iStock-1027335552.jpg

Wiyada Arunwaikit

As algas marinhas dividem-se em micro e macroalgas. As primeiras, como o prefixo indica, são um grupo de algas microscópicas maioritariamente unicelulares. A spirulina (Arthrospira), talvez a mais conhecida, é uma cianobactéria que se insere neste grupo taxonómico.

Já as macroalgas são visíveis a olho nu e são as mais utilizadas directamente na alimentação humana: algas verdes, castanhas, vermelhas e hidrocolóides (obtidas a partir das duas últimas).

O interesse nutricional das algas marinhas está longe de ser menosprezável. Dependendo da espécie, são possuidoras de um elevadíssimo teor em cálcio, potássio, iodo, ácidos gordos Omega – 6 e Omega – 3. Apesar das microalgas possuírem um teor lipídico absoluto superior, as macroalgas são mais ricas em ácidos gordos essenciais Omega-3, nomeadamente em ácido eicosapentaenóico (EPA). São ainda fontes alternativas de fibra solúvel e proteína, potencialmente importantes em determinados regimes alimentares como o vegetarianismo.

Hidrocolóides

A carragena, os alginatos e o agar são obtidos a partir de algas castanhas e vermelhas e são chamados de agentes gelificantes pela capacidade em formar géis. São usados na indústria alimentar e em preparações culinárias como alternativa à gelatina de origem animal conferindo um efeito espessante.

Spirulina (Arthrospira)

É uma microalga ingerida como suplemento alimentar ou usada desidratada em sumos, batidos, papas ou sopas. Destaca-se o elevado teor em proteína, ferro, potássio, vitamina B6 e B-caroteno.

Terá um potencial antioxidante, anti-inflamatório, prebiótico e imunomodulador. É possível que tenha igualmente um efeito hipotensor, hipoglicemiante e um efeito benéfico no perfil lipídico apesar de estes mecanismos não estarem completamente esclarecidos. Apesar do seu interesse nutricional, são necessários mais estudos de qualidade que comprovem e expliquem

os seus efeitos benéficos assim como os potenciais efeitos adversos, pelo que é recomendável moderação no seu consumo.

Kombo (Laminaria digitata)

São um grupo de algas castanhas ricas em ácido glutâmico, um aminoácido intensificador do sabor dos alimentos e o responsável pelo sabor umami. São frequentemente usadas para aromatizar sopas e caldos ou cozinhadas com leguminosas ou pratos de arroz.

A Laminaria digitata contém um elevadíssimo teor de sódio, potássio, ferro e iodo, devendo ser consumida com especial moderação (ver cuidados a ter).

Dulse (Palmaria palmata)

É uma alga vermelha usada na confecção de sopas, pratos de peixe e como condimento. Destaca-se o elevado teor em potássio, iodo, fibra, hidratos de carbono e ácidos gordos Omega – 3, além de conter aminoácidos essenciais como a histidina, a leucina, a isoleucina e a valina.

Nori (Porphyra umbilicalis)

Utilizada na preparação de sushi ou adicionada a saladas e sopas miso, é uma alga vermelha com um teor proteico muito considerável e partilha a riqueza em minerais das restantes algas.

Wakame (Undaria pinnatifida)

Esta alga verde é maioritariamente utilizada como acompanhamento ou em saladas, sopas e pratos de arroz. Possui um elevado teor em cálcio, sódio, Omega – 3 e Omega – 6.

Cuidados a ter

Nos alimentos comumente descritos como “saudáveis” pode haver a tentação do consumo indiscriminado. Devemos ter bem presente que um alimento só é “saudável” dependendo da quantidade ingerida e da pessoa a quem se destina.

A presença de metais pesados ou pesticidas e o eventual potencial alérgico são riscos que devem estar claros na mente do consumidor de modo a prevenir excessos.

