@greceghanem

Se investiu no melhor produto antienvelhecimento no mercado mas ainda sente que parece mais velha do que devia, o seu cabelo pode estar a precisar de uma atualização.

Apesar de não haver nada – e frisamos: nada – de errado com envelhecer, os cabeleireiros profissionais têm alguns truques que pode usar a seu favor, se quiser.

Conheça-os abaixo.

O seu corte é demasiado curto

“Se o cabelo for saudável e farto, não há motivo para fazer um corte conservador na tentativa de torná-lo mais apropriado para a sua idade,” diz Thom Priano, cofundador da linha de cuidados capilares R+Co, à revista O, The Oprah Magazine. No entanto, se quer ter o cabelo curto, mantenha-o ligeiramente ‘desgrenhado’. Vai parecer mais moderna, e a manutenção será mais fácil sem a retidão das pontas.

Tem o cabelo demasiado comprido

O comprimento excessivo pode dar um ar pesado ao cabelo, bem como às suas feições – pense nele como o anti-lifting ao rosto, E é pior ainda se for cabelo longo, com um risco ao meio e sem forma. Para manter o comprimento, considere um lob com camadas, que fique mesmo abaixo da clavícula, sugere Paul Labrecque, dos salões de cabeleireiro homónimos em Nova Iorque. “As formas assimétricas e não perfeitas deviam a atenção das rugas,” acrescenta.

Tem medo de clarear…

O facto de estar a agarrar-se aos seus cabelos pretos pode estar a envelhecê-la. Um cabelo extremamente escuro num couro cabeludo claro torna o enfraquecimento mais visível. Além disso, lança sombras para a pele, portanto as rugas parecem mais pronunciadas, diz Gary Howse, diretor criativo dos salões Gary Manuel, em Seattle. Em vez disso, aposte numa coloração permanente ou em madeixas em torno do rosto que sejam dois ou três tons mais claras, aconselha a especialista Shraron Dorram.

E de escurecer

“O cabelo da mesma cor que a pele deixam-na deslavada,” diz Louis Licari, responsável pelas colorações de cabelo de celebridades e dono de salões de cabeleireiro em Nova Iorque e Beverly Hills. Um pouco de contraste pode dar um brilho saudável à pele. “Se for muito clara, aposte em tons ricos de caramelo, por exemplo,” acrescenta.

Não sabe lidar com cabelos grisalhos

Os cabelos grisalhos não têm necessariamente de deixá-la mais velha – desde que mantenha a cor vibrante. “Cabelos grisalhos amarelados são tão maus quanto dentes amarelados,” diz Howse. Evite-os ao usar produtos que contenham potenciadores de brilho e filtros UV. Em cabelos que sejam mais de 50% grisalhos, use um champô com subtons azuis ou violeta para neutralizar o amarelo. Se os tons amarelos persistirem, como acontece em cabelos 100% grisalhos, Howse recomenda pintar o cabelo de um tom claro de loiro para retirar esse fator.

Optou por um corte radical

Os cabeleireiros equiparam um corte ou cor radical a usar roupas demasiado trendy ou a exagerar na maquilhagem. “Veja fotos de celebridades da sua idade com um cabelo ótimo, como Halle Berry ou Susan Sarandon,” diz Howse. “E depois mostre as suas favoritas ao seu cabeleireiro.”

A franja representa outra forma de sair da rotina. “Normalmente, deixam a pessoa mais jovem,” comenta Howse, que sugere fazer um teste primeiro: ponha uma mão sobre a sua testa e veja-se ao espelho. Depois, retire-a. Como gosta mais de se ver?

Peça uma franja farta e não desfiada, e que chegue ao centro das suas sobrancelhas. Também pode optar por uma franja mais longa e lateral.

Palavras-chave

Relacionados

Beleza

Óleo de côco no cabelo? Esta é a forma como não o deve usar

Nem todos os tipos de cabelo requerem o uso deste produto.

Fora da Caixa

"Co-Wash". O que é e os motivos para incluí-lo nos cuidados com o cabelo natural

Se tem caracóis e o seu cabelo está sempre sedento, muito provavelmente, vai adorar os benefícios desta alternativa.

Fora da Caixa

Quebra vs Queda: entenda o que se passa com o seu cabelo

Sabia que perdemos, em média, até 100 fios de cabelo por dia?

Mais no portal

Imagem de Sucesso

As regras de estilo para escolher "looks" mais frescos sem descurar a elegância

Este é o tema do novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso.

Diz Quem Sabe

Ervilha amarela: uma nova alternativa aos alimentos de origem animal?

Um artigo de opinião assinado pela nutricionista Ana Leonor Perdigão.

Diz Quem Sabe

Tudo o que precisa de saber sobre a reabilitação oncológica

Um artigo de opinião assinado pelo médico Énio Pestana, do Hospital CUF Cascais, sobre este tipo de cuidados.

Saúde

Podcast: Sandra Gomes Silva responde às nossas questões sobre vegetarianismo

Os prós e os contras de um tipo de alimentação que leva em conta preocupações éticas e ambientais. Afinal, precisamos mesmo da carne para sermos saudáveis?

Saúde

O vegetarianismo melhora a vida sexual? Eis o que diz a Ciência

Não podemos subestimar o poder de uma dieta à base de plantas.

Mulheres Inspiradoras

Tem mesmo de conhecer estas ambientalistas portuguesas

Aqui ficam alguns exemplos de mulheres que renovam diariamente o compromisso de conservação e preservação ambiental.

Beleza

Conheça as grandes vantagens dos champôs sólidos

Preparámos também uma lista de produtos que pode incluir na sua rotina de cuidados capilares.

Nas Bancas

Como salvar as suas plantas

Na ACTIVA Verde, já em banca, os conselhos para escolher e cuidar das suas plantas.

Nas Bancas

Este casal mostra-nos como é viver "fora da rede"

Uma casa de madeira foi o início da mudança.

Nas Bancas

Receitas (de chef): desperdício zero

Sabia que está a deitar fora uma das melhores partes dos seus legumes?

Comportamento

A sustentabilidade chegou ao sexo

Conheça quatro formas de ajudar a salvar o planeta entre quatro paredes.