O natural não tem de ser sinónimo de chato ou de convencional. Esta foi a lição mais importante que retirei do meu primeiro contacto com a linha de maquilhagem da Mádara, que é tão boa para a pele quanto para o planeta.

A marca, que até agora só se especializava em cuidados de pele, decidiu dar o salto para a maquilhagem, mas sem esquecer as suas raízes. O resultado? Uma gama orgânica, 100% vegan e sustentável – boas notícias para os amantes da beleza limpa e ecológica.

Sem mais demoras, passemos à experiência. Antes de testar os produtos na minha pele, a maquilhadora Beatriz Curica fez uma breve apresentação da linha, que se estreou na Semana da Moda de Paris, em setembro de 2019, quando foi usada no desfile da Dawei, por iniciativa da makeup artist finlandesa Jenny Jansson.

Por enquanto, conta apenas com seis produtos (conheça-os na galeria, abaixo) e a ideia é expandir o número assim que os especialistas que trabalham no laboratório em Riga, na Letónia, cheguem às fórmulas corretas de rímeis e eyeliners, por exemplo, que respeitem o ADN e os padrões de qualidade da marca.

Depois de ficar familiarizada com a linha e de explicar à Beatriz como gosto de me maquilhar no meu dia-a-dia, passámos à aplicação dos produtos. Todos eles, sem exceção, são cremosos e aveludados ao ponto de poderem ser aplicados com as mãos. Aliás, é mesmo essa a ideia: beleza descomplicada a todos os níveis.

Para além disso, as listas de ingredientes demonstram que o desafio de produzir maquilhagem com ingredientes sem adição de produtos químicos foi superada com sucesso. Como alternativa, surgem extratos orgânicos de plantas e pigmentos minerais refinados de damasco, ameixa, aloe vera, mirtilo, peónia, arroz, argão e cominho preto, entre outros, que garantem que os cuidados com a pele nunca são descurados.

Outro ponto positivo é que toda a linha de maquilhagem da Mádara é bastante pigmentada e vem numa variedade de tons abrangente, de modo a responder às necessidades específicas de diferentes tonalidades de pele. Isto é particularmente importante para as mulheres negras, como eu, e de outras etnias, que por vezes têm dificuldade em encontrar opções que valham (mesmo) a pena.

O balanço da experiência é bastante positivo e, sem dúvida, colocou a cosmética biológica no meu radar. Numa altura em que estamos cada vez mais conscientes daquilo que colocamos no nosso cabelo e no nosso corpo, o mesmo princípio deveria ser aplicado à pele. Assim sendo, os produtos fabricados com matérias-primas naturais e éticas devem ganhar cada vez mais espaço, para que se reforce a convicção de que é possível expressarmo-nos visualmente enquanto cuidamos da pele e do planeta.

Palavras-chave

Mais no portal

Moda

10 artigos da Zara que vão arrasar em qualquer destino de férias

Estes visuais prontos a usar prometem fazer furor nos seus dias de descanso.

Comportamento

Como lidar com a frustração sexual?

Existem várias causas para a insatisfação com a vida íntima, que pode afetar a qualidade de vida em geral.

Moda

Saiba como fazer uma mala de férias sem complicações

No episódio de hoje da rubrica Imagem de Sucesso, deixo algumas dicas para escolher os derradeiros essenciais de viagem.

Moda

Encontrámos as Havaianas perfeitas para dar brilho ao verão

Se é fã da famosa marca brasileira e gosta de dar um toque de brilho a tudo o que faz, vai delirar com esta novidade.

Lifestyle

6 dicas para viajar de carro tranquilamente com crianças

"Estou com fome! Quanto chegamos? Preciso de fazer xixi!" Viajar com crianças durante um longo período de tempo pode ser um verdadeiro pesadelo.

Beleza e Saúde

Afinal, o que é uma "depressão de baixo grau"?

Recentemente, Michelle Obama fez um desabafo sobre a sua saúde mental. Entenda o que se passa com a antiga Primeira-dama dos Estados Unidos.

Celebridades

Michelle Obama admite que sofre de uma "depressão de baixo grau"

A pandemia aliada a todo o clima de tensão que se vive nos Estados Unidos afetou a saúde mental da antiga Primeira-dama do país.

Celebridades

Daisy Coleman, de documentário da Netflix sobre abuso sexual, morre aos 23 anos

O caso da jovem, que se tornou uma defensora das vítimas de violação, é retratado numa série documental do serviço de streaming.

Lifestyle

Estes podem ser os motivos para continuarmos a ver filmes para adolescentes

Sim, tenho mais de 30 anos e por vezes vejo (e revejo) filmes com histórias para adolescentes. Mas sei que não sou a única!

Celebridades

O interior do frigorífico de Selena Gomez revela muito sobre a cantora

A estrela norte-americana mostrou o que armazena neste eletrodoméstico, bem como no congelador.

Beleza e Saúde

5 produtos de skincare que testei há um ano e agora fazem parte da minha rotina

O mais barato custa menos de 3 euros.

Moda

Criei 5 visuais diferentes com uma peça de roupa que todas temos no roupeiro

Por vezes - e falo por experiência própria -, só precisamos de um pouco de originalidade para não nos cansarmos daquilo que vestimos.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel