dieta mitp.JPG

Comer de tudo um pouco, com muito bom-senso. Esta é a receita cmais tradicional, verdadeira e eficaz para peder e manter o peso e a saúde. Saber exactamente o que funciona e o que que não resulta ajuda a conquistar o peso ideal. Para sempre!

Comer só fruta emagrece

Mentira. Qualquer dieta pouco diversificada está condenada ao fracasso. A pessoa acaba por ficar saturada de comer sempre a mesma coisa e desiste. Ou se conseguir levar a dieta avante, o organismo acabará por ficar carenciado de certos nutrientes. Podem mesmo chegar a manifestarem-se efeitos desagradáveis, como mal-estar, dores de cabeça, mau-humor e tonturas.

Sandes ao almoço enche pouco

Mentira. Se comer um hamburguer cheio de molhos ou um cachorro quente cheio de mostarda e beber um refrigerante estará a consumir ainda mais calorias do que um prato ‘a sério’, comido sentada à mesa, de faca e garfo. Para além disso, corre o risco de ter fome a meio da tarde e desatar a comer coisas que não deve.

Quando se emagrece muito depressa, volta-se a engordar

Verdade. As dietas ‘loucas’ não implicam verdadeiras mudanças de hábitos alimentares. O normal é que quem fez a dieta volte a comer como fazia anteriormente e os quilos voltam a acumular-se. Se o emagrecimento foi muito rápido (e sem a prática de exercício físico) perde-se mais músculo que gordura e fica-se flácida. O ideal é não emagrecer mais do que um quilo por semana.

Mais difícil do que emagrecer, é permanecer magra

Verdade. Quando engordamos, aumenta no nosso organismo a quantidade de gordura nas células armazenadoras. Ao perder peso, essas células esvaziam e o nosso cérebro entende que isso é uma coisa negativa porque a gordura nada mais é do que uma reserva de energia. A tendência natural é que o corpo tente voltar a repôr as reservas perdidas. Para evitar que isso aconteça, devemos comer apenas alimentos pouco calóricos, ricos em nutrientes e em pequenas quantidades, sem saltar refeições. O exercício físico é também indispensável.

As refeições devem ser sempre à base de grelhados com salada

Falso. Qualquer dieta inteligente deve conter hidratos de carbono, a principal fonte de energia do corpo. Isto quer dizer que tem de comer, arroz, massa, batatas e pão, ainda que em quantidades controladas. Vários estudos já provaram que reduzir de forma drástica as quantidades de hidratos de carbono pode provocar queda do rendimento intelectual, cansaço e até depressão. O segredo está em seleccionar os hidratos de carbono certos, que são os complexos, presentes nos alimentos integrais. Os hidratos de carbono complexos liebrtam a sua energia de um modo mais fisiológico, ou seja, são metabolizados mais lentamente, o que mantém os níveis de glicose no sangue estáveis. Os hidratos de carbono refinados (pão branco, biscoitos e arroz branco) e os simples (açúcar e mel) são os que engordam e são responsáveis por um aumento brusco da glicose sanguínea.

Ao fim de algum tempo de dieta perde-se menos peso

Depende. É verdade que o emagrecimento se torna mais lento após perder os primeiros quilos. O organismo considera que está num período de carência e começa a economizar energia. É preciso ajudá-lo a continuar a queimar calorias, comendo de forma inteligente e fazendo ginástica.

As variações de peso fazem mal à saúde

Depende. Emagrecer e engordar três a quatro quilos não é prejudicial para o organismo. No entanto, se as oscilações de peso forem significativas (10 ou mais quilos), o coração, rins e outros órgãos são obrigados a adaptarem-se a um novo tipo físico, o que pode trazer problemas de saúde.

Os medicamentos para emagrecer viciam

Depende. Existem muitos remédios que podem ajudar a emagrecer. Uns tiram o apetite, outros diminuem a absorção de gorduras, mas nenhum faz milagres, funcionando apenas conjugados com uma dieta de baixas calorias. Todos eles devem ser tomados com cuidado pois alguns têm contra-indicações e podem ser perigosos para certas pessoas. Na sua maioria, estes produtos têm propriedades diuréticas ou/e laxantes e podem resultar numa perda excessiva de vitaminas e sais minerais. Existem ainda medicamentos à base de anfetaminas que devem ser totalmente evitados porque, apesar de tirarem a fome, deixam a pessoa muito agitada e ansiosa, podendo ter efeitos nefastos sob o sistema nervoso. Alguns tranquilizantes e antidepressivos são, por vezes, também receitados a quem segue uma dieta de emagrecimento, pois diminuem a ansiedade causada por não poder comer o que se quer. Estes medicamentos só devem ser consumidos se indicados por um médico pois podem de facto causar dependência e outros problemas de saúde.

