133971332.jpg

Acha que tem um metabolismo lento? Que devia cortar nos doces e gorduras? Talvez. Mas também pode estar apenas a comer os alimentos errados à hora errada. A teoria da crononutrição diz que podemos comer de tudo, incluindo doces, desde que seja nas horas certas. E estas são aquelas em que, de acordo com os biorritmos, o corpo está mais receptivo à sua metabolização. Na maior parte dos casos, os nutrientes ingeridos fora dos períodos de digestão óptima acabam por ser armazenados como gordura, em vez de serem usados pelo organismo. O resultado é o aumento de peso.

TIRE PARTIDO DO HORÁRIO DO SEU CORPO

O nutricionista francês Alain Delabos foi pioneiro na divulgação da crononutrição, em 1986. No livro ‘Mincir sur Mesure Grace a la Chrono-Nutrition’ (Ed. Albin Michel) explica como funcionam os biorritmos, uma espécie de relógio biológico que permite ao corpo ajustar as suas funções ao longo do dia, acelerando ou abrandando o metabolismo e segregando enzimas diversas para optimizar a digestão. Uma das formas mais conhecidas dos biorritmos é a reacção à luz solar, que despoleta o despertar e o adormecer. Em termos digestivos, o corpo está programado para segregar determinadas enzimas em alturas específicas do dia. O segredo é ter isto em conta na dieta.

COMA À HORA CERTA

DA 5H ÀS 9H. De manhã, o corpo segrega naturalmente três enzimas: a insulina, para metabolizar o açúcar de que os órgãos precisam para funcionar; a lipase, para metabolizar a gordura usada na produção do tecido das paredes celulares; e a protease, para metabolizar proteínas usadas no fabrico do interior das células.

O que comer ao pequeno-almoço: É a altura ideal para consumir proteínas, gorduras e hidratos de carbono complexos. Se gosta da forma como os ingleses começam o dia, força: ovos mexidos, bacon, feijões e pão escuro seguem os preceitos da crononutrição!

DAS 12H ÀS 13H. À hora do almoço, o organismo segrega proteases com o objectivo de metabolizar as proteínas celulares e constituir reservas.

Luz verde para as proteínas: Nesta refeição, pode e deve ingerir proteínas animais (carne ou peixe) e acompanhar com muitos legumes. Fuja da armadilha do pão com manteiga. Gorduras, só azeite, para temperar a salada. Esqueça os hidratos de carbono. Se está numa fase de estabilização, reintroduza o arroz, massa ou batata, mas em pequenas quantidades: duas colheres de sopa ou uma batata média (um pouco mais pequena que o rato do computador).

DAS 16H ÀS 17H. A meio da tarde, dá-se um pico de insulina com o objectivo de compensar o organismo pela fadiga associada às funções corporais.

Agora, sim, pode comer doces… mas com moderação. Fruta (pois tem açúcar) é o ideal, um quadradinho de chocolate com 70% de cacau ou até um bolo.

DAS 20H ÀS 21H. À noite, são poucas ou nenhumas as secreções digestivas para além das que abrandam o processamento da comida. Esta é a principal razão para comer pouco ao jantar.

Cuidado com o que come: Nada de gorduras (sinal vermelho para pizas, batatas fritas e afins), nem carne vermelhas ou refeições pesadas que levem tempo a digerir. Sopa de legumes é uma boa opção.

COMA BEM DE MANHÃ E MUITO POUCO À NOITE

Apesar de ter suscitado polémica por falta de bases científicas, a teoria de Delabos tem vindo a colher algum apoio ao longo dos anos, nomeadamente no que se refere aos biorritmos. Uma investigação da Universidade do Texas publicada no ‘Journal of Nutrition’, em 2004, concluiu que comer bem ao pequeno-almoço tem um efeito positivo, evitando excessos alimentares nas outras refeições. O estudo, que seguiu os hábitos alimentares de 900 homens e mulheres durante uma semana, mostrou ainda que um bom almoço não tinha este efeito. Quando era esta a principal refeição, o número total de calorias acabava por ser superior.

A explicação avançada tem que ver com a programação natural do nosso relógio biológico: ajustado há milhares de anos para reagir à luz solar, o corpo programou-se para ter mais actividade (incluindo digestiva) de dia. O mecanismo cerebral que comunica a sensação de saciedade funciona naturalmente melhor de manhã, estando programado para desligar-se ao pôr-do-sol, altura em que a nossa fisiologia espera estar a dormir. Comer muito à noite torna-se assim especialmente contraproducente.

