.pt

blackday

Existe o estereótipo de que as mulheres que vêm filmes pornográficos procuram essencialmente cenas românticas, porque, supostamente, esse é um fator essencial para aumentar a libido. Contudo, dados recolhidos ao longo de 2018 pelo PornHub provam o contrário.

Na sexta lista anual Year in Review, o site de entretenimento para adultos revelou aquilo que andamos (mesmo) a pesquisar, e os resultados são impressionantes: a plataforma registou 33,5 mil milhões de visualizações no ano passado, o que significa um aumento de 5 mil milhões de visitas em relação a 2017.

"Isso equivale a uma média diária de 92 milhões de visitantes - e, no momento da redação deste artigo, as visitas diárias do Pornhub agora ultrapassam os 100 milhões," diz o relatório. "Para pôr isto em perspetiva, é como se as populações combinadas do Canadá, Polónia e Austrália visitassem o Pornhub todos os dias!"

O site também entrou em detalhes sobre as pesquisas dos utilizadores, dividindo-os por género, sendo que as mulheres compõem 29% do total de visitantes. "Lésbica" continua a ser o termo mais pesquisado pelo público feminino, seguido de "japonês" e de "hentai" (um subgénero do mangá e do anime caracterizado por personagens extremamente sexualizados, bem como por imagens e tramas sexualmente explícitas).

Quanto às tendências, a primeira posição foi uma novidade: o jogo "Fortnite" é o mais popular entre homens e mulheres. As pesquisas por "strap on lésbico" cresceram 392%, enquanto "coreano" registou um aumento de 188%. Destaque também para o termo "tinder", que subiu 161% e "transexual", com uma subida de 73%,

D.R.

O PornHub também explica que as mulheres têm mais 281% de probabilidade de ver a categoria "Cunnilingus" quando comparadas aos homens, são 197% mais propensas a ver vídeos de "Homens a Solo" e estão 151% mais interessadas em vídeos de "Lésbicas".

"As mulheres continuam a preferir pornografia de lésbicas. Elas podem ver atos que gostam que sejam praticados em si mesmas - é por isso que 'cunnilingus' é popular. Elas também parecem de gostar de lavar a vista ('Homens a Solo) com uma atuação particular. Quiçá seja uma fantasia," explica a Dra. Laurie, especialista em terapia sexual e psicoterapeuta há mais de 25 anos.

As mulheres têm o dobro da probabilidade de visualizarem conteúdos como, por exemplo, "Gangbang" (sexo violento em grupo) e "Dupla Penetração", mas também têm o dobro da probabilidade de assistirem a vídeos "Românticos". Ainda de acordo com a Dra. Laurie, isto significa que as mulheres fantasiam com serem arrebatadas.

"Isto é interessante porque no mundo real, as mulheres têm mais poder e controlam a sua sexualidade. Contudo, nas fantasias, algumas ainda se prendem a papéis tradicionais de géneros."

D.R.

O ano de 2018 viu o número de visitas femininas ao PornHub subir para 29%, um aumento de 3% em relação a 2017.

"Todos os anos vemos um aumento, o que indica que as mulheres estão cada vez mais confortáveis com explorar a sua sexualidade, afastando-se da ideia de que a pornografia é só para homens - que mudança em apenas algumas décadas!" comenta a Dra. Laurie.

No top 20 de tráfego por país, as Filipinas têm a maior proporção de visitantes do sexo feminino, cem 38%. Seguem-se o Brasil e a África do Sul, com 35%. O Japão e a Itália viram as visualizações femininas crescer 6 pontos percentuais em comparação com 2017.

D.R.

Em 2017, o PornHub divulgou uma lista focada unicamente nos hábitos dos visitantes portugueses. Estas foram as principais conclusões:

- Mais de metade dos utilizadores usam dispositivos móveis, tais como smartphones (47%) e tablets (10%);

- A segunda-feira é o dia da semana que regista um maior tráfego de visitantes portugueses, especialmente entre as 23H e a uma da manhã. Já o sábado é o dia com menos visitas;

- Em média, os portugueses passam cerca de 9 minutos e meio no PornHub em cada visita, sendo que há uma grande discrepância em determinadas regiões como, por exemplo, o Porto (25 segundos) e Santarém (33 segundos);

- as mulheres representam 22% dos visitantes oriundos de Portugal;

- O grupo etário entre os 18 e os 24 anos é, de longe, o que mais consulta o site, sendo que representa 35% do tráfego;

- O termo mais popular nas pesquisas é "Portugal", seguido de "Tuga" e "Portuguese";

- a categoria mais vista é "Anal", seguida de "MILF" (uma mulher mais velha, tipicamente com filhos, que é sexualmente atraente), "Lésbica" e "Mais Velho(a)".

D.R.