@lateciat

Com o uso obrigatório da máscara, a pele do nosso rosto pode ficar mais sensível e até sofrer algumas alterações desagradáveis – este fenómeno é conhecido como “Maskne”, a junção das palavras “mask” (máscara, em inglês) e “acne”.

A utilização da máscara tornou-se essencial no nosso dia-a-dia, mas acarreta também alguns problemas: devido à falta de oxigenação e da fricção constante contra a pele, pode gerar algum desconforto e potenciar o aparecimento de borbulhas e pontos negros. A presença constante do equipamento de proteção acaba por aumentar o risco de infeção devido a bactérias, fazendo com que os poros fiquem entupidos e, consequentemente, apareçam mais borbulhas.

É também sabido que o Maskne afeta mais um tipo de peles que outras; por exemplo, é mais comum em peles que sofrem de rosácea ou são mais oleosas, pois estas precisam de respirar mais do que uma pele seca e vão acusar mais a falta de oxigenação. Nada disto é positivo, mas não podemos simplesmente deixar de usar a máscara, que é agora mais importante do que nunca. Assim, temos de encontrar soluções que nos permitam evitar ou combater desde logo estes problemas.

A Mifarma, empresa líder na venda online de produtos de farmácia e parafarmácia, partilha cuidados para prevenir a acne causada pelo uso de máscaras e, também, como pode combatê-la.

Como evitar o Maskne?

Segundo os especialistas da Mifarma, pode ser tão simples quanto passar a utilizar máscaras FFP2 ou máscaras de utilização única – muitas pessoas não lavam as máscaras reutilizáveis com a frequência desejada, o que se torna contraproducente e acaba por favorecer o Maskne.

Se esse não for o seu caso, deve adotar uma rotina facial adequada, capaz de combater e controlar a condição eficazmente, como esta:

  • Limpar a pele de manhã e à noite com produtos específicos que ajudam a reduzir a proliferação de bactérias e que não sejam agressivos para a pele. Um bom exemplo é o gel de limpeza purificante da Skinfy, que contém árvore-do-chá, ácido salicílico e complexo de microalgas para limpar profundamente a pele e remover o excesso de oleosidade;
  • Utilizar um sérum para melhorar a aparência da pele. Em função do grau de acne que tenha, será ideal utilizá-lo de manhã e à noite, ou simplesmente à noite. A pele deverá estar sempre limpa e seca. A plataforma propõe o sérum corretor da Skinfy, que combina alfa hidroxiácidos com ácido hialurónico para corrigir e controlar o aparecimento de imperfeições como espinhas, poros dilatados, pontos negros e manchas;
  • Depois do sérum, utilizar um creme hidratante leve, para completar a rotina com um efeito oxigenante sobre a pele. A gama Lierac hydragenist é perfeita para este efeito e serve todos os tipos de pele: o creme atua eficazmente nas peles secas e muito secas, enquanto o gel-creme é o perfeito hidratante matificante para peles normais a mistas.

Finalmente, os especialistas da Mifarma recomendam que utilize maquilhagem não-comedogénica e deixe a sua pele respirar livre de produtos, sempre que possível.

Palavras-chave

Relacionados

Beleza

Slugging. Mais uma tendência de beleza que a K-Beauty nos emprestou

Se tem a pele seca e não consegue hidratá-la por nada, esta técnica coreana é capaz de ajudar.

Beleza

O que deve mudar na maquilhagem para o frio? O bê-á-bá em cinco passos

Para além das roupas, a maquilhagem também deve mudar quando chega o frio.

Beleza

Afinal, qual é a diferença entre linhas de expressão e rugas?

Com o passar do tempo, é inevitável que comecem a aparecer os primeiros sinais do envelhecimento.

Mais no portal

Imagem de Sucesso

As regras de estilo para escolher "looks" mais frescos sem descurar a elegância

Este é o tema do novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso.

Diz Quem Sabe

Ervilha amarela: uma nova alternativa aos alimentos de origem animal?

Um artigo de opinião assinado pela nutricionista Ana Leonor Perdigão.

Diz Quem Sabe

Tudo o que precisa de saber sobre a reabilitação oncológica

Um artigo de opinião assinado pelo médico Énio Pestana, do Hospital CUF Cascais, sobre este tipo de cuidados.

Saúde

Podcast: Sandra Gomes Silva responde às nossas questões sobre vegetarianismo

Os prós e os contras de um tipo de alimentação que leva em conta preocupações éticas e ambientais. Afinal, precisamos mesmo da carne para sermos saudáveis?

Saúde

O vegetarianismo melhora a vida sexual? Eis o que diz a Ciência

Não podemos subestimar o poder de uma dieta à base de plantas.

Mulheres Inspiradoras

Tem mesmo de conhecer estas ambientalistas portuguesas

Aqui ficam alguns exemplos de mulheres que renovam diariamente o compromisso de conservação e preservação ambiental.

Beleza

Conheça as grandes vantagens dos champôs sólidos

Preparámos também uma lista de produtos que pode incluir na sua rotina de cuidados capilares.

Nas Bancas

Como salvar as suas plantas

Na ACTIVA Verde, já em banca, os conselhos para escolher e cuidar das suas plantas.

Nas Bancas

Este casal mostra-nos como é viver "fora da rede"

Uma casa de madeira foi o início da mudança.

Nas Bancas

Receitas (de chef): desperdício zero

Sabia que está a deitar fora uma das melhores partes dos seus legumes?

Comportamento

A sustentabilidade chegou ao sexo

Conheça quatro formas de ajudar a salvar o planeta entre quatro paredes.