NÃO É SÓ O NÚMERO DE CALORIAS QUE CONTA

Comer a horas irregulares, e especialmente à noite, contribui particularmente para engordar. Um estudo recente feito pela Northwestern University, publicado no ‘Journal Obesity’ em 2009, veio corroborar esta teoria. No estudo, ratos que foram sobrealimentados durante as horas em que costumavam dormir ganharam muito mais peso (48%) do que os que receberam a mesma quantidade de comida durante o tempo de vigília (20%).

Há outro argumento forte para comer mais de manhã e menos à noite: durante o dia, o corpo precisa de estar activo e, por isso, agradece as calorias, mas à noite entra na chamada fase de regeneração e usa o metabolismo das gorduras para mobilizar a energia de que necessita nos processos de reparação. Comer muito a esta hora ocupa o estômago com a digestão e também impede o corpo de aceder às reservas de lípidos, contribuindo para que estes continuem bem alojados onde menos queremos…

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Relacionados

Saúde

"Afinal, porque é que ela é magra e eu não?"

Por que razão há pessoas que conseguem manter-se eternamente em forma e a quem nunca parem pesar os quilos a mais? Os especialistas em controlo de peso dão-nos a respostas e saiba que nem tudo tem a ver com genética.

Beleza

Como reduzir a gordura na sua alimentação

Se está cansada dos mesmos paladares e anseia por novos, deixe-se levar por soluções alternativas e outras formas de cozinhar. As gorduras vegetais oferecem texturas suaves e realçam o sabor natural dos alimentos.

Beleza

Controle o apetite e evite os quilos a mais

Muitas vezes, a fome não é um sintoma físico. Os alimentos também servem de consolo emocional em alturas de solidão, stresse e tédio. Compreenda os mecanismos que comandam o seu apetite e controle o seu peso.

Beleza

Não deixe que a comida a devore a si

Ideias para controlar o apetite e comer de forma mais saudável e menos calórica.

Beleza

Alerta: abusam do consumo de sal

Os Portugueses abusam do seu consumo. Resultado: aumento das doenças cardiovasculares e da hipertensão. Reeduque o paladar a descubra o sal escondido nas prateleiras do supermercado.

Beleza

Programa 'barriga lisa em 4 dias'!

Contamos-lhe o segredo da dieta que promete fazê-la perder três quilos em quatro dias - acabando com o inchaço da barriga - e sete quilos em quatro semanas.

Beleza

Livre-se dos quilos extra para sempre

Bob Greene é um dos gurus norte-americanos da perda de peso. No livro ‘Best Life Diet’ propõe um programa para perder peso racionalmente e sem dramas. Inspire-se e diga adeus às dietas iô-iô.

Beleza

Truques super úteis para fazer dieta!

Há pequenos truques que ajudam a emagrecer e não implicam abdicar de comer. Qualquer uma de nós os pode levar a cabo no dia-a-dia sem esforço nem sacrifício. Acabe por isso com as dietas que nunca funcionam.

Beleza

Reconhece estes hábitos? Cuidado, que arruínam a sua dieta

De nada adianta meter-se em dietas se não controlar alguns maus hábitos e pulsões que atentam contra a sua linha.

Mais no portal

Comportamento

Os 3 tipos de problemas que todos os casais enfrentam

De acordo com os especialistas em relacionamentos interpessoais.

Beleza

Manicure de Halloween: 10 inspirações

Prepare-se a rigor para a noite mais assustadora do ano.

Saúde

Covid-19: Foi descoberto um novo fator de risco entre vacinados

Mesmo com as duas doses, determinados hábitos podem aumentar o risco de infeção.

Moda

As diferenças essenciais entre moda e estilo

Não, não são a mesma coisa.

Saúde

No Brasil, 1 em cada 5 crianças sofre de anemia

Conheça as possíveis causas.

Celebridades

Jennifer Lopez retira penthouse do mercado após quatro anos sem ofertas

Localizada no Distrito de Flatiron, em Nova Iorque, tem uma vista de cortar a respiração para o famoso Madison Square Park.

Celebridades

Oprah vai entrevistar Adele em especial de televisão

Além da conversa, os fãs poderão assistir a uma performance da artista, que se prepara para lançar um novo álbum.

Comportamento

É possível fazer sexo sem quaisquer emoções envolvidas?

Eis a opinião surpreendente de uma sexóloga.

Beleza

Maquilhagem para os olhos com dois tons é a tendência mais marcante do outono

Nesta temporada, os maquilhadores convidam-nos a experimentar diferentes combinações de cores.

Comportamento

Existem 8 tipos de bullying: saiba quais são e como identificá-los

O Dia Mundial de Combate ao Bullying assinala-se anualmente a 20 de outubro.

Celebridades

Lizzo surpreende com vestido transparente

Veja o visual da cantora.