Se comer alimentos pouco calóricos posso comer até ficar cheia

Depende. Se trocar, por exemplo, um pão com manteiga por tostas com doce sem açúcar, corre o risco de consumir as mesmas ou mais calorias se exagerar na geleia.

Os batidos para emagrecer são uma boa opção

Depende. Se tentar fazer uma dieta exclusivamente baseada em batidos vai incorrer no mesmo erro de tentar perder peso comendo apenas certo tipo de alimentos. Uma boa ideia é substituir apenas uma das refeições por um batido e nas outras optar por pratos leves.

A gordura é hereditária

Depende. A genética, e principalmente os hábitos alimentares da família, são determinantes no peso dos filhos. Por essa razão se vêem tantas famílias em que todos, do pai ao filho mais novo, são fortes. Mas nada impede alguém de fazer uma reeducação alimentar, aprendendo a fazer escolhas mais saudáveis que vão resultar em quilos a menos. Se herdou a forma do corpo da sua mãe, e ela tem uma grande barriga, provavelmente é assim que ficará se engordar. Mas nada a obriga a engordar ou a permanecer com excesso de peso. O facto de os seus pais nunca terem feito exercício físico também não é motivo para se acomodar.

Combinar os alimentos ajuda a emagrecer

Mentira. Uma teoria que esteve em voga nos anos 80 dizia que comer a mesma quantidade de hidratos de carbono e proteínas ajuda a perder peso. Mas isto não é verdade. Não existem comidas que combinadas façam queimar mais calorias. A verdade é que o corpo gasta mais calorias se você ingerir certos alimentos. As gorduras, por exemplo, são mais difíceis de digerir e exigem um esforço maior do organismo. A seguir vêm as proteínas e as fibras, como as carnes vermelhas e o pão integral. Os açúcares e as massas fazem parte do grupo que é digerido mais rapidamente. Por essa razão sentir-se-á mais saciada se optar por alimentos de metabolização mais lenta. Convém porém não abusar, porque são os que engordam mais. Para queimar calorias de forma eficaz é preciso ter uma alimentação variada e em quantidades moderadas. Só assim o organismo terá os nutrientes necessários para funcionar bem.

É impossível perder peso sem exercício físico

Depende. Durante uma dieta, o organismo vai buscar energia aos ‘armazéns’ que são as suas coxas, rabo, barriga ou braços. Pode até conseguir perder bastantes quilos sem actividade física, mas vai ter mais dificuldade em manter-se magra do que alguém que faça ginástica. O exercício diminui a taxa de gordura corporal e aumenta a massa muscular, o que lhe dará um aspecto mais tonificado e elegante.

Nunca se deve comer antes da ginástica

Verdade. É de facto pouco prudente fazer uma refeição pesada antes de ir para o ginásio. Poderá não ter o mesmo rendimento pois sentir-se-á pesada e mole e pode até chegar a sentir-se mal. No entanto, é boa ideia comer qualquer coisa leve, como um iogurte e algumas bolachas de água e sal ou uma peça de fruta, cerca de uma hora antes de ir fazer exercício. Conseguirá assim manter um nível ideal de histamina, uma reserva de energia do organismo que evita enjôos ou tonturas durante o esforço físico. Este hábito também evitará ataques de fome compulsiva à saída do ginásio, quando a vontade de fazer disparates gastronómicos aumenta bastante.

Se não jantar vou emagrecer com facilidade

Depende. O importante não é a que horas come mas sim o que come e em que quantidade. No entanto, o organismo gasta menos calorias à noite porque é um período de repouso. Assim, deve optar, se possuir um excesso de peso ou sobrecarga ponderal, por fazer uma refeição leve ao jantar, como uma sopa ou um copo de leite com uma tosta.

