Biologicamente falando, a idade considerada “ideal” para um gravidez é aos 18 anos. Segundo vários especialistas da clínica brasileira ProCriar, nessa fase, a mulher encontra-se no pico de fertilidade. Não só a quantidade de óvulos é ótima, como os riscos da gestação são reduzidos.

Sendo que a mulher já nasce com uma espécie de “reserva de óvulos”, que vão diminuindo, é normal que, à medida que envelhecem, também a fertilidade diminua. Aos 18 anos, contudo, por norma a jovem está a estudar e não pensa em ter filhos. Do ponto de vista emocional, também não é o período mais estável. Mas cada caso é um caso!

Então e aos 25?

Nesta idade, as chances de engravidar continuam grandes – e mantêm-se elevadas até por volta dos 30 anos. Aqui, o organismo apresenta condições ideais para manter a gestação. Todos os meses, têm 18% de hipóteses de engravidar, o que representa uma percentagem de 85% num ano.

Aqui, já se pode registar uma maior maturidade emocional e melhores condições e estabilidade para trazer uma criança ao mundo. Uma vez mais, tudo isto pode acontecer de forma mais precoce, sendo que cada mulher tem percursos de vida distintos.

E após os 30?

Até esta idade, mantém-se a fertilidade elevada. Porém, entre os 31 e os 35 anos, a chance de engravidar diminui para 15% ao mês, 80% ao ano. Aos 35, as taxes reduzem significativamente para 9% ao mês e 50% ao ano.

Apesar destes números, sabemos que a idade em que as mulheres pensam engravidar tem vindo a aumentar, com a prioridade dada aos estudos, carreira e estabilidade financeira.

Após os 40

Sabemos que, aos 40 anos, a gravidez já é considerada de risco. As probabilidades de engravidar mantêm-se iguais às dos 35. Porém, entre os 41 e 42 anos, as chances de engravidar passam para 4% ao mês, 20% ao ano. Já entre os 43 e os 45 anos, caem para 0,2%/mês, 1%/ano.

Há vários tratamentos que podem ser feitos, de modo a auxiliar a gestação nesta fase, mas também se coloca a hipótese de a mulher fazer a coleta dos óvulos antes dos 35 anos, e posterior congelação destes, se tiver intenção de ser mãe no futuro. Isto melhora bastante as estatísticas mencionadas.

Palavras-chave

Mais no portal

Beleza e Saúde

COVID-19: usar duas máscaras protege-nos mais?

Algumas pessoas adotaram este método. Mas será que é necessário?

Lifestyle

Assine 9 revistas por apenas €9,90 por mês e garanta boa informação, em sua casa

Beleza e Saúde

Esperam-se menos nascimentos em 2021

Entenda o motivo.

Imagem de Sucesso

O fator essencial para construir uma Imagem de Sucesso em 2021

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso, explico-vos como podem comunicar de forma assertiva através da vossa imagem e, assim, conquistar objetivos no novo ano.

Comportamento

Este truque curioso pode aliviar o stress durante o confinamento

Só precisa de um telemóvel ou computador - e deixá-lo fazer magia.

Moda

A psicologia por trás das cores românticas que vão estar em alta na primavera

Não só explicamos a origem da popularidade, como deixamos algumas sugestões de visuais para os dias mais quentes.

Beleza e Saúde

Pode haver uma inesperada cura para a acne

Pelo menos, para um dos tipos do problema. Saiba qual.

Moda

Revelado o próximo nome da alta-costura que irá colaborar com a H&M

Todos os anos, a gigante sueca lança uma coleção de edição limitada, que é fruto da colaboração com um estilista ou marca de renome.

Beleza e Saúde

3 acessórios para o cabelo que as mulheres nórdicas adoram

Estas sugestões são perfeitas para ter sempre no nécessaire e transformam qualquer visual num instante.

Beleza e Saúde

Saiba como manter um estilo de vida saudável em regime de teletrabalho

Aqui ficam seis sugestões para continuar a cuidar da sua saúde física e mental no novo confinamento.

15 Perguntas A...

Tânia Ribas de Oliveira: "O meu estilo é casual, confortável e descontraído"

Lançámos questionários com 15 perguntas a várias celebridades sobre temas como, por exemplo, estilo pessoal e rotinas de beleza. A apresentadora da RTP foi a primeira a aceitar o desafio.