Ainda devem estar presentes na memória de muitas de nós os títulos sensacionalistas que invadiram a Internet quando Kim Kardashian recorreu a um tratamento estético que faz uso do nosso plasma para rejuvenescer o rosto. No convite ao clique, surgiram frases do estilo “Kim Kardashian injeta o seu próprio sangue na cara” e rapidamente esta técnica da medicina estética foi batizado como o “tratamento do vampiro” (em inglês soa melhor e ficou conhecida como ‘vampire facial’). Foi desta forma que o PRP (Plasma Rico em Plaquetas) começou a suscitar a atenção, o que é normal quando celebridades com milhões de seguidores experimentam seja o que for, mas com um lado menos bom: há sempre muita desinformação à mistura e perdem-se as respostas às questões que efetivamente importam. É seguro? Apresenta resultados? É mesmo o sangue que torna o nosso rosto vermelho durante e após o tratamento? E dói muito, muito, muito ou só um bocadinho?

Para tirarmos todas as dúvidas, nada melhor do que ir à ‘fonte’, ou seja, conversar com quem efetivamente percebe do assunto. Todas estas questões foram respondidas pelo médico de medicina estética Pedro Melo. Mas como um trabalho bem feito não fica completo se não for levado até ao fim, sim, experimentámos o PRP e dizemos-lhe como correu.

Entrevista feita, chegou a parte de experimentar, com um leve nervosismo à mistura. A parte do tirar sangue foi rápida e indolor – praticamente não senti a agulha, sendo que o meu truque nestas situações é sempre olhar para o outro lado. A aplicação de um creme anestesiante no rosto minutos antes de se iniciar a aplicação – enquanto o nosso sangue está literalmente na centrifugadora – revelou-se eficaz. De 0 a 10, o grau de desconforto foi um 3, (desconforto, não dor), sendo que como não parei de fazer perguntas durante o tempo todo também desviei a atenção do facto de que me estavam a fazer microperfurações  na pele.

No final da sessão, que não demorou mais de 30 minutos, estava mais do que curiosa para ver se a minha cara parecia mesmo a de um vampiro. Desilusão! Apenas apresentava uma ligeira vermelhidão na zona das maçãs do rosto, porém nada que pudesse chamar a atenção a terceiros – mas atenção, que aqui entra a reação de cada pele ao tratamento e há pessoas que podem efetivamente ficar com a pele mais vermelha nas horas seguintes à sessão. À medida que o efeito do creme anestesiante passou, e já fora do consultório, senti efetivamente a pele mais sensível e com ligeiro ardor, mas foi efeito de poucas horas. No dia seguinte já não estava vermelha, apenas a senti mais reativa, nomeadamente ao sol (que evitei, mas ao qual não consegui fugir enquanto conduzia). Decorridas 48 horas, retomei a rotina normal de skincare, sem esquecer o uso de protetor solar.

Realizei três sessões com intervalos de cerca de 4 semanas e, de facto, há um efeito visível a partir dos primeiros dias após a primeira sessão, que se vai consolidando com o passar das semanas. A pele ganha brilho, firmeza e perde aquele ar cansado e baço que vem com a idade, mas não só: das noites mal dormidas, do stress, da exposição ao sol e aos ecrãs. Dei por mim a sentir necessidade de usar menos base – na verdade, apenas um protetor solar de rosto com cor tornou-se bastante para a minha rotina diária – e senti um acréscimo de firmeza e brilho. Conclusão: Para quem procura tratamentos não invasivos para melhorar o aspeto geral da pele, esta é sem dúvida uma excelente opção. Ou seja: as celebridades estavam cheias de razão com tanto entusiasmo, mas nisto não podemos nunca esquecer: deve-se sempre confirmar com quem sabe do assunto.


