melhorar vida.JPG

1. ACORDE MAIS CEDO

Sabemos que a simples ideia dói, principalmente se é mais mocho do que cotovia. Mas antes de virar esta página, experimente fazer as contas: caso acordasse uma hora mais cedo, como é que a gastava? Podia usá-la para fazer ioga ou tai-chi, tomar o pequeno-almoço enquanto lê o jornal, preparar o almoço em casa ou despachar umas tarefas domésticas que deixa para o fim do dia, quando já está completamente estourada! Por isso, não desista antes de tentar: o segredo é avançar devagarinho. De início, acorde dez minutos mais cedo, depois quinze e assim sucessivamente. Outro aspecto essencial: mantenha o despertador fora do seu alcance, para evitar dar-lhe dar um murro e virar-se para o outro lado, continuando a dormir.

Se lhe custa saltar da cama num ápice, experimente, ainda deitada, fazer uns exercícios de alongamento: estique as pernas, leve-as até ao peito, depois, solte os braços por cima da cabeça e espreguice-se, enquanto mentalmente começa a ‘construir’ o seu dia. Para a ajudar, nada como a luz natural: é proíbido cerrar os estores e as cortinas como se estivesse num bunker.

2.TRABALHO É APENAS TRABALHO

Não o leve para casa

E isso tem duas interpretações: a literal, ou seja, não deve levar mesmo qualquer trabalho para fazer em casa, e a metafórica, ou seja, está proibida de levar problemas de trabalho para casa. Está irritada quando sai da empresa ao final do dia? Escolha o caminho mais longo, oiça música enquanto conduz, estabeleça mentalmente o seu plano de acção para o dia seguinte e, de seguida, desligue o botão, começando a concentrar-se no que vai fazer quando chegar a casa. Se, mesmo assim, precisa de falar no assunto, combine com o seu companheiro que têm quinze minutos por dia para ‘despejarem o saco’ e acabou! Há coisas bem mais relaxantes para fazer do que jantar com o seu chefe!

3.AUMENTE O SEU NÍVEL DE ENERGIA… mexendo-se mais

Deita-se cansada, acorda cansada e passa o dia cansada? Para aumentar o seu nível de energia são essenciais três passos: dormir pelo menos sete horas por dia (o que implica não ficar a dormitar no sofá e estabelecer um horário de sono), seguir uma alimentação equilibrada (evite a fast-food!) e praticar exercício.
Este é o busílis da questão: geralmente, a desculpa para não fazermos exercício é o facto de andarmos cansadas. Ora, é exactamente o contrário: andamos cansadas porque não nos mexemos. Este dado foi comprovado por um estudo da Universidade de Georgia, nos Estados Unidos, segundo o qual o exercício físico regular aumenta os níveis de energia e reduz a fadiga, enquanto a sua ausência nos torna letárgicos. E basta uma caminhada de dez minutos diários para começar a sentir a diferença.
 

4.TIRE O MÁXIMO PROVEITO DA HORA DE ALMOÇO … pensando em si

 

Temos tendência para não a apreciar, mas na verdade esta hora deve ser encarada como uma oportunidade de fazermos actividades que nos dão bem-estar. Não tem tempo para estar com aquela velha amiga? Marquem um almoço. Anda desejosa de comprar um casaco novo? Aproveite e dê um salto ao centro comercial mais próximo. Está um dia lindo? Vá até ao parque e usufrua do sol, levando um livro na male. Se puder, adiante ou atrase a hora seu almoço para evitar a altura de maior confusão. E nada de levar o PC ou de comer à secretária.


5.USE O DINHEIRO PARA COMPRAR FELICIDADE

 

Sem problemas de consciência

Pensa que o seu dinheiro está a ser mal empregue quando tem a tentação de comprar o DVD com a terceira temporada do House, o álbum novo da PJ Harvey ou uma mala de marca? Acredita que é um desperdício usá-lo para surprender o seu companheiro com um jantar num restaurante romântico? Anda há séculos a adiar a viagem ao México com medo que o dinheiro lhe faça falta porque ‘pode acontecer alguma coisa…’. E assim faz as suas escolhas: apenas com base no dever, nunca no prazer. Acha que isso é qualidade de vida? É verdade que temos contas para pagar, mas se limitarmos o nosso quotidiano às obrigações, estamos a tirar a cereja de cima do bolo. De vez em quando, perca a cabeça! Ou nunca ouviu dizer que a vida é para se viver?

6.DESTINGA O ACESSÓRIO DO ESSENCIAL e some minutos

 

Tem uma série infindável de assuntos a tratar todas as manhãs: ir ao banco, aos correios, ao supermercado, comprar a prenda para o aniversário do seu filho… Simplifique. Para começar, a Internet está aí para ajudá-la: desde aceder ao seu banco, até fazer todo o tipo de compras online, é tempo e trabalho que poupa e mais tempo livre que fica. Além disso, já ouviu falar de divisão de tarefas? Se a sua agenda está demasiado sobrecarregada, passe algumas das responsabililidades para o seu marido.
 

