121202006.jpg

O velho adágio ‘somos o que comemos’ aplica-se também ao estado de espírito. São vários os alimentos que têm a capacidade de provocar alterações de humor, sono, excitação e até alucinações. O álcool e o café são dos mais conhecidos e a sabedoria popular há muito que aprendeu a usar o poder de uma chávena de leite quente ou de um chá de cidreira para acalmar.

Não admira, por isso, que regimes de emagrecimento exagerados dêem cabo do humor. E não é só porque ‘comer como um passarinho’ arrasa a paciência de qualquer um, a privação de certos nutrientes influencia mesmo o estado de espírito e pode até favorecer a depressão.

NÃO FIQUE COM OS NERVOS EM FRANJA

O efeito da alimentação no ânimo está ligado à acção dos neurotransmissores, substâncias químicas produzidas pelo cérebro. As mais importantes são a serotonina, que tem efeitos calmantes e induz à sonolência, a norepinefrina, que dá energia e ajuda à concentração, e as endorfinas, que proporcionam uma sensação de bem-estar e euforia. Já sabe, faça dieta, mas certifique-se de que ingere alimentos que potenciam a acção destas substâncias, para não ficar com os nervos em franja. Veja a seguir onde poderá encontrá-las:

* SEROTONINA – ABENÇOADO ACÚCAR

A produção de serotonina está associada à sensação de bem-estar. Os níveis produzidos pelo nosso organismo variam e são mais baixos no período da tarde e no Inverno, o que explica a depressão sazonal que afecta muitas pessoas nos meses mais frios do ano. Na mulher, os níveis de serotonina diminuem na última semana do ciclo menstrual.

Uma vez que a ingestão de hidratos de carbono aumenta os níveis de serotonina, não deve eliminá-los completamente da sua dieta em nome da diminuição de calorias. O preço a pagar pode ser alto: irritabilidade e má disposição.

Nem todos os hidratos de carbono têm o mesmo efeito. Aqueles que se encontram na fruta, por exemplo, não possuem essa capacidade mágica de melhorar o humor. Não é por acaso que quando está deprimida ataca muito mais facilmente o resto do gelado que está no congelador do que as maçãs da fruteira. Mas há que não exagerar no açúcar.

São fonte de hidratos de carbono o pão, os cereais, os biscoitos, as massas tudo integral, o arroz integral e selvagem e o chocolate amargo (muito cuidado com os excessos!). Agora também não aproveite a desculpa do humor para se encher de pão ou de esparguete a toda a hora… Não se esqueça de que está em dieta.

* NOREPINEFRINA – AS PROTEÍNAS DA FELICIDADE

Os alimentos proteicos são ricos num aminoácido chamado tirosina, que aumenta a produção de norepinefrina. Este químico cerebral estimula a capacidade mental e de reacção e o estado de alerta. Tenha isto em mente quando precisar de ficar a trabalhar até mais tarde, e ao jantar troque as massas por uma salada de frango ou de atum.

São fonte de tirosina os peixes, carnes magras, aves sem pele, ovos, leguminosas, nozes e castanhas, leite e iogurte desnatados, queijos magros e tofu.

* ENDORFINAS – O QUÍMICO DO PRAZER

As gorduras aumentam a produção de endorfinas, substâncias parecidas com a morfina e que transmitem sinais de prazer ao corpo, um fenómeno equivalente ao que sucede quando faz exercício físico.

Deve incluir no seu menu chocolate amargo (em pequenas porções e no final da refeição), frutos secos e azeite.

RESPEITE OS RITMOS DO SEU CORPO

O organismo não tem as mesmas necessidades calóricas durante todo o dia. No período da manhã, até cerca das 14h, a necessidade maior é de proteínas que sintetizem os neurotransmissores com funções estimulantes, responsáveis pelo ‘despertar’, como a noradrenalina. Depois do almoço, os hidratos de carbono começam a entrar em acção para, lentamente, preparar o organismo para o sono. Assim, será conveniente ingerir:

MANHÃ: produtos lácteos.
ALMOÇO: carne ou peixe.
NOITE: féculas (batatas, massas).
SEMPRE: vegetais e saladas frescas.

* DURMA BEM

Uma boa noite de descanso é fundamental para um bom estado de espírito. Para assegurar uma noite calma, ingira alguns hidratos de carbono ao jantar. Mas, atenção: não abuse dos doces em nome de umas boas horas de sono. Uma pequena porção de pão, arroz ou massa (sem molhos) é suficiente.