Agradecimentos: Dr.Pedro Melo, ArtBeauty Clinic, Av. Fontes Pereira de Melo 31, 1050-117 Lisboa

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Velcro, uma ideia que colou

Velcro, uma ideia que colou

Livros: 7 novidades e um passatempo

Livros: 7 novidades e um passatempo

Em “Flor Sem Tempo”: Catarina impede que um incêndio destrua a quinta

Em “Flor Sem Tempo”: Catarina impede que um incêndio destrua a quinta

Iñaki Urdangarin deixa de ter guarda-costas

Iñaki Urdangarin deixa de ter guarda-costas

Em “Sangue Oculto”: Júlia alia-se a Vanda para encontrar Beni

Em “Sangue Oculto”: Júlia alia-se a Vanda para encontrar Beni

Cancro do ovário:

Cancro do ovário: "Eu aceitei muito bem, mas há quem sofra muito. Foram os meus filhos que me raparam o cabelo, com 10 e 15 anos"

Rita Ferro Rodrigues: “A minha maior extravagância é viajar com os meus filhos”

Rita Ferro Rodrigues: “A minha maior extravagância é viajar com os meus filhos”

Duas crianças assistidas no Hospital da Estefânia após incêndio receberam alta

Duas crianças assistidas no Hospital da Estefânia após incêndio receberam alta

Bacia do Barlavento algarvio continua com quantidade de água abaixo da média

Bacia do Barlavento algarvio continua com quantidade de água abaixo da média

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

Quem trabalha na televisão?

Quem trabalha na televisão?

VISÃO Se7e - Com as mãos na massa: A moda da cerâmica e os novos restaurantes italianos

VISÃO Se7e - Com as mãos na massa: A moda da cerâmica e os novos restaurantes italianos

Schiaparelli leva

Schiaparelli leva "O Inferno" de Dante à Semana da Alta Costura de Paris

APA diz que empresa tem 6 meses para reformular projeto da mina de lítio em Montalegre

APA diz que empresa tem 6 meses para reformular projeto da mina de lítio em Montalegre

Não contem comigo!

Não contem comigo!

"Achávamos que era uma relação saudável". Bárbara Branco sobre José Condessa

Shakespeare musical no Trindade

Shakespeare musical no Trindade

Letizia recupera vestido verde de estampado 'paisley' pela sexta vez

Letizia recupera vestido verde de estampado 'paisley' pela sexta vez

Leão (da Peugeot) cada vez mais verde

Leão (da Peugeot) cada vez mais verde

Uma vénia ao ovo

Uma vénia ao ovo

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

O fármaco que trata a hipertensão com potencial antienvelhecimento

O fármaco que trata a hipertensão com potencial antienvelhecimento

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

Ministro da Saúde garante que nenhuma maternidade vai ser fechada

Ministro da Saúde garante que nenhuma maternidade vai ser fechada

Vencedores dos passatempos da edição n.º 223

Vencedores dos passatempos da edição n.º 223

Grávida novamente, Laura Figueiredo comenta 'palpites' sobre o sexo do segundo filho

Grávida novamente, Laura Figueiredo comenta 'palpites' sobre o sexo do segundo filho

A coleção vibrante primavera-verão 2023 de Alexis Mabille desfila em Paris

A coleção vibrante primavera-verão 2023 de Alexis Mabille desfila em Paris

Sem-abrigo do Porto refugiados em tendas para fugir ao frio

Sem-abrigo do Porto refugiados em tendas para fugir ao frio

7 ideias para o primeiro fim de semana de fevereiro, no Porto

7 ideias para o primeiro fim de semana de fevereiro, no Porto

iServices lança campanha de reparações com o mote do dia de São Valentim

iServices lança campanha de reparações com o mote do dia de São Valentim

Cabaz de bens alimentares essenciais custa 30% do salário mínimo

Cabaz de bens alimentares essenciais custa 30% do salário mínimo

O imperativo da liderança para a cibersegurança

O imperativo da liderança para a cibersegurança

Intergift, em Espanha, abriu portas com Portugal bem representado

Intergift, em Espanha, abriu portas com Portugal bem representado

Fairly Normal: um pé no surf e outro na sala de reuniões

Fairly Normal: um pé no surf e outro na sala de reuniões

Como as fugas de informação estão a abalar operações policiais sensíveis

Como as fugas de informação estão a abalar operações policiais sensíveis

A vida longa da baronesa italiana amiga dos escritores

A vida longa da baronesa italiana amiga dos escritores

Vicaima antecipa as principais tendências para 2023

Vicaima antecipa as principais tendências para 2023

"Os Espíritos de Inisherin", de Martin McDonagh: O fim de uma amizade

Fevereiro na CARAS Decoração

Fevereiro na CARAS Decoração

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

Investigadores imprimem enxertos de pele em 3D

Investigadores imprimem enxertos de pele em 3D

Número de casas à venda em Portugal cai para mínimos de 15 anos

Número de casas à venda em Portugal cai para mínimos de 15 anos