Pessoas que não adoecem.jpg

Não fumam, não fumam, não fumam 
Pronto, estava mesmo à espera disto, não é? Ai não passe já à próxima! Isto não é uma tentativa de conversação, é só um facto. Não vamos repetir que fumar mata. O problema é que, enquanto não mata de vez, vai matando dia a dia: o tabaco enfraquece o sistema imunitário, reduzindo os anticorpos e as células que nos protegem. “Os químicos do tabaco viajam pelo sangue até aos órgãos, diminuindo a sua resposta imunitária”, explica o site livestrong.com. “Os fumadores estão mais expostos 
a doenças, e não recuperam tão bem como os não fumadores.”

Vão ao ginásio
Alínea óbvia n.º 2? Talvez (e ainda não chegámos às frutas e vegetais), mas a verdade é que o exercício continua imbatível por uma razão simples: o sistema imunológico reage ao esforço do exercício. É como se fizéssemos um ‘reboot’. As células que nos protegem circulam mais rapidamente e matam mais eficazmente bactérias e vírus. 
E sim, quando o exercício acaba, o ‘reboot’ também acaba. Mas logicamente “quando se faz exercício todos os dias, ou quase todos os dias, cria-se um efeito cumulativo que leva a uma atividade imunológica de longo termo”, explica o cardiologista americano David Nieman no site sportsmedicine.about.com. Mas atenção, não vá com muita sede à passadeira, porque se se estafar demasiado vai ter o efeito oposto: um sistema imunológico também ele estoirado… Mas relaxe, que é preciso mais de 90 minutos de atividade intensa (e atividade intensa não é ver o ‘Masterchef’…)

Tomam duche frio…
Ahh! Finalmente uma coisa original! Se já está a dizer “Ai valha-me Deus, prefiro ficar doente!”, saiba que é, mais uma vez, uma questão de hábito… “A água gelada reduz o número de infeções e melhora a resposta imunológica, fortalecendo os contra-ataques do organismo contra invasores”, afirma o médico Gene Stone no bestseller ‘Os Segredos das Pessoas que Nunca Ficam Doentes’. Pronto, tem escapatória da tortura do gelo se tiver problemas cardíacos. 

… Mas agasalham-se
Segundo a acupuntura, o vírus da gripe entra através de dois pontos localizados atrás das orelhas: ou seja, os mais expostos a quem não veste camisola ou cachecol. Se está frio, as pessoas que não ficam doentes, logicamente, vestem um bom casaco e protegem a zona do peito e pescoço – um decote pode ser muito sexy, mas não vale a pena morrer pela moda. Curiosamente, não têm ar condicionado, que potencia
a propagação de vírus… 

Comem alimentos bio
Estamos tão rodeados de poluentes que, quando puder, evite o que puder evitar. Tente comer alimentos bio sobretudo no que respeita à carne, leite, ovos e produtos hortícolas. Se não puder comer apenas fruta e legumes biológicos, substitua pelo menos os produtos mais contaminados: maçã, aipo, morango, pêssego, espinafres e tomate.

Passeiam ao ar livre
Ai, mas estou aqui tão bem em casa, vou-me cansar para quê? Primeiro porque fomos feitos para nos cansarmos, e depois porque fomos feitos para nos cansarmos ao ar livre… Não só um passeio fora de portas nos liberta de todas as toxinas que circulam no espaço fechado, como pode mesmo ativar a sua imunidade. A luz do sol mata bactérias, faz baixar o colesterol, torna a vitamina D acessível aos ossos e ao sistema imunitário, é um antidepressivo natural (tal como o exercício) e torna o organismo mais resistente. Toda a gente sabe que não convém abusar, mas muita gente cai no extremo oposto e vive no medo dos UV. Ah, e areje bem a casa, para combater os tóxicos que se libertam dos móveis, das alcatifas e dos produtos de limpeza. 

Evitam excessos
É a arma mais simples e mais básica de todo o nosso equilíbrio: precisamente, evitar desequilíbrios, seja 
de alimentação, de bebida ou de cansaço. Segundo afirmam todos os médicos, o nosso corpo é um organismo perfeito que não está feito para adoecer… a não ser que o obriguem. Ele só se defende em circunstâncias extremas: não é uma noite de copos nem uma corrente de ar que vão pô-la doente, mas se o fizer repetidamente o corpo quebra. Por isso, encontre o seu equilíbrio, aprenda a proteger-se e viva com alegria. 

Relacionados

Beleza

O Feitiço de Oz: tudo o que sempre quis saber sobre o Médico da América

Quando Dr. Oz, o ‘médico da América’ fala, o mundo ouve. Mas será que podemos confiar em tudo o que se diz no seu popular programa televisivo? Falámos com dois mediáticos médicos portugueses, que nos explicaram por que é que em Portugal o fenómeno nunca atingiria semelhantes proporções.

Beleza

Contraceção de emergência: menos eficaz em mulheres com excesso de peso?

Um estudo francês deu o alarme: a pílula contracetiva de emergência é menos eficaz em mulheres acima dos 75kg e pode nem funcionar, se o peso for superior a 80kg.

Beleza

Sintomas de depressão associados a doenças coronárias

Um estudo publicado no Jornal Europeu de Cardiologia Preventiva estabeleceu uma ligação entre os sintomas de depressão e o desenvolvimento da doença coronária.

Beleza

Nervosa? A culpa pode ser desse cupcake

Há cada vez mais estudos a mostrar que o que comemos influencia, e muito, o nosso comportamento. Ansiedade, depressão ou agressividade podem mesmo ser causadas ou agravadas por deficiências nutricionais.

Mais no portal

Comportamento

O fenómeno que promete afetar o início de novas relações num mundo pós-pandemia

A sigla assemelha-se a um palavrão e os especialistas estimam que poderá dificultar novos relacionamentos.

Beleza

Nem imagina o impacto que uma fronha pode ter na pele do rosto

Parece um detalhe inofensivo, mas pode fazer toda a diferença na condição da tez.

Finanças de A a Z

Animais domésticos: como cuidar bem deles e ainda poupar dinheiro

Este é o tema do novo episódio da rubrica Finanças de A a Z.

Saúde

Entenda a relação entre o stress e a queda de cabelo

Um estudo recente da Universidade de Harvard debruçou-se sobre o tema e, para além disso, encontrou uma substância que poderá estimular o crescimento dos fios.

Moda

5 'looks' perfeitos para um casamento intimista (mas de sonho)

A estilista Elsa Barreto regressa ao segmento nupcial.

Moda

Saiba como escolher (sempre) o modelo perfeito de calças de ganga

Com tantas opções no mercado, é fácil ficarmos confusas.

Moda

Estas cinco combinações de cores são a definição de luxo

Quer dar mais cor ao seu guarda-roupa? Então, inspire-se nestes visuais que encontram equilíbrio em apostas inesperadas.

Moda

Parfois: 10 artigos imperdíveis em promoção

Confira as sugestões que selecionámos.

Saúde

Um beijo, três consequências para a saúde oral

O Dia do Beijo celebra-se anualmente a 13 de abril, e Portugal não foge aos festejos. Aqui ficam três consequências (boas e más) deste gesto de carinho na saúde oral.

Body Shaper

A receita caseira que combate três grandes preocupações estéticas das mulheres

No novo episódio da rubrica Body Shaper, partilho uma massagem que ajuda a eliminar a celulite, a má circulação e a retenção de líquidos.