activa

Perfil

Sexo

Até que ponto a dieta vegan pode afetar a nossa capacidade de atingir orgasmos?

Os especialistas explicam.

Activa.pt

sharpshutter

Após Tim Shieff, youtuber, revelar que ejaculou "pela primeira vez em meses", após deixar a dieta à base de plantas que seguia há seis anos, a revista Health decidiu recorrer a alguns especialistas, para saber se os dois temas podem estar, de alguma forma, relacionados.

Em resposta à revelação de Tim - "Na primeira noite em que comi salmão tive um sonho molhado. Não ejaculava há meses. Aquilo mudou algo no meu corpo" -, a nutricionista Cynthia Sass diz "Em todos os meus anos de prática, nunca ouvi que uma dieta vegan inibia a ejaculação".

Tim Shieff

Tim Shieff

Pelo contrário, a especialista diz que teve "vários clientes a notar aumento de libido e melhoria da performance sexual, após adotarem uma dieta à base de plantas, devido à melhoria da circulação e consumo de mais nutrientes", mas refere que os planos alimentares destes foram sempre acompanhados nutricionalmente.

Julie Upton, também nutricionista, destaca o facto de o youtuber poder estar com défice de ómega 3, que ajuda a regular as hormonas sexuais, já que diz ter sido o salmão - peixe rico em tal nutriente - a despoletar o orgasmo.

"Alguns dos melhores estudos sobre saúde sexual revelam que uma dieta à base de plantas é a forma mais saudável de comer para uma melhor saúde sexual, incluindo a ejaculação", finaliza a especialista.

Tendo em conta as modas radicais de alimentação - desde beber a própria urina a passar mais de um mês a beber água - que Tim já seguiu, pode-se concluir que é pouco provável que o veganismo tenha sido a causa da respetiva falta de orgasmos.