Mais de metade da população a nível mundial passa (ou vai passar) pela menopausa. E se, por um lado, esta é uma fase da vida que deveria ser celebrada, já que assinala a passagem do tempo; por outro, a menopausa ainda é um tabu para muitas mulheres. Afinal, com o avançar da idade, são muitas as alterações que se verificam — e nem sempre agradáveis: o corpo muda, a mente adapta-se, até a pele se ressente nesta fase de amadurecimento da mulher.

“Na menopausa não só deixamos de produzir tanto colagénio, como perdemos o colagénio bom enquanto o colagénio mau prevalece”, explica à ACTIVA o dermatologista Luís Uva. E mantém: “Além disso, com o envelhecimento vai-se perdendo parte da gordura facial profunda. Logo, com menos colagénio e menos gordura, a estrutura da pele vai-se abaixo — fica-se com mais rugas e com mais flacidez na face”.

A ciência ao serviço das mulheres — também na menopausa
Todas as mulheres vão viver esta “revolução hormonal” e antes que as mudanças comecem a dar “ares da sua graça”, é crucial que estas estejam preparadas (e ainda melhor informadas) de forma a que possam entender o que é que está a acontecer com os seus corpos — no caso, com a sua pele — e agir em conformidade.

Os laboratórios Vichy dão uma ajuda para que NÃO sofra na pele a menopausa

O SÉRUM NEOVADIOL ANTI-IDADE GLOBAL é um produto desenhado especificamente para esta fase da vida das mulheres, prometendo reativar os cinco mecanismos da pele em apenas um gesto: redefine contornos; corrige manchas escuras; reduz rugas; promove a luminosidade e preenche os lípidos na superfície epidérmica.

Este sérum é um concentrado com uma poderosa combinação de ativos dermatológicos — Proxylane e Extrato de Cássia — especialmente desenhada para compensar os impactos visíveis das variações hormonais na pele.

Luis Uva – Dermatologista

As dicas do especialista

Além de um produto adequado à menopausa, como é o caso do SÉRUM
NEOVADIOL ANTI-IDADE GLOBAL, o dermatologista Luís Uva deixa algumas dicas
para que a menopausa não seja uma afronta à sua pele.

“Insista na hidratação! Como tal, deve-se evitar secar demasiado a pele com banhos de água quente prolongados e evitar, também, produtos que secam mais a pele — nomeadamente o gel de lavagem — tentando optar-se por um leite ou por uma solução mais cremosa. Isto porque a pele com a menopausa passa a ter as glândulas sebáceas menos activas, ou seja produz menos sebo, logo hidrata menos a pele”.

E acrescenta: “Mesmo na menopausa — e apesar do maior dano solar nefasto já ter sido feito ao longo dos 20, 30 e 40 anos — é importante manter-se esse cuidado com a proteção solar diária (pelo menos SPV 30), porque a pele também está sujeita às agressões externas e de uma forma ainda mais prevalente, já que nesta altura [da menopausa] a pele tem menos capacidade de se defender dos meios externos”.

Uma pele à altura da sua idade
A menopausa não tem de ser uma ameaça à sua pele. Recorrendo aos cuidados certos é, sim, possível manter-se uma aparência jovem. Com o SÉRUM GLOBAL ANTI-IDADE consiga: uma pele visivelmente mais suave; maior firmeza; o tom da pele uniformizado; uma pele mais luminosa e nutrida intensamente.

E recorde-se todos os dias: a menopausa é apenas mais uma fase na vida da mulher. E é mais uma fase em que a mulher pode (e deve) continuar a brilhar e a deslumbrar — como só as mulheres sabem fazer.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Mais no portal