sewing medical masks during the coronavirus pandemia. Domestic sewing due to the shortage of medical materials.

Perante a falta de máscaras cirúrgicas à venda – ou os elevados preços praticados, em alguns casos -, muitas pessoas puseram mãos à obra. As máscaras de pano têm-se tornado cada vez mais populares e são vistas por muitos como uma solução prática e económica para enfrentar a pandemia atual. Porém, importa esclarecer se serão assim tão seguras.

Em conversa com a Activa, Paula Franco, enfermeira do bloco operatório do hospital Beatriz Ângelo, começou por explicar: “Este vírus transmite-se por gotículas. Ora, uma máscara, qualquer obstáculo que se ponha em frente à boca e nariz reduz a transmissão das gotículas. Agora, há que ter noção se a barreira física a que chamamos máscara é ou não eficaz“.

A enfermeira refere que “existem vários tipos de máscaras cirúrgicas“, garantindo que as mais básicas não são uma barreira física a 100%, e que as mais seguras são as que “têm um respirador, ou seja, um filtro de partículas – aí não passa nada“. Quanto às máscaras de pano, feitas em casa, Paula alerta: “toda a gente sabe que as partículas são mínimas, muito pequeninas, e que passam através do tecido, do pano, assim como passam através das máscaras mais básicas“.

Mas, afinal, é perigoso usá-las?

A resposta não é simples. “Uma máscara feita em casa dá uma falsa segurança. Mas se não há uma máscara cirúrgica que nos permita ter uma barreira a 100%, é preferível protegermo-nos de alguma forma, tendo sempre a noção que não é totalmente segura“, diz, frisando que são necessários cuidados redobrados, sobretudo não tocar com as mãos no rosto.

“Isto quer dizer que, se não tivermos uma máscara 100% segura – uma máscara cirúrgica -, é óbvio que aquelas que se fazem em casa protegem alguma parte. Mas não podemos achar que estamos seguros“, refere Paula, acrescentando que “é mais seguro, se a pessoa não tiver uma máscara, não mexer na cara, do que ter máscara e andar a tocar na cara“.

A falta de informação também é algo que a preocupa: “Quanto a mim, foi isso que faltou explicar quando disseram que não era preciso usar máscara. Porque dá uma falsa segurança e leva as pessoas a achar que quem tem máscara ‘pode tudo’. É errado. Porque, a partir do momento em que se mexe na máscara com as mãos que já tocaram noutro lado, há duas coisas infetadas: a mão e a máscara“.

gloves

No fundo, diz, “o que se pretende é que as pessoas não sejam fundamentalistas. Temos de pensar ‘onde é que já mexi? Já infetei isto e aquilo’. Temos de partir do princípio básico: ‘onde eu vou mexer, já alguém mexeu’“, alertou, apontando ainda o facto de as luvas, por exemplo, se tornarem as nossas mãos quando as usamos por um período de tempo alargado, incluíndo uma ida ao supermercado e posterior viagem de carro sem as retirar ou desinfetar.

Em jeito de conclusão relativamente às máscaras de pano caseiras, a enfermeira resume:

Se eu espirrar com uma máscara de pano, vou conseguir transportar partículas para fora desta. E se mexer na máscara de pano depois de ter mexido num local infetado, essas partículas vão para dentro da mesma e vão infetar-me. A partir do momento em que [a máscara] é respirável, as partículas passam. Portanto: máscara sim, sempre possível que seja uma boa barreira, e, quando não for, é preciso muito cuidado porque não é seguro“.

E esta parece ser a opinião de outros especialistas. Em declarações ao USA Today, Michael Doyle, assistente médico da Guarda Nacional do Exército dos Estados Unidos, afirmou: “A única máscara que a CDC [Centers for Disease Control and Prevention] considera segura, a única que previne que inalemos o vírus, é a máscara N95. As máscaras caseiras, embora sejam criativas, servem apenas para nos lembrar que não devemos tocar na cara“.

Confira, em seguida, um vídeo realizado com um desodorizante em spray que mostra a diferente eficácia de distintas máscaras:

Palavras-chave

Relacionados

Beleza e Saúde

Organização Mundial de Saúde explica como usar uma máscara de forma segura

Siga estes conselhos e evite correr riscos desnecessários.

Moda

Grupo italiano Calzedonia doa 10 mil máscaras e batas por dia

Respondendo assim à necessidade atual das instituições de saúde na luta contra o Covid-19.

Beleza e Saúde

Organização Mundial de Saúde considera "irracional" a corrida a máscaras e desinfetantes

Milhões de pessoas estão com medo

Mais no portal

Moda

Parfois: 10 malas a menos de 20 euros

Confira algumas das melhores opções para combinar com os seus visuais.

Celebridades

Emily Ratajkowski acusa fotógrafo de a assediar quando tinha 20 anos

Desde que a modelo revelou a história ao mundo, uma outra celebridade diz ter vivido um episódio semelhante com a mesma pessoa.

Lifestyle

Clube do Livro Finanças de A a Z: "A Poupança no Feminino"

No novo episódio da rubrica Finanças de A a Z estreio um espaço mensal onde vou deixar algumas sugestões de livros úteis para a educação financeira de miúdos e graúdos.

Woman washing her hair in shower
Beleza e Saúde

4 motivos pelos quais não devemos lavar o rosto no duche

Dermatologista explica o porquê e ainda deixa algumas dicas.

Lifestyle

Livro da semana: "A Quinta" inspira-se nos sacrifícios que mulheres fazem pelos que mais amam

Um livro de Joanne Ramos, publicado pelas Edições Saída de Emergência.

Beleza e Saúde

Pasta de dentes nas borbulhas: sim ou não?

Será este um mito ou haverá algum fundamento?

Celebridades

Kelly Clarkson diz que o divórcio a apanhou de surpresa

A artista foi casada com Brandon Blackstock durante sete anos.

LONDON, UNITED KINGDOM - NOVEMBER 09: (EMBARGOED FOR PUBLICATION IN UK NEWSPAPERS UNTIL 48 HOURS AFTER CREATE DATE AND TIME) Prince Andrew, Duke of York attends the opening the Francis Crick Institute by Queen Elizabeth II on November 9, 2016 in London, England. The Francis Crick Institute will be a world leading centre of biomedical research. (Photo by Max Mumby/Indigo/Getty Images)
Celebridades

Príncipe André é "viciado em sexo", alega livro

A obra contém testemunhos de várias mulheres que afirmam ter mantido relações com o membro da realeza britânica, através do contacto de Jeffrey Epstein.

Moda

Tezenis lança coleção cápsula inspirada em famosa série da Netflix

Várias peças com um toque de 'nuestros hermanos'.

Moda

Nova marca de moda sustentável chega ao Porto

A aposta é na seda e no tingimento natural.

Inspirações

Alba Batista e a beleza interior: "reflete-se no olhar"

A atriz é a estrela da produção de capa da ACTIVA de setembro.

Beleza e Saúde

Nutrição: 5 mitos que podem estar a arruinar a sua saúde

Saiba como adotar uma dieta mais "descomplicada".