Porque é que o tema masturbação continua a causar tanto desconforto? Como se o prazer próprio nos deixasse com a sensação de que estamos a fazer algo errado. Pois bem, está mais que na altura de falar sobre o assunto e de deixar para trás os sentimentos de vergonha, culpa ou o que quer que seja que o tema desperta em si.

No Reino Unido, a Glamour decidiu falar com as leitoras e fazer um pequeno inquérito, de modo a aprofundar o assunto. E, agora que passa mais tempo em casa, não nos pode dizer que não tem tempo para ler o que descobriram. Comecemos pelo facto de mais de metade das inquiridas – 53% – terem admitido ficar desconfortáveis a falar sobre o ato. Ainda assim, 91% disse fazê-lo.

Sejamos mais específicos: desdes 91%, 36% disseram fazê-lo 2 a 5 vezes por semana e 67% revelou usar um vibrador. Uns outros 82% disseram usar as mãos e 47% mostraram interesse numa maior oferta de brinquedos sexuais no mercado. Isto porque muitas revelaram preferir usar a imaginação, com 32% das inquiridas a garantir não ser capaz de ver pornografia.

E noque toca ao momento “O”? 67% revelou atingir o orgasmo durante a masturbação e 24% disse “raramente” chegar ao clímax com o parceiro. Já os motivos para a masturbação foram algo diversos: porque estão solteiras, porque estão excitadas (73%) ou para aliviar o stress (54%). 23% disseram ainda que este é um momento que beneficia a respetiva saúde mental.

E eis uma das curiosidades mais interessantes: 41% das participantes revelou desfrutar tanto deste ato quanto de sexo. Mas, afinal, perante todas estas percentagens e o impacto positivo que a masturbação parece ter na saúde física e mental, porque é que continuamos a ficar desconfortáveis sempre que este “prato” nos é servido numa conversa?

Vejamos umas últimas percentagens: 83% considera que existe um estigma em torno do desejo sexual feminino e 87% desejaria que a sociedade fosse mais tolerante perante o mesmo. E este é, precisamente, o problema. Mas se, grão a grão, formos enchendo o papo a este tema, rapidamente deixará de ser tabu. Pelo menos, não custa tentar.

Palavras-chave

Mais no portal

Comportamento

As nossas posições sexuais favoritas revelam muito sobre nós

Aquilo de que gostamos entre quatro paredes está intrinsecamente ligado ao tipo de pessoa que somos.

Moda

Estes vestidos da Mango são a cara do verão

Curtos ou longos, de cores mais discretas ou em tons mais arrojados, todos eles condizem na perfeição com a estação quente.

Moda

Os tons naturais e terracota vão dominar neste verão

Este shopping promete fazer as delícias das fãs de uma estética mais minimalista.

Lifestyle

No Spot by Fortaleza do Guincho, há pratos deliciosos e uma vista incrível para o mar

Uma sugestão agradável para aproveitar os dias de calor.

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: Estratégias para manter o foco numa perda de peso

São 10 e prometem ajudar a manter aquilo que realmente importa em perspetiva

Beleza e Saúde

Ginásio fechado? Dê a volta à situação com este circuito de treino em casa

Mais um dia, mais um circuito de exercícios preparado por Susana Carromeu, personal trainer do CrossFit Cais.

Beleza e Saúde

"No-Makeup Makeup": Maquilhagem fácil e rápida para o dia-a-dia

Hoje estreia mais uma rubrica em Activa.pt. A Beauty Spot será um espaço destinado a tudo o que diz respeito ao mundo da beleza, com dicas simples e práticas que se adaptam à rotina de cada mulher.

Lifestyle

Fomos conhecer um hotel com selo Clean&Safe e isto é o que temos para lhe contar

O que mudou e o que permanece igual nos hotéis em Portugal? Fomos até Évora para tentar descobrir.

Moda

Eis a blusa capaz de dar um toque de classe a qualquer visual

À venda por quase metade do preço original.

Comportamento

Como ser feliz para sempre em apenas quatro passos

Neste artigo da rubrica Sucesso Pessoal e Profissional, falo sobre como podemos tomar as rédeas da nossa própria felicidade.

Comportamento

Assisti a "365 dias" e achei o filme muito problemático

Aqui estão os motivos.

Celebridades

As cenas bizarras que estão a intrigar os fãs de "Gossip Girl"

Quem se lembra da série protagonizada por Blake Lively e Leighton Meester?

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel