@kkelloggxo

Se usa a mesma escova desde os tempos do liceu, temos más notícias: pode estar a prejudicar a saúde do seu cabelo. Porquê? A ferramenta é um criadouro de bactérias e caspa, que são continuamente reciclados em todo o couro cabeludo sempre que escova o cabelo. Isto pode causar irritação e, eventualmente, obstruir os folículos capilares, causando erupções cutâneas.

Como limpar uma escova

Provavelmente já remove todo o cabelo que fica acumulado na sua escova; mas também devia fazer uma limpeza profunda uma vez por mês. Para tal, basta remover todos os fios de cabelo das cerdas, submergir a escova num recipiente com água quente e algumas gotas de champô durante 20 ou 30 minutos (se ela for de plástico) e, por fim, deixá-la secar naturalmente.

No caso das escovas de madeira ou almofadadas, a melhor estratégia é evitar a submersão, porque estes materiais não suportam banhos frequentes. Em vez disso, aposte na higienização com recurso a um spray desinfetante e uma pequena escova de limpeza.

 

O momento certo para substituir

Se a sua escova estiver demasiado suja para ser limpa, com a almofada muito mole ou rachada, ou tiver cerdas em falta, isso significa que está na hora de trocá-la por uma nova. “Sugiro substituir a sua escova a cada 6-12 meses, especialmente se for uma escova de borracha ou plástico”, diz a vlogger de beleza Dawn Clemens ao site Byrdie, acrescentando que os utensílios com cerdas de javali devem ser substituídos a cada seis meses.

Dito isso, o prazo de validade de uma escova depende da qualidade do objeto, do tipo e textura do cabelo e dos produtos que são aplicados nos fios. Como tal, devido aos vários fatores que entram em jogo, não existe um número mágico. O melhor é estar atenta aos sinais acima mencionados ou, se não tiver a certeza, substituí-la uma vez por ano. 

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Mais no portal