E saiba que: Não deve ingerir excitantes, como café, álcool ou tabaco, depois das 17h.
As proteínas são desaconselhadas ao jantar, pois aumentam a temperatura corporal e activam o estado de alerta.

* CHOCOLATE, SIM, MAS COM MODERAÇÃO

No chocolate, a combinação do açúcar e da gordura estimula a produção de serotonina e endorfinas. O relaxamento associado ao seu consumo tem também origem noutras substâncias, como a cafeína, a teobromina e a feniletilamina, ligada ao fabrico da norepinefrina. Não é preciso comer muito chocolate para obter o efeito desejado. Não exagere!

* LEVANTE A MORAL

Para tal, a sua dieta deve ser rica em vitaminas, sendo que as do complexo B são fundamentais para o equilíbrio do sistema nervoso.

VITAMINA B1 Como não a armazenamos, deverá ingeri-la todos os dias. Está presente em cereais integrais, gérmen de trigo e lentilhas.

VITAMINA B3 A sua falta provoca o cansaço. Aumente a ingestão de alimentos com proteínas animais (carne, peixe, produtos lácteos) ou vegetais (cereais e legumes).

VITAMINA B6 Uma das mais importantes, pois permite a transformação do triptofano em serotonina, o neurotransmissor que regula o humor. Também alivia os sintomas pré-menstruais, pois ajuda a decompor os estrogénios no fígado. Para evitar carências, coma carne, peixe e espinafres com regularidade e pão diariamente.

VITAMINA C Dá-lhe energia e tónus. Beba um sumo de laranja natural logo pela manhã e coma quivis ou morangos durante o dia.

ÁCIDO FÓLICO Contribui para a renovação dos glóbulos vermelhos e para a síntese dos neurotransmissores de alerta. Para assegurar a sua ingestão diária certifique-se de que inclui saladas e legumes no cardápio.

Siga-nos no Twitter!

Palavras-chave

Relacionados

Beleza

Dieta de Okinawa: o segredo para viver mais anos

O segredo da longevidade dos habitantes da ilha japonesa de Okinawa está no prato. Saiba em que pilares assenta a sua alimentação e como pode também beneficiar desta dieta saudável.

Beleza

Como deve alimentar-se na gravidez

É comum a mulher grávida sentir desejos por certos alimentos, mas há que ter bom senso para não cometer excessos e conseguir manter o peso certo durante os nove meses

Mais no portal

Moda

Fomos espreitar as propostas da Primark e estes são os nossos 10 acessórios preferidos

Os acessórios must-have para os dias de calor

Moda

Quem disse que não há lugar para fatos num armário de primavera?

Dos tons neutros aos mais vibrantes; das silhuetas justas às oversized, é impossível resistir a estes 10 conjuntos coordenados.

Beleza

Cabelos: três tendências inspiradas nas Deusas do Olimpo

Confira as sugestões Jean Louis David.

Lifestyle

Aos fins de semana, há 'brunch' na Doca de Santo

Com vista para o Tejo.

Moda

Uns ténis para quem não tem medo de brilhar debaixo dos holofotes

Os novos ténis da marca Puma em colaboração com Dua Lipa

Celebridades

Harry aterra no Reino Unido sem Meghan e reencontra-se com o irmão

A propósito do funeral do avô, Philip.

Moda

Estas cinco combinações de cores são a definição de luxo

Quer dar mais cor ao seu guarda-roupa? Então, inspire-se nestes visuais que encontram equilíbrio em apostas inesperadas.

Moda

Parfois: 10 artigos imperdíveis em promoção

Confira as sugestões que selecionámos.

Saúde

Um beijo, três consequências para a saúde oral

O Dia do Beijo celebra-se anualmente a 13 de abril, e Portugal não foge aos festejos. Aqui ficam três consequências (boas e más) deste gesto de carinho na saúde oral.

Body Shaper

A receita caseira que combate três grandes preocupações estéticas das mulheres

No novo episódio da rubrica Body Shaper, partilho uma massagem que ajuda a eliminar a celulite, a má circulação e a retenção de líquidos.

Saúde

CDC declara racismo ameaça à saúde pública

A agência americana focou-se no impacto deste a nível físico e emocional.