No que respeita às algas marinhas enquanto suplementos alimentares como a spirulina, e apesar do interesse nutricional, a dose segura para consumo humano e os respectivos efeitos não são consensuais, devendo o consumidor ser prudente na sua ingestão diária. O mesmo cuidado é aplicável às restantes algas, cujo teor em iodo, potássio e sódio é tão elevado em

algumas espécies, que pode ser prejudicial a determinadas condições de doença ou mesmo em indivíduos saudáveis que consumam de forma excessiva estes alimentos. O elevado teor em iodo pode ser desregulador do normal funcionamento da tiroide e o consumo excessivo de potássio é contraindicado na insuficiência renal crónica e em doentes em diálise. Quando ao sódio, é conhecida a sua influência no aumento da tensão arterial interferindo directamente na doença cardiovascular. Estes cuidados são particularmente importantes no consumo de Kombo (Laminaria digitata).

A inclusão de algas marinhas na dieta humana apresenta benefícios reais se a ingestão for integrada numa alimentação rica, variada e equilibrada e tendo sempre a moderação como princípio no consumo de qualquer alimento.

www.inestavares.pt

@ines.tavares.nutricionista no Facebook e Instagram

Já nas bancas!

Assine a ACTIVA por 6 meses a partir de 10 euros Assine já

Relacionados

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: A importância da hidratação e conselhos para ingerir mais líquidos

Nem só de água se faz a reposição de líquidos. É possível ingerir outrosque mantenham uma adequada hidratação ou mesmo alimentos sólidos ricos em água.

Lifestyle

Diz quem sabe: Dicas práticas para resistir aos impulsos

Pode parecer muito difícil poupar dinheiro porque as despesas são muitas e variadas. Queremos esticar o dinheiro até ao fim do mês mas parece impossível. Neste artigo vamos mostrar-lhe como pode esticar o dinheiro se resistir aos impulsos do consumo.

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: conselhos para ir à praia sem complexos

O verão tem espreitado timidamente nas nossas vidas, mas, quando surge, traz consigo a oportunidade de ir à praia. Para a maioria de nós, algo relaxante, um verdadeiro bálsamo para a vida. Mas há algumas pessoas para as quais a simples ida se pode tornar um verdadeiro inferno, acabando por ficarem no sofá a imaginar como seria se tivessem ido.

Mais no portal

Moda

Victoria's Secret vendida a fundo de investimento por quantia milionária

A Victoria's Secret voltará a ser uma empresa privada, com capital fechado.

Inspirações

Quem é a Carolina Deslandes? A cantora responde

Na #VozActiva deste mês.

Celebridades

Tudo o que Meghan vai poder voltar a usar ao deixar a casa real britânica

Unhas coloridas, vestidos curtos ou sandálias abertas são algumas das opções.

Celebridades

"O maior arrependimento da minha vida": é assim que Ben Affleck descreve o seu divórcio com Jennifer Garner

Jennifer Garner e Ben Affleck estão separados desde 2015.

Moda

Letizia usa capa oversize da Zara que é um must-have da estação

A rainha esteve presente na sede da UNICEF em Madrid.

Comportamento

Voz ACTIVA Podcast: Margarida Vieitez e Patrícia Matos revelam-nos o lado menos conhecido de 24 personalidades nacionais

As autoras do livro 'Sucesso Emocional' entrevistaram 24 personalidades para tentar compreender como gerem as emoções.

Celebridades

Aos 16 anos, Millie Bobby Brown faz desabafo sobre hipersexualização

A atriz de "Stranger Things" diz-se frustrada pelo tratamento que recebe da imprensa.

Moda

Meghan Markle e os seus sapatos feitos a partir de garrafas de água

Meghan tem privilegiado o uso de marcas de moda mais sustentáveis.

Moda

Disney lança coleção de vestidos de noiva inspirados nas princesas

É a primeira vez que a Disney faz uma parceria com a marca de vestidos Allure Bridal.

Celebridades

Nova Miss Alemanha tem 35 anos, é empresária e mãe

Leonie Charlotte von Hase foi a grande vencedora desta edição do concurso, que pretende acabar com os estereótipos.

Beleza e Saúde

Esta é a receita caseira perfeita (e deliciosa) para os lábios secos

Só vai precisar de três ingredientes!

Celebridades

Namorada de Al Pacino termina relação e diz que o ator é "velho" e "mesquinho"

Meital Dohan é 39 anos mais nova que Al Pacino.

Assine a ACTIVA por 6 meses a partir de 10 euros

Já nas bancas!

Assine já