112094286.jpg

É normal o abrandamento da perda de peso quando se segue uma dieta. Afinal, os quilos em excesso não foram ganhos de um dia para o outro, mas sim ao longo de anos e anos, pelo que é natural que não se percam rapidamente. Se numa fase inicial, a dieta resulta melhor é porque o emagrecimento é mais acelerado, até porque há mais quilos para perder, seguindo-se um abrandamento – e é nesse altura que a pessoa se convence, erradamente, que não está a chegar ao objectivo. O segredo é não desistir da sua dieta e, para isso, há alguns conselhos que lhe podem ser úteis:

*Mantenha-se fiel à dieta. “Nesta fase é muito importante não desistir da dieta: a pessoa tem de estar consciente que, apesar de demorar mais tempo, o objectivo pode ser cumprido, pelo que deve continuar a obedecer ao regime prescrito”, reforça o endocrinologista.

*Combata o desejo de ver resultados da dieta.  Não vale a pena estar sempre a pensar no assunto e a pesar-se todos os dias. Faça-o apenas uma vez por semana. Lembre-se que está provado que, quanto mais depressa emagrece, mais rapidamente esses quilos regressam; sendo assim, as dietas em que o peso é perdido de forma gradual e sustentada são os que oferecem resultados mais sólidos.

*Aumente a actividade física. Se o seu organismo se adaptou ao menor número de calorias que passou a receber, é preciso dar-lhe uma ajuda extra, acelerando o metabolismo e permitindo-lhe queimar as calorias que sobram. Só perde peso conjugando um regime alimentar equilibrado com exercício físico e é chegado o momento de investir a sério neste último: se vai duas vezes por semana ao ginásio, passe a ir três, se faz caminhadas de meia hora, comece a andar durante mais dez minutos e, se usa o elevador, habitue-se às escadas.

*Faça testes de despitagem. Caso não tenha realizado exames médicos antes de iniciar a dieta, é possível que tenha chegado a altura de os fazer. Fale com o seu médico, dado que alguns problemas de saúde podem estar a dificultar-lhe a vida. Encontram-se nesta lista os distúrbios ao nível da glândula tiróide (hipotiroidismo) e da glândula supra-renal, que condicionam a tendência para uma não redução de peso. O mesmo se aplica à Síndrome do Ovário Policístico (SOP) ou aos medicamentos à base de cortisona.

*Controle os factores de stress. A ansiedade é causadora de um aumento da produção de cortisol que, por sua vez, ajuda a produzir maior quantidade de açúcar que se acumula no organismo sob a forma de gordura, o que é um factor que pode agir como um factor de contra regulação da perda de peso. Se até agora andou preocupada com o corpo, dê alguma atenção à mente e encontre maneiras de se acalmar: a prática de ioga, de tai-chi ou de meditação revelam-se ferramentas poderosas no combate ao stress.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Relacionados

Beleza

Oito mudanças alimentares para uma vida muito mais saudável

Com o objetivo de melhorar os hábitos alimentares e de vida nas famílias portuguesas surgiu um movimento que lhe propõe mudar de hábitos com oito passos muito simples!

Beleza

Mitos dos truques e dietas mágicas

Todos já ouviram falar sobre alguns pequenos truques e magias que se dizem eficazes na perda de peso rápida. Desconfiem! A Nutrição é uma ciência lógica, de causa-efeito, e o nosso corpo metaboliza e digere os alimentos como uma máquina com livro de instruções, por isso não há espaço para magias.

Beleza

Conheça a dieta de Catherine Middleton

Para manter o corpo elegante, Catherine Middleton, Duquesa de Cambridge, segue a dieta da mãe

Beleza

4 alimentos que nos ajudam a ficar sem fome durante mais tempo

Existem alimentos que lhe transmitem uma sensação de saciedade rapidamente, mas que cinco depois a deixam cheia de fome, enquanto que outros são seus ‘amigos’. Além de serem igualmente deliciosos, permitem com que a sensação de ‘buraquinho no estômago’ não seja uma constante.

Beleza

Sabe onde foi parar a sua última refeição?

Segundo os cálculos do Dr. M.Jenson, professor de endocrinologia e metabolismo da Clínica Mayo, nos E.U.A., as calorias que ingerimos são distribuídas da seguinte forma...

Mais no portal

Lifestyle

Sem gordura ou lactose e com 25g de proteína: eis as novidades Mimosa

A marca renovou a gama Proteína. Conheça as novidades!

Beleza

5 dicas para prevenir o acne na idade adulta

Não deixe que as borbulhas se tornem um problema.

Celebridades

Quatro meses após ser pai, Jason Derulo separa-se da namorada

O artista estaria numa relação com Jena Frumes desde março de 2020.

Saúde

Estes alimentos são ricos em vitamina C

Inclua-os na sua dieta.

Saúde

Covid-19: o que muda a partir de 1 de outubro?

Conheça as novas medidas.

Moda

Natura lança coleção de outono/ inverno

Fique a par das novidades.

Comportamento

Homens têm 16% mais tendência que as mulheres a achar a traição aceitável

Revela um estudo da BBC.

Lifestyle

Quando a paixão pela cozinha e pela preservação do meio ambiente se unem... isto é o que acontece

Conheça a história por detrás da IBAU!

Moda

As 12 peças de vestuário Parfois que vai querer usar este outono

Desde coletes a casacos.

Saúde

7 sinais físicos que indicam que está mais stressado do que pensa

Esteja atento ao que o seu corpo lhe diz.

Moda

Carolina Patrocínio mostra as peças da nova Puma Studio Collection

Peças pensadas para total liberdade de movimentos e que podem ser conjugadas entre si.

Moda

Ponchos em burel: tradição e design de mãos dadas para este outono

Os ponchos (165€) reavivam padrões clássicos com cores esbatidas, tons terra e outros mais coloridos para animar os dias mais cinzentos.