Ter um filho durante uma pandemia traz alguns desafios que uma “época normal” não acarreta. E tal é bastante notório quando se pensa em ansiedade ou depressão pós-parto. Afinal, surge uma dúvida: serão os sintomas causados pelo facto de ter dado à luz recentemente, ou pelo cenário mundial atual?

As pessoas têm muito medo de dizer aos profissionais de saúde como realmente se sentem – por medo de julgamento, do estigma que envolve a saúde mental materna, e pela saúde mental no geral – com o maior medo a ser que, potencialmente, lhes tirem o bebé“, afirma Paige Bellenbaum, fundadora do The Motherhood Center, em conversa com a Parents.

Além disso, afirma ainda que “a maternidade é romantizada. Somos alimentados de tantos mitos acerca daquilo que pensamos que será que, quando não é dessa forma – algo que acontece quase sempre -, pensamos que somos as únicas pessoas a passar por isso ou que somos más naquilo e que toda a gente é melhor“.

Atualmente, as linhas entre a ansiedade ou depressão do pós parto e os efeitos da pandemia na nossa saúde mental encontram-se esbatidas. Ainda assim, há que estar sempre atenta a quaisquer sinais de alarme e conversar com o seu médico.

Se se tem deparado com algumas dificuldades e se a sua saúde mental já esteve mais “em dia”, confira estas 4 dicas para a ajudar a perceber o que se pode estar a passar:

Fale

Se o seu médico não pede exames nem fala consigo sobre o modo como se sente, inicie a conversa. Explique tudo o que tem sentido e manifeste a sua intenção de chegar à raíz do problema, de modo a conseguir resolvê-lo.

Avalie como se sente

Pergunte-se a si mesma se sente algum tipo de entusiasmo perante a aproximação de algumas atividades do dia-a-dia – mesmo que seja aquele café pela manhã ou ver um episódio da sua série preferida. Se a resposta for negativa, o melhor é mesmo pedir ajuda.

Informe-se acerca dos efeitos da COVID-19 na saúde mental

O excesso de preocupação com a sua saúde e a do bebé podem ser ainda maiores durante a pandemia. Porém, há que estar também atenta a sintomas como isolamento, sentir-se irritada ou zangada por nada ser como esperava, ou mesmo triste pelo facto de a pandemia não lhe permitir a experiência da maternidade dos seus sonhos.

Encontre apoio virtual

Com os contactos sociais reduzidos, os sentimentos de incapacidade e de não saber “ser mãe” ou “ser pai” podem ser exacerbados. Por isso mesmo, importa criar uma rede de apoio sólida, mesmo que tal seja feito de forma virtual. Tente identificar aquilo que a está a deixar mais ansiosa e procure alguém com quem falar e esclarecer dúvidas.

Lembre-se que as desordens de ansiedade e depressão pós-parto têm tratamento, pelo que importa que sejam diagnosticadas o mais cedo possível, para que este seja mais simples. “Quanto mais cedo a identificamos, mais cedo podemos tratá-la e a mãe pode voltar a normal e começar a desfrutar da maternidade“, afirma Bellenbaum. Mesmo em contexto de pandemia.

Palavras-chave

Mais no portal

Beleza e Saúde

COVID-19: usar duas máscaras protege-nos mais?

Algumas pessoas adotaram este método. Mas será que é necessário?

Lifestyle

Assine 9 revistas por apenas €9,90 por mês e garanta boa informação, em sua casa

Beleza e Saúde

Esperam-se menos nascimentos em 2021

Entenda o motivo.

Imagem de Sucesso

O fator essencial para construir uma Imagem de Sucesso em 2021

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso, explico-vos como podem comunicar de forma assertiva através da vossa imagem e, assim, conquistar objetivos no novo ano.

Comportamento

Este truque curioso pode aliviar o stress durante o confinamento

Só precisa de um telemóvel ou computador - e deixá-lo fazer magia.

Moda

A psicologia por trás das cores românticas que vão estar em alta na primavera

Não só explicamos a origem da popularidade, como deixamos algumas sugestões de visuais para os dias mais quentes.

Beleza e Saúde

Pode haver uma inesperada cura para a acne

Pelo menos, para um dos tipos do problema. Saiba qual.

Moda

Revelado o próximo nome da alta-costura que irá colaborar com a H&M

Todos os anos, a gigante sueca lança uma coleção de edição limitada, que é fruto da colaboração com um estilista ou marca de renome.

Beleza e Saúde

3 acessórios para o cabelo que as mulheres nórdicas adoram

Estas sugestões são perfeitas para ter sempre no nécessaire e transformam qualquer visual num instante.

Beleza e Saúde

Saiba como manter um estilo de vida saudável em regime de teletrabalho

Aqui ficam seis sugestões para continuar a cuidar da sua saúde física e mental no novo confinamento.

15 Perguntas A...

Tânia Ribas de Oliveira: "O meu estilo é casual, confortável e descontraído"

Lançámos questionários com 15 perguntas a várias celebridades sobre temas como, por exemplo, estilo pessoal e rotinas de beleza. A apresentadora da RTP foi a primeira a aceitar o desafio.