MENOS 3 QUILOS

Destinatárias: Aquelas de nós que ganharam aqueles três quilinhos extra no Inverno e se querem ver livros deles rapidamente.

Contra-indicações: Não pode ser realizada por pessoas com problemas renais ou com distúrbios alimentares.

Duração: 4 semanas.

Princípio: Apresentado pelo médico francês Gilbert Boubill, esta dieta baseia-se no facto das proteínas serem os nutrientes capazes de acelerar o nosso metabolismo e, assim, promover a ‘queima’ de gordura, sem comprometer a perda de massa muscular.

O que comer: Na primeira semana, deve consumir apenas alimentos ricos em proteínas, essencialmente peixe e frutos do mar, carnes magras e ovos. Na segunda semana introduz as saladas verdes, endívias e tomate. Na terceira, todos os outros legumes, a fruta – duas peças por dia – e os produtos lácteos. Por fim, na derradeira semana, adiciona ao seu regime diário 50g de pão, 10g de manteiga, 30g de queijo, regressando à quantidade normal de proteínas diárias: 150g de carne ou 200g de peixe ou dois ovos.

Essencial: Beber muitos líquidos, seja sob a forma de água, chás ou tisanas para ‘purificar’ o sangue, eliminar a ureia e acelerar o processo. E seguir fielmente este programa.

Para manter os resultados: Pode permitir-se cometer um deslize de vez em quando (um chocolate, uma fatia de bolo…), mas deve remediá-lo no dia seguinte; se ganhar um quilo, regresse a este regime durante alguns dias; consuma sempre pelo menos 100 gramas de proteínas ao almoço e ao jantar.

MENOS 6 QUILOS

com o regime de baixo índice glicémico

Destinatários: Mulheres que ganharam seis quilos ‘extraordinariamente’ e que se querem ver livres deles de forma permanente.

Contra-indicações: Nenhumas.

Duração: 12 semanas

Princípio: De acordo com esta dieta, devem ser privilegiados os alimentos com baixo índice glicémico (IG), ou seja, igual ou inferior a 55% de glicose (ver caixa), que são absorvidos mais devagar pelo organismo. Segundo o especialista em endocrinologia e diabetes, o médico Gérard Slama, da Universidade de Paris, estes alimentos, ao não aumentarem a quantidade de açúcar no sangue de forma brusca, diminuem a segregação de insulina, a hormona responsável pela sensação de fome e pelo acumular de gordura nas células. Como são assimilados de forma lenta pelo nosso organismo, também contribuem para a sensação de saciedade e para a eliminação de gorduras.

O que comer: Cereais completos (muesli, aveia, arroz basmati), legumes secos (lentilhas, feijão branco, favas), quinoa ou pão de cereais completos. Está autorizada a comer duas peças de fruta por dia, assim como cinco legumes e produtos lácteos magros. Regularmente, consuma peixe, carnes magras, (alimentos com menos gordura saturada, associada a doenças cardiovasculares e a alguns tipos de cancro), ovos e frutos secos como nozes e amêndoas. Interdito é ingerir gorduras animais (com excepção do peixe) e hidrogenadas, caso dos biscoitos e bolachas industriais, sem esquecer, claro, os alimentos muito açucarados.

Essencial: Escolha produtos o menos refinado possível (quanto menor o grau de transformação, menor o IG), opte por alimentos ricos em fibras e coza os legumes al dente, para não alterar o IG.

Para manter os resultados: Faça exercício físico regulamente (o ideal é, pelo menos, três vezes por semana); reduza por sistema os produtos ricos em açúcar refinado (bolachas, biscoitos, snacks).

MENOS 9 QUILOS

com uma alimentação racional

Destinatários: Quem deseja recuperar a linha, de forma gradual, estável e com resultados duradouros.

Contra-indicações: nenhumas.

Duração: 12 semanas.

Princípio: A palavra-chave é equilíbrio. Neste caso, não há pesadas restrições, privilegiando-se uma alimentação regrada, em que estão presentes alimentos de todos os grupos alimentares.

O que comer:

*Pequeno-almoço: fruta e lacticínios (iogurte natural ou com bifidus e 100g de fiambre magro).

*Almoço: 150 a 200g de carne magra, peixes, ovos ou presunto: 200g de legumes temperados com uma colher de azeite.

Jantar: 200g de batatas ou 7 a 8 colheres de arroz ou lentilhas, juntamente com legumes (a mesma ou uma quantidade superior), cruz ou cozidos. Se quiser complete com 100g de carne ou peixe. Para a sobremesa, fruta (facultativo)

Essencial: Não salte refeições e complete com exercício físico.

Para manter o resultado: Acabe com as batatas fritas (aliás, com os fritos em geral) e substitua-as por batatas cozidas ou arroz ou esparguete; use o azeite como forma privilegiada de tempero; come sempre legumes ao almoço e ao jantar; evite as carnes gordas e produtos açucarados.

Clique para subscrever a NEWSLETTER ACTIVA.pt!

Siga-nos no Twitter

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Relacionados

Diz Quem Sabe

Como tornar a sua ceia de Natal mais 'light'

A Ceia de Natal é um dos momentos altos desta quadra, porém é muitas vezes marcada por excessos, tanto a nível alimentar como económico. Por isso é importante conhecer pequenas dicas que permitam usufruir deste momento de uma forma mais optimizada, a todos os níveis!

Beleza

10 regras para comer nas festas e não arruinar a linha

É possível saborear os doces de Natal sem ganhar um grama a mais. Basta adoptar as estratégias certas. E ainda prometemos que não tem de passar fome…

Beleza

Para resistir à gripe, tome fruta!

Não é por acaso que a fruta de Inverno tem o tom amarelo, como é o caso da laranja. Porque é na prevenção que devemos investir, aproveite os benefícios da vitamina C, reforce o seu sistema imunitário e minimize os efeitos dos atchin's...

Mais no portal

Lifestyle

Sem gordura ou lactose e com 25g de proteína: eis as novidades Mimosa

A marca renovou a gama Proteína. Conheça as novidades!

Beleza

5 dicas para prevenir o acne na idade adulta

Não deixe que as borbulhas se tornem um problema.

Celebridades

Quatro meses após ser pai, Jason Derulo separa-se da namorada

O artista estaria numa relação com Jena Frumes desde março de 2020.

Saúde

Estes alimentos são ricos em vitamina C

Inclua-os na sua dieta.

Saúde

Covid-19: o que muda a partir de 1 de outubro?

Conheça as novas medidas.

Moda

Natura lança coleção de outono/ inverno

Fique a par das novidades.

Comportamento

Homens têm 16% mais tendência que as mulheres a achar a traição aceitável

Revela um estudo da BBC.

Lifestyle

Quando a paixão pela cozinha e pela preservação do meio ambiente se unem... isto é o que acontece

Conheça a história por detrás da IBAU!

Moda

As 12 peças de vestuário Parfois que vai querer usar este outono

Desde coletes a casacos.

Saúde

7 sinais físicos que indicam que está mais stressado do que pensa

Esteja atento ao que o seu corpo lhe diz.

Moda

Carolina Patrocínio mostra as peças da nova Puma Studio Collection

Peças pensadas para total liberdade de movimentos e que podem ser conjugadas entre si.

Moda

Ponchos em burel: tradição e design de mãos dadas para este outono

Os ponchos (165€) reavivam padrões clássicos com cores esbatidas, tons terra e outros mais coloridos para animar os dias mais cinzentos.