Está grávida e sente um cansaço extremo? A sua pele está mais pálida e tem uma vontade estranha de ingerir produtos não-alimentares? Esses podem não ser sintomas normais da gravidez.

Durante uma gestação, o corpo muda para acolher um novo ser vivo e adaptar-se a um sistema que inclui mãe, bebé e placenta. O organismo transforma-se para aumentar o volume de sangue de forma assegurar as novas necessidades. Mas nem sempre este processo é bem sucedido. Estima-se que mais de 50% das mulheres sofram de anemia gestacional. Um problema que acontece quando há uma insuficiência de glóbulos vermelhos ou de hemoglobina e que se traduz numa dificuldade em transportar o oxigénio para os tecidos do corpo. Na maioria dos casos, esta anemia é causada por uma deficiência de ferro.

Este é um distúrbio muito comum tendo em conta as exigências da gravidez. Durante o segundo e o terceiro trimestres assiste-se ainda a um aumento progressivo das necessidades de ferro propiciado pelo avanço da gestação.

Atenção aos sintomas
E se os primeiros sintomas podem ser facilmente atribuídos a alterações aparentemente normais da gravidez, é importante estar atenta às mudanças. A anemia pode começar por causar fadiga, fraqueza e tonturas, uma aparência pálida. As unhas começam a tornar-se fracas e há uma má resposta ao esforço. Pode sentir até vontades caricatas de ingerir produtos não-alimentares. Evoluindo para um estado mais grave, a mulher chega a desmaiar e pode ocorrer uma redução na pressão arterial.

E as consequências podem não ficar por aí. Em casos graves, a anemia aumenta o risco de parto pré-termo, de pré-eclâmpsia, e o risco de morte fetal.

A importância do rastreio
Para um diagnóstico rápido e uma prevenção eficaz, a Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal (SPOMMF) recomenda o rastreio da anemia e da deficiência de ferro na gravidez. Este rastreio traduz-se num hemograma e na determinação da ferritina antes da gravidez ou no 1º trimestre, entre as 24 e 28 semanas e no 3º trimestre. A Direção Geral de Saúde considera deficiência de ferro quando o valor de ferritina na gravidez é inferior a 70 ng/mL.

Como tratar
Felizmente, há opções de tratamento simples e com um nível de eficácia muito satisfatório. E mesmo quando não há anemia, é importante que se trate a deficiência de ferro. Um dos procedimentos mais comuns é o tratamento com ferro endovenoso. Esta é uma solução que traz melhorias rápidas e muito satisfatórias no bem-estar geral não só da grávida mas também do bebé.

Saiba mais sobre a anemia e a deficiência de ferro em www.umasaudedeferro.pt

Palavras-chave

Assine uma destas revistas e escolha um presente grátis. Estadas em hotéis, produtos de beleza e muitos outros. Aproveite. Assine aqui

Mais no portal

Comportamento

O tamanho não importa, mas há uma coisa que as mulheres valorizam bastante

De acordo com diferentes estudos sobre o assunto.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Negócios

Em 2021 foram muitas as mulheres que se distinguiram em Artes, Ciência. Desporto, Negócios, Solidariedade e Sustentabilidade. Não foi fácil escolher, mas aqui ficam as nomeadas a mais um Prémio ACTIVA Mulheres Inspiradoras. Em breve poderá conhecer as vencedoras em cada uma das categorias.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Desporto

Em 2021 foram muitas as mulheres que se distinguiram em Artes, Ciência. Desporto, Negócios, Solidariedade e Sustentabilidade. Não foi fácil escolher, mas aqui ficam as nomeadas a mais um Prémio ACTIVA Mulheres Inspiradoras. Em breve poderá conhecer as vencedoras em cada uma das categorias.

Moda

Sim, os mocassins ficam bem com qualquer visual — e aqui está a prova

Saias, leggings, vestidos.. não há como falhar ao combinar diferentes peças com estes sapatos.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Ciência

Em 2021 foram muitas as mulheres que se distinguiram em Artes, Ciência. Desporto, Negócios, Solidariedade e Sustentabilidade. Não foi fácil escolher, mas aqui ficam as nomeadas a mais um Prémio ACTIVA Mulheres Inspiradoras. Em breve poderá conhecer as vencedoras em cada uma das categorias.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Artes

Em 2021 foram muitas as mulheres que se distinguiram em Artes, Ciência. Desporto, Negócios, Solidariedade e Sustentabilidade. Não foi fácil escolher, mas aqui ficam as nomeadas a mais um Prémio ACTIVA Mulheres Inspiradoras. Em breve poderá conhecer as vencedoras em cada uma das categorias.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Solidariedade

A vencedora será revelada em breve.

Beleza

8 verdades sobre cabelos brancos que não podemos ignorar

Mais cedo ou mais tarde, todas as mulheres passam pela experiência de ter cabelos brancos.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria de Sustentabilidade

São quatro as nomeadas nesta categoria, que conta com ao apoio da Endesa.

Lifestyle

Afinal, a loiça deve ser passada por água antes de ir para a máquina ou não?

A resposta pode surpreendê-la.

Saúde

A regra que ajuda a aumentar o consumo diário de fruta e vegetais

Consumir mais frutas, verduras e legumes está associado a vários benefícios para a saúde.

Moda

Eis como fazer com que as leggings passem de casuais a elegantes

Inspire-se nestes visuais que provam que as leggings não têm de ser básicas.