O ano letivo está quase a começar e, com muitas pessoas vacinadas e em segurança, está na altura de recuperar o que se perdeu. Os miúdos já não aguentam estar em casa e em casa também já ninguém os aguenta. Os pequenos querem jogar à bola, descer nos escorregas, correr atrás uns dos outros, rir e brincar sem medo. Os mais velhos querem conviver, passear, ir a concertos, ao cinema, namorar. Nunca um mês de Setembro trouxe consigo tanta alegria e tanta esperança (e tanto alívio).

Tudo isto tem sido feito por computador, até andar de escorrega (há jogos para tudo!). A propósito de computador, está na altura de substituir aquele velho portátil do seu filho. Sim, era suposto durar mais uns tempos, mas e a quilometragem que ganhou no último ano? É que os hábitos que se formaram durante o confinamento não vão desaparecer e o computador vai continuar a fazer falta. Há trabalhos da escola e projetos da faculdade; conferências de Zoom ou Teams, para trocar ideias com os colegas e esclarecer dúvidas com os professores; e jogos, filmes e séries, para relaxar depois do dever cumprido. E um computador a parecer uma locomotiva não vai dar conta do recado.

A Huawei, atenta aos desabafos, lançou uma campanha que ajuda pais com orçamentos limitados e filhos à beira de um ataque de nervos. Para os mais pequenos, no 1º, 2º e 3º ciclo, a proposta da marca é o tablet MatePad 10.4.
Para os mais velhos, no secundário ou faculdade, a sugestão recaí sobre o portátil MateBook D15. O preço normal do MatePad é 349,99 euros, mas agora fica por 289 euros, e a marca ainda oferece a capa e a caneta. Já o MateBook custa 899 euros, mas fica por 799 euros e a Huawei oferece a mochila, o rato sem fios e o router AX3 para melhorar a cobertura lá de casa.

E porque ninguém quer ver os miúdos curvados a olhar para o ecrã, o melhor é comprar também o monitor da Huawei. Tem 23.8 polegadas e, em vez de 159 euros, custa agora 129 euros e a marca ainda oferece duas mini colunas. Para compras feitas na loja online da Huawei os clientes vão receber um voucher para ativar a Escola Virtual da Porto Editora durante um ano. Esta plataforma dá acesso ao programa curricular, com aulas e testes interativos, entre outros conteúdos, e a oferta é limitada às primeiras 300 compras. De que é que está à espera?

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Mais no portal

Comportamento

Porque é que os humanos fazem sexo? Estudo descobre 237 razões

De acordo com os autores, os resultados refutaram muitos estereótipos de género.

Moda

11 formas de usar blazers com calças de ganga neste outono

Inspire-se nestes visuais de influencers.

Activa Brand Studio

Estes são os visuais de Catarina Gouveia perfeitos para estarmos em casa... e fora!

Nas Bancas

A ACTIVA de novembro, com Eunice Muñoz na capa, já nas bancas!

Uma edição especial, que dá a conhecer a história de vida e as histórias do teatro da atriz.

Lifestyle

Sim, é possível fazer uma granola na frigideira

Opte pela versão caseira deste pequeno almoço apreciado por muitos, sem ter de recorrer ao forno. Simples e mais que saboroso!

Lifestyle

A felicidade é já aqui!

Uma escapadinha em família a menos de 30 minutos de Lisboa

Comportamento

As palavras gregas para amor incluem 7 tipos que podemos experienciar

Saiba quais são e no que consiste cada um deles.

Moda

Sweaters e saias: a fórmula mais simples e elegante para os meses de outono/inverno

Inspire-se nesta combinação elegante de peças para o dia a dia.

Comportamento

Saiba o que gemer (ou não) durante o sexo diz sobre si

Porque será que algumas pessoas são mais barulhentas que outras? Descubra a explicação para esta e outras questões e saiba como pode alterar a sua 'performance'.

Mulheres Inspiradoras

Alemã cria anticoncecional masculino inovador

Que funciona através de ultrassom.

Comportamento

Traição emocional: o que é e como saber se está a acontecer no seu relacionamento

Uma especialista explica quando é que amizades com terceiros podem ser ameaçadoras para uma relação amorosa.

Saúde

Afinal, o descafeinado é ou não saudável?

Entenda o processo de eliminação da cafeína e o respetivo nível de segurança.