7.NÃO DIGA SIM A TUDO

Aprenda a ser ‘egoísta’

Por que é que a palavra ‘não’ é tão difícil de dizer? Os especialistas afirmam que isso se relaciona com uma baixa auto-estima: mais ou menos conscientemente, acreditamos que, caso neguemos um compromisso ou um pedido, estamos a afastar terceiros ou a desiludi-los, sentindo-nos culpadas, envergonhadas ou egoístas. Dizemos ‘sim’ pois acreditamos que só assim estamos à altura das expectativas dos outros, mesmo que isso prejudique seriamente a nossa vida. O que acontece é que há sempre uma parte de nós que se acha usada e acumula raiva e frustração. Dizer ‘não’ não tem de ser desagradável e é a única maneira de não sermos submersos por compromissos: diga ‘desculpa, mas hoje não posso’ ou ‘não é possível ajudar-te, terá de ficar para uma próxima oportunidade’, sempre com um sorriso e resistindo a dar justificações.

8.A VIDA NÃO É UMA NOVELA

Mantenha a calma

Vemos demasiada televisão e às vezes esquecemo-nos que a vida real é um bocadinho diferente. Não dramatize as situações, não tire conclusões apressadas nem sofra antes de tempo. Uma crítica no trabalho não significa que vai ser despedida, uma discussão com o seu namorado não implica o final da relação, uma batidela com o carro não é sinal de bancarrota. Se a cada um destes acontecimentos responder com uma hecatombe emocional, está apenas a sofrer em vão, a submeter o seu coração a um desgaste desnecessário e a criar mais rugas na pele.


9.CHEGA DE REGRAS

Liberte-se de medos

Já chegam aquelas com que somos obrigadas a lidar, como o excesso de velocidade, a proibição de fumar ou as multas no clube de vídeo. Para quê andar sempre a repetir frases como ‘não posso’, ‘não devo’, ‘é certo’, ‘é errado’. Quando disser alguma coisa como ‘não devo combinar o irmão da minha melhor amiga para sair’, pare! Questione-se de onde é que saiu este ‘não devo’. Prejudica alguém ou a si mesma? Na maior parte do tempo tratam-se de respostas mecânicas que nos tolhem os movimentos e a capacidade de acção, aprendidas quando éramos pequenas ou motivadas pelo medo.

10.PASSE MAIS TEMPO NA NET

e diminua o stresse

Apenas 49% das mulheres das mulheres europeias gastam mais de uma hora por dia a fazer o que gostam, incluindo no fim-de-semana: este é um dos resultados do estudo ‘Quality Me Time”, comissariado pela HP, que quis averiguar, por essa Europa fora, o que é que nós fazíamos com o nosso tempo. Os resultados não são animadores: apenas gastamos sete horas por semana a fazer actividades que nos dão prazer e apenas 11% de nós afirma ter uma vida equilibrada. O resultado é o aumento do cansaço, depressão e irritabilidade. Termos tempos para nós é a chave de uma vida saudável e, para isso, contribui em muito ‘navergarmos’ pela Internet. O estudo revelou que não apenas reduz o stresse ao diminuir o nosso ritmo cardíaco, como ajudar a ginasticar o cérebro, diminuindo o tempo de reacção a problemas de lógica. E isto implica apenas dez minutos por dia a ver o nosso mail pessoal, a visitar as páginas e os blogs de amigos e a fazer download de imagens e vídeos de familiares e amigos.





Assine uma destas revistas e escolha um presente grátis. Estadas em hotéis, produtos de beleza e muitos outros. Aproveite. Assine aqui

Mais no portal

Beleza

Meghan remove a maquilhagem com estas toalhitas acessíveis

E amigas do ambiente - muito ao estilo da duquesa de Sussex.

Moda

Este vestido Zara não deixa ninguém indiferente

E é da cor do momento!

Moda

7 combinações de cores a experimentar em 2022

Inspire-se nestes "looks" que encontrámos nas redes sociais

É só uma sugestão

Contra: refeições deliciosas num espaço icónico em Lisboa

Localizado nas Docas de Santo Amaro, na capital, garante momentos saborosos à beira-rio.

Saúde

Covid-19: Mesmo com teste negativo, evite sair de casa se tem este sintoma

Parece ser bastante comum na variante Ómicron.

Comportamento

A explicação simples para não sentimos atração por parentes próximos

Como, por exemplo, irmãos ou primos.

Saúde

10 segredos simples para emagrecer rápido

Adote estes hábitos que aceleram o processo sem prejudicar a saúde.

Moda

Esta peça básica é a "cola" de todos os visuais de inverno

Provavelmente já a tem no guarda-roupa.

Comportamento

4 dicas práticas para aumentar a autoestima

De acordo com uma escritora, consultora e especialista na interseção de felicidade e tecnologia.

Comportamento

Diferenças comuns que podem colocar a sua relação em perigo

De acordo com uma psicóloga.

#VozActiva

Helena Isabel: "As pessoas podem ser bonitas de diferentes maneiras e em qualquer idade"

No #vozactiva deste mês, a protagonista de capa da nossa edição de fevereiro (nas bancas) fala da relação entre a beleza e a idade.

Comportamento

O tamanho não importa, mas há uma coisa que as mulheres valorizam bastante

De acordo com diferentes estudos sobre o assunto.