Getty

Uma especialista explica o que são os cosméticos probióticos e o que podem realmente fazer pela sua pele. 

Dada a importância do microbioma da nossa pele, ele está na mira da cosmética. Mas ainda há muita confusão nesta área, por isso pedimos a Joana Nobre, farmacêutica, cosmetologista e especialista em dermocosmética, que nos ajudasse a separar as ideias falsas das verdades científicas.

Para percebermos a ação destes cosméticos, temos de perceber primeiro o que é o microbioma. Este termo abrange a microbiota (a flora que vive na nossa pele, composta por biliões de micro-organismos como bactérias, leveduras, fungos e vírus), os seus genomas e as suas condições de vida. Fomos educados a acreditar que todos os micróbios eram maus e deviam ser exterminados, mas os que colonizam naturalmente o nosso corpo e a nossa pele, e fazem parte dos nossos microbiomas, são um trunfo para a saúde. “Desequilíbrios na composição da microbiota cutânea estão associados a várias condições da pele, sejam patológicas, como eczema, acne, alergias ou caspa, ou não patológicas, como pele sensível, irritada, ou seca”, explica Joana Nobre. “Portanto, o desenvolvimento de abordagens que preservem ou restaurem o equilíbrio natural e individual da microbiota representa um novo alvo não apenas para dermatologistas, mas também para aplicações de cuidados com a pele.” Sabendo como os probióticos ajudam a manter a flora intestinal equilibrada e a reconstituí-la depois de um tratamento com antibióticos, é tentador pensar que podemos fazer o mesmo na flora cutânea e há cada vez mais cosméticos que se propõem fazê-lo. Mas como funcionam exatamente? Pedimos a Joana Nobre que esclarecesse as principais dúvidas nesta área.

PRÉ, PRÓ E POSBIÓTICOS SÃO A MESMA COISA?

“Do ponto de vista científico são 3 coisas completamente diferentes. Prebióticos são o alimento da nossa microbiota. A maioria são açúcares que encontramos nas frutas e nos vegetais, mas também o mel ou o leite, extratos de plantas e algumas águas termais ricas em minerais. Podem ter a capacidade de alterar a nossa microbiota, promovendo crescimento e atividade de determinados micro-organismos, evitando o desenvolvimento de outros, embora isto não esteja ainda cientificamente validado. Os probióticos são micro-organismos vivos, bactérias, fungos, capazes de repovoar a nossa microbiota. Os posbióticos são as moléculas segregadas pelos probióticos que os imitam e têm efeitos benéficos sobre eles. Um deles é o ácido lático.” Nos cosméticos, os pré e posbióticos podem ajudar a manter um microbioma equilibrado e saudável, mas em relação aos probióticos, como veremos mais à frente, a sua utilização não é tão linear.

UM MICROBIOMA DESEQUILIBRADO GERA PROBLEMAS DE PELE?

“Isto hoje é incontestável, diz Joana Nobre. “E em várias patologias: acne, psoríase, eczema, caspa… E até o envelhecimento cutâneo. Atualmente está-se a tentar arranjar uma forma de se acompanhar, com um aparelho, por exemplo, a microbiota que a pessoa tem em determinadas partes do rosto, do corpo ou do couro cabeludo para, consoante essa avaliação, conseguir antecipar a probabilidade de ela desenvolver determinadas patologias. Isto ainda não é possível, mas é um caminho de investigação muito interessante que encaixa naquela tendência da personalização. Algumas linhas de investigação apontam para podermos passar de cosméticos baseados em ingredientes ativos, que representam cerca de 3% das fórmulas, para cosméticos ecossistémicos, um conceito muito interessante. Está provado que pessoas com acne e psoríase têm uma alteração do microbioma da pele.”

OS COSMÉTICOS COM PROBIÓTICOS TÊM BACTÉRIAS VIVAS?

Não. “Os probióticos são micro-organismos vivos e não é legalmente possível incorporar organismos vivos inteiros num creme, como se faz no iogurte que mantemos no frigorífico. Devido a preocupações de segurança, espera-se que os produtos cosméticos tenham um baixo teor de micro-organismos”, explica a especialista. “Não é uma opção viável que contenham bactérias vivas, o que significa que não pode haver um cosmético que seja um verdadeiro probiótico. No entanto, podem conter componentes provenientes de probióticos que podem ser benéficos, frações como os lisados, fermentos ou extratos bacterianos, às vezes chamados de posbióticos. E são seguros, podem constituir uma fonte de prebióticos para a nossa pele que pode até ser interessante, mas não são verdadeiros probióticos porque não têm essa capacidade de colonizar a nossa pele, como acontece no caso do intestino. O que as marcas na realidade utilizam são pré ou posbióticos. Os tais lisados e fermentos, a que as marcas chamam probióticos, não o são.”

SÓ COM COSMÉTICOSPROBIÓTICOS PODEMOS PRESERVAR O MICROBIOMA DA PELE?