Pesar-me diariamente vai obrigar-me a manter a linha

Mentira. Quando começar a fazer dieta pese-se apenas uma vez por semana. O subir constantemente para a balança pode ser desmoralizante e levar até a que desista por ver que não emagrece tão rapidamente como gostaria. Se pretende apenas manter o seu peso actual, basta pesar-se uma vez por mês.

Palavras-chave

Relacionados

Beleza e Saúde

Toda a verdade sobre dietas que fizeram fama... e que não resultam!

Todas ouvimos falar de uma amiga, cunhada ou prima que fez a dieta da lua, do Dr.Atkins ou do tipo sanguíneo e emagreceu dez quilos num ápice. Mas com graves riscos para a saúde.

Beleza e Saúde

Perder peso: os 7 maiores entraves

É fatal: decide finalmente acabar com aqueles quilos a mais. Mas de repente, parece haver uma quantidade de gente apostada em desviá-la da ‘virtude dietética'! Como resistir aos piores inimigos da nossa dieta?

Beleza e Saúde

Vegetarianismo: vantagens e perigos deste regime

Muitas vezes a redução do consumo de carne é o ponto de partida para a descoberta de outros sabores. A riqueza nutritiva dos pratos vegetarianos, as suas cores, texturas e aromas, são alguns dos motivos que atraem cada vez mais adeptos. Mas existem outras vantagens para quem escolhe este tipo de dieta e faz disso uma opção de vida.

Beleza e Saúde

Nutrição: Como emagrecer para sempre

Sejam 3 ou 30 quilos que quer perder, se seguir algumas regras pode manter os resultados por muitos e muitos anos!

Beleza e Saúde

Salada: a armadilha do Verão

Os inimigos da sua dieta não são só as batatas fritas e os cachorros quentes, algumas saladas, aparentemente leves, escondem uma bomba de calorias.

Beleza e Saúde

Alimentação macrobiótica - prós e os contras

Saiba os cuidados a ter para adoptar uma alimentação macrobiótica

Mais no portal

Moda

10 artigos da Zara que vão arrasar em qualquer destino de férias

Estes visuais prontos a usar prometem fazer furor nos seus dias de descanso.

Comportamento

Como lidar com a frustração sexual?

Existem várias causas para a insatisfação com a vida íntima, que pode afetar a qualidade de vida em geral.

Moda

Saiba como fazer uma mala de férias sem complicações

No episódio de hoje da rubrica Imagem de Sucesso, deixo algumas dicas para escolher os derradeiros essenciais de viagem.

Moda

Encontrámos as Havaianas perfeitas para dar brilho ao verão

Se é fã da famosa marca brasileira e gosta de dar um toque de brilho a tudo o que faz, vai delirar com esta novidade.

Lifestyle

6 dicas para viajar de carro tranquilamente com crianças

"Estou com fome! Quanto chegamos? Preciso de fazer xixi!" Viajar com crianças durante um longo período de tempo pode ser um verdadeiro pesadelo.

Beleza e Saúde

Afinal, o que é uma "depressão de baixo grau"?

Recentemente, Michelle Obama fez um desabafo sobre a sua saúde mental. Entenda o que se passa com a antiga Primeira-dama dos Estados Unidos.

Celebridades

Michelle Obama admite que sofre de uma "depressão de baixo grau"

A pandemia aliada a todo o clima de tensão que se vive nos Estados Unidos afetou a saúde mental da antiga Primeira-dama do país.

Celebridades

Daisy Coleman, de documentário da Netflix sobre abuso sexual, morre aos 23 anos

O caso da jovem, que se tornou uma defensora das vítimas de violação, é retratado numa série documental do serviço de streaming.

Lifestyle

Estes podem ser os motivos para continuarmos a ver filmes para adolescentes

Sim, tenho mais de 30 anos e por vezes vejo (e revejo) filmes com histórias para adolescentes. Mas sei que não sou a única!

Celebridades

O interior do frigorífico de Selena Gomez revela muito sobre a cantora

A estrela norte-americana mostrou o que armazena neste eletrodoméstico, bem como no congelador.

Beleza e Saúde

5 produtos de skincare que testei há um ano e agora fazem parte da minha rotina

O mais barato custa menos de 3 euros.

Moda

Criei 5 visuais diferentes com uma peça de roupa que todas temos no roupeiro

Por vezes - e falo por experiência própria -, só precisamos de um pouco de originalidade para não nos cansarmos daquilo que vestimos.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel