126031575.jpg

Uma hora é pouco para almoçar! Ainda por cima, quantas vezes temos de esticar esses sessenta minutos para ainda conseguir ir ao supermercado, ao dentista ou aos correios. As opções ‘rápidas’ acabam por ser a única solução e quem se ressente é a nossa linha e a nossa linha saúde. Mas, mesmo assim, é possível fazer escolhas ‘inteligentes’.

A sanduíche

Perigo: Demasiadas gorduras

Solução: Pedi-la à medida, ou seja, sem manteiga ou maionese e em pão integral ou escuro. Depreferência aos vegetais crus (alface e tomate), carne de aves (frango ou peru desfiados), fiambre magro, atum ou queijo fresco. Resista ao apelo dos paninis ou dos croissants, muito mais calóricos.

Salada

Perigo: Ficar cheia de fome uma hora depois.

Solução: Escolhê-la o mais completa e variada possível, com base de arroz ou massa integral e com salmão ou atum. Se for uma salada apenas de vegetais, acompanha-a de uma fatia de pãoe termine com uma peça de fruta (para obter as necessárias fibras e vitaminas).Resista aos molhos, habitualmente muito calóricos. Se não conseguir, o melhor é pedi-los à parte, mas o ideal mesmo é temperar apenas com um fio de azeite.

Fast-food

Perigo: Uma orgia de lípidos

Solução: não ceder aos menus com mais gordura e açúcar. Fique-se pelo hambúrguer simples, uma salada, uma água ou refrigerante light e uma salada de frutas. Se não resistir às batatas fritas, evite pelo menos a maionese e o ketchup. E nada de batidos ou gelados para sobremesa, dado que são super açucarados.

Pratos quentes

Perigo: Excesso de sal e uma alimentação desequilibrada

Solução: Acompanhe os pratos quentes com legumes ou vegetais para reequilibrar o menu e ter asnecessárias fibras e vitaminas. Privilegie as fontes de potássio para contrariar o excesso de sal, que propicia a retenção de líquidos e que estão presentes nos legumes e frutos secos.

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Relacionados

Beleza

Como emagrecer sem stress... ou ansiedade

Já pensou que é possível emagrecer sem stresses nem ansiedades ou aquela terrível sensação de culpa sempre que comete um deslize?

Beleza

Dieta de Okinawa: o segredo para viver mais anos

O segredo da longevidade dos habitantes da ilha japonesa de Okinawa está no prato. Saiba em que pilares assenta a sua alimentação e como pode também beneficiar desta dieta saudável.

Beleza

10 mandamentos para comer bem e viver mais anos

Regras à mesa para viver até aos 100, apresentadas pelas autoras de ‘O Segredo de Okinawa’

Mais no portal

Moda

Mafalda Carvalho mostra os desfiles (e as emoções) do último dia de Portugal Fashion

Veja tudo o que aconteceu na Alfândega do Porto.

Lifestyle

A Pizzaria Luzzo é uma das pérolas da Graça

Da comida ao ambiente, tudo é pensado para proporcionar refeições (e momentos) super agradáveis.

Lifestyle

Esta câmara trendy foi concebida para tirar selfies

Ela permite tirar, imprimir e partilhar fotografias em movimento. Um sonho para a Geração Z.

Beleza

5 cortes de cabelo clássicos que nunca saem de moda

Em equipa que ganha não se mexe.

Moda

Bailarinas: como usar estes sapatos clássicos de formas contemporâneas

Inspire-se nestas estrelas das redes sociais para adicionar estes sapatos versáteis e elegantes aos seus próximos visuais de outono.

Saúde

Cuidados a ter com a saúde íntima feminina quando as temperaturas descem

Eis as dicas de um ginecologista e obstetra dos hábitos a adotar nesta altura do ano.

Comportamento

Advogada elege as 5 razões mais comuns para o divórcio

Curiosamente, a traição não é uma delas.

Moda

Be The Change: tecidos reciclados e produção responsável com o selo de qualidade Tezenis

Uma coleção de ‘underwear’ bonita, sustentável e mais amiga do ambiente.

Diz Quem Sabe

Pele sensível e pele sensibilizada: entenda as diferenças

E saiba quais os cuidados a ter.

Saúde

Como os cuidados para bebés podem aliar-se à sustentabilidade

Opções para os pais que procuram produtos que causem o menor impacto possível no meio ambiente.

Diz Quem Sabe

A dor crónica não é um problema individual – é um problema de saúde pública

Um artigo de opinião assinado por um grupo de especialistas da Escola de Medicina da Universidade do Minho, a propósito do Dia Nacional da Luta Contra a Dor (15 de outubro).