@yana.potter.art

A depilação em casa faz parte da rotina de beleza de muitas mulheres. E, uma vez que estamos na temporada do swimwear, recorrer às gillettes tornou-se um hábito diário que pode ter um impacto negativo no meio ambiente. Isto porque os aterros sanitários e cursos de água ficam entupidos e inundados com lâminas descartáveis e outros produtos concebidos para remover os pelos do corpo.

Contudo, existem formas de se depilar e ficar com a pele macia e sedosa enquanto produz menos desperdício. Aqui ficam algumas dicas para orientá-la e tornar o processo mais sustentável:

Opte por uma lâmina quadrada ou por uma safety razor

O nome das lâminas descartáveis já diz tudo: estes produtos rendem apenas algumas utilizações antes de serem deitados fora. As lâminas quadradas, por sua vez, representam um investimento. Elas são feitas de metal, permitem uma maior precisão e requerem menos trocas. Já as safety razors  também são um dispositivo de proteção para a pele, com uma protuberância embutida que atua como um amortecedor, proporcionando uma depilação rente. Pode usar estes aparelhos mais vezes do que os descartáveis e eles não contêm plástico, o que os torna muito melhores para o meio ambiente.

Troque para creme depilatório vegan ou natural

Os cremes depilatórios naturais são mais benéficos para o meio ambiente e, também, para a pele. Os produtos convencionais devem ser deixados de lado, especialmente se contiverem toxinas ou químicos nocivos e que possam poluir os nossos cursos de água como, por exemplo, propelentes de hidrocarbonetos butano e propano. Como alternativa, escolha um creme vegan – daqueles que não fazem espuma. Desta forma, poderá depilar-se enquanto protege a sua pele de possíveis irritações e descolorações. Além disso, a maioria destas opções contém vitaminas que nutrem a pele e combatem a inflamação.

Esqueça os esfoliantes com micro-esferas de plástico

Se a esfoliação é um passo que faz parte da sua rotina, sugerimos que opte por açúcar natural, em vez de produtos com microesferas esfoliantes de plástico. Essas esferas, eventualmente, vão parar aos nossos cursos de água e podem ainda causar pequenas lesões na pele, deixando-a exposta a bactérias.

Não exagere na depilação

 

A depilação em excesso pode causar irritação na pele. Dê um ou dois dias entre cada sessão a si mesma a si (e ao meio ambiente). Pode parecer um passo pequeno, mas, dessa forma, usará menos lâminas e ajudará o planeta ao produzir menos desperdício.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Mais no portal

Saúde

7 sinais físicos que indicam que está mais stressado do que pensa

Esteja atento ao que o seu corpo lhe diz.

É só uma sugestão

O meu antes e depois de usar a nova base da Make Up Factory

A coleção Light Weight promete uma aplicação leve, de acabamento luminoso e que se funde naturalmente com a nossa pele. E cumpre!

Saúde

A aparência das palmas das mãos pode indicar se tem cancro

Esteja atenta.

Celebridades

Médico legista afirma que Gabby Petito foi assassinada

As autoridades já confirmaram que o corpo encontrado pertence à blogger.

Lifestyle

Quer passar umas férias na casa de Winnie the Pooh?

Uma casa inspirada no Winnie the Pooh, da Disney, no Bosque dos Cem Acres, disponível no Airbnb

Moda

10 casacos para usar na próxima estação

Conheça estas sugestões de diferentes estilos.

Saúde

Os bebés devem ou não usar sapatos?

Veja a explicação de um ortopedista.

Celebridades

Morreu o ator que deu vida a Stanford Blatch, em "O Sexo e a Cidade"

Willie Garson tinha 57 anos.

Comportamento

Diferenças comuns que podem colocar a sua relação em perigo

De acordo com uma psicóloga.

Lifestyle

“Y: O Último Homem” estreia hoje no Disney+

Um drama de 10 episódios baseado na banda desenhada da DC Comics.