101099441.jpg

1.Fale com o médico

É fundamental que informe o seu médico ou farmacêutico sobre os medicamentos que está a tomar, para evitar interacções perigosas.

Idealmente todos os medicamentos devem ser prescritos por um médico. Pergunte-lhe quais os efeitos secundários que são expectáveis e quais os que a devem fazer parar a toma. Aponte as suas recomendações, já que por vezes a farmácia fica com a receita e é lá que está a indicação da forma de tomar, a duração do tratamento e eventuais cuidados especiais a ter. Também pode pedir ao farmacêutico para colar na caixa uma etiqueta como a quantidade, a forma e a duração do tratamento.

2. Leia sempre a bula

O conhecimento não ocupa lugar e assim fica alertada para possíveis interacções com outros medicamentos e efeitos secundários. A linguagem pode parecer esotérica nas primeiras leituras, mas rapidamente se familiariza com os termos técnicos. Se surgirem dúvidas, contacte o médico.

3. Cuidado com os efeitos secundários

Antes de tomar um medicamento, veja se é alérgica a alguns dos seus princípios activos. Se tiver alguns dos efeitos secundários indicados na bula ou outros diferentes, pare a toma e informe imediatamente o médico.

4. Como tomar

Nunca exceda o período recomendado. Em geral, analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos não devem ser tomados por mais de sete dias. Em caso de doença crónica, o médico pode ajustar as doses. E se estiver a tomar ansiolíticos ou antidepressivos, o clínico deve também prescrever a redução das tomas para fazer o ‘desmame’ do medicamento.

5. A altura certa

A menos que haja indicação em contrário, minerais, vitaminas e antibióticos devem ser tomados antes das refeições, para serem melhor absorvidos. Analgésicos e anti-inflamatórios depois das refeições para não agredirem o estômago.

Há medicamentos que devem seguir uma rotina horária mais rígida, é o caso dos contraceptivos orais e dos antibióticos, por exemplo.

6. Tome apenas os que são receitados para si

Fez bem à sogra ou ao primo, mas pode não lhe fazer bem a si. Os sintomas até podem ser iguais, mas isso não significa que a doença seja a mesma, além de que o seu organismo é diferente. Não arrisque.

7. Não automedique as crianças

Por vezes, perante um sintoma ligeiro, os pais podem sentir-se tentados a dar um medicamento de venda livre aos filhos. A intenção é boa, mas isto é um erro. O metabolismo das crianças é muito diferente do dos adultos. O inocente ácido acetilsalicílico da aspirina, por exemplo, está associado a um risco acrescido de síndrome de Reye nas crianças, uma doença potencialmente fatal. A automedicação é de evitar, em geral, mas nas crianças este princípio ganha ainda mais força.

8. Guarde-os bem

Os armários dos remédios devem estar fora do alcance dos mais pequenos e idealmente fechados à chave.

Coloque os medicamentos num local seco, sem luz, e sempre dentro da embalagem original, para não perder de vista a bula e os prazos de validade. Evite guardá-los na cozinha e na casa de banho por causa da humidade.

9. Organize-se

Será que já tomei? Quantas vezes fazemos esta pergunta quando há vários remédios? Para não perder o pé, que tal arranjar um dispensador/organizador de comprimidos, com vários compartimentos para os dias da semana. Vendem-se em farmácias e hipermercados, mas também pode improvisar com uma caixa que tenha várias divisórias.

SIGA A ACTIVA NO FACEBOOK


Palavras-chave

Já nas bancas!

O que precisa de saber para viver melhor e mais tempo Compre já

Relacionados

Beleza e Saúde

O check up certo para cada idade: 60 anos

Exames especificos e preocupações mais atentas com a sua saúde são ...

Beleza e Saúde

O cheks up certo para cada idade: aos 20

Prevenção é a palavra-chave quando se trata da nossa saúde. Fazer o...

Beleza e Saúde

O que mais afeta a fertilidade?

Diversos problemas de saúde podem ter efeitos negativos na fertilid...

Beleza e Saúde

Controle os níveis do colesterol

Ter o colesterol alto aumenta o risco de doenças cardiovasculares. ...

Beleza e Saúde

O que nem ao médico confessa... mas devia!

Por embaraço, esquecimento ou até por pensarmos que não é important...

Beleza e Saúde

Alternativas de saúde: medicinas naturais

As medicinas naturais são um complemento terapêutico à medicina con...

Beleza e Saúde

Somnorexia: a doença do excesso de sono

Acorde! Isso de andar a cair de sono durante a semana e dormir todo...

Mais no portal

Comportamento

Homens têm 16% mais tendência que as mulheres a achar a traição aceitável

De acordo com um novo estudo.

Lifestyle

Homem pede namorada em casamento enquanto fazem surf e perde o anel no mar

Um acidente inesperado, mas com um final feliz.

Celebridades

Harry e Meghan planeiam voltar a ser pais em 2020

A novidade que precisávamos de ouvir.

homem a segurar uma faca
Comportamento

5 mitos e verdades sobre serial killers desvendados por um especialista

São estes criminosos mais inteligentes do que o normal? Procurámos ...

Lifestyle

Exposição mostra roupas usadas por vítimas de violação

E prova que este não é - de todo - um fator relevante ou impulsiona...

Celebridades

Meghan foi considerada a pessoa com o estilo mais influente de 2019

Confira alguns dos seus melhores visuais.

Celebridades

Blake Lively apaga todas as publicações do Instagram (menos uma)

A atriz deixou um vídeo especial.

Beleza e Saúde

Contracetivo masculino pode estar disponível no espaço de seis meses

Sob a forma de uma injeção.

Beleza e Saúde

O seu edredon pode estar a deixá-lo doente

Saiba se deve (ou não) substituí-lo.

Celebridades

Teorias da conspiração afirmam que Greta Thunberg é uma viajante no tempo

Fotografia de 1898 mostra criança com (demasiadas) semelhanças com ...

Celebridades

Maquilhador de Kim Kardashian assume homossexualidade

Mario Dedivanovic fez a revelação ao receber um prémio.

Lifestyle

Mulher usa câmara no peito e regista vários olhares para o seu decote

O objetivo da experiência era alertar para a deteção precoce do can...

Já nas bancas!