Não. Para Joana Nobre, o que devemos fazer é procurar usar cosméticos que respeitam a nossa microbiota, o nosso microbioma, e não forçosamente usar cosméticos que contenham estes pré ou posbióticos. “Até porque o real valor destes ingredientes não está absolutamente definido. E há muitas coisas que podemos fazer para preservar a nossa microbiota, como usar produtos de limpeza do rosto e lavagem do corpo que não sejam muito alcalinos, porque precisamos de ter um pH ácido na nossa pele para que a microbiota esteja bem, e evitar produtos que sejam demasiado detergentes, que lavem em demasia, porque isso também é nocivo. A temperatura da água também é muito importante, a água muito quente perturba verdadeiramente a flora da pele, isso também já está provado. Eu acredito mais nas ações de preservação da microbiota do que propriamente na utilização de cosméticos que tenham as moléculas na esperança de que vão ajudar, porque isso hoje em dia ainda não é assim tão evidente cientificamente. Ainda não se conseguiu provar com total certeza que a presença de pré ou probióticos sirva para repovoar uma população benéfica na pele. Por isso é tão importante a prevenção, as pessoas estarem conscientes do que não devem fazer para não alterar o que têm já de bom na pele, a flora comensal.”

ESTES INGREDIENTES ESTÃO INDICADOS NA EMBALAGEM?

Depende. Geralmente sim, porque é um atrativo de marketing muito relevante hoje em dia. Mas também conseguimos identificá-los na lista de ingredientes, onde aparecem como lisados, fermentos ou culturas sob designações como lysate, sphingomyelinase, lipotechoinsyre, peptidoglycan, lactic acid, acetic acid diacetyl, lactose, lactis proteinum, inulin, fructooligosaccharides, galactooligosaccharides, alpha-glucan oligosaccharide, lactulose, hyaluronic acid, sodium hyaluronate… entre outras.”

AS FÓRMULAS TÓPICAS SÃOMAIS EFICAZES PARA A PELE DO QUE OS SUPLEMENTOS?

Não necessariamente, diz Joana Nobre. “Claro que se a flora intestinal estiver saudável e equilibrada isso também acaba por se refletir na pele, está tudo ligado. Mas na cosmética ainda há muita coisa para validar, nomeadamente se estes produtos são absolutamente eficazes, se os suplementos alimentares que nós ingerimos, com pré, pró e posbióticos têm efeito na pele… Porque também há a questão dos ‘nutricosméticos’, que aliás é um conceito que não existe do ponto de vista regulamentar: ou é suplemento alimentar ou é cosmético, as marcas é que chamam a estes suplementos nutricosméticos…”

A COSMÉTICA PROBIÓTICA É SÓ UMA MODA?

Não acho que seja“, diz a especialista. “É um tema que tem estado a ser muito estudado na cosmética nos últimos anos, para além da indústria alimentar que já há décadas que estuda este assunto. Nos EUA, o mercado dos probióticos na cosmética está projetado para crescer numa taxa anual de 12% nos próximos 10 anos, é bastante e prova que não é uma moda. É um eixo de investigação muito importante. O nosso microbioma é como se fosse um segundo código genético que nós temos, porque cada um de nós tem uma microbiota diferente, inclusive nas várias zonas da pele e variando também ao longo da vida.”

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Manifestação no Campus de Justiça em solidariedade com ativistas em julgamento

Manifestação no Campus de Justiça em solidariedade com ativistas em julgamento

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1552

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1552

CORREÇÃO

CORREÇÃO "Casa aberta" disponível para vacinação de pessoas acima dos 60 anos

Primeiro contacto: Toyota bZ4X, o elétrico com garantia de um milhão de quilómetros para a bateria

Primeiro contacto: Toyota bZ4X, o elétrico com garantia de um milhão de quilómetros para a bateria

O morto inesperado

O morto inesperado

Volta a Portugal em design nos dois apartamentos da Santo Infante

Volta a Portugal em design nos dois apartamentos da Santo Infante

E ainda... Saramago

E ainda... Saramago

Recrie o look chique de Catarina Gouveia

Recrie o look chique de Catarina Gouveia

7 livros novos em bom português

7 livros novos em bom português

Isabel dos Santos, a foragida tranquila. Estará a empresária segura no Dubai?

Isabel dos Santos, a foragida tranquila. Estará a empresária segura no Dubai?

Tony Carreira lança tema inédito de Sara ao lado dos filhos

Tony Carreira lança tema inédito de Sara ao lado dos filhos

5 dicas para proteger a casa no Inverno

5 dicas para proteger a casa no Inverno

Quanto valem os dados que não usamos?

Quanto valem os dados que não usamos?

Cristiano Ronaldo: os primeiros passos para uma nova vida

Cristiano Ronaldo: os primeiros passos para uma nova vida

Lancia ‘renasce’ como marca 100% elétrica

Lancia ‘renasce’ como marca 100% elétrica

JL 1360

JL 1360

Príncipe Joaquim da Dinamarca vai mudar-se para os Estados Unidos

Príncipe Joaquim da Dinamarca vai mudar-se para os Estados Unidos

VISÃO Júnior de dezembro de 2022

VISÃO Júnior de dezembro de 2022

Telescópio capta evento que se assemelha a “tubo de pasta de dentes apertado no meio com toda a força”

Telescópio capta evento que se assemelha a “tubo de pasta de dentes apertado no meio com toda a força”

Fátima Lopes inaugura nova loja na Avenida da Liberdade, em Lisboa

Fátima Lopes inaugura nova loja na Avenida da Liberdade, em Lisboa

Seixo by Vasco Coelho Santos: Cozinha do dia a dia no novo restaurante do Douro

Seixo by Vasco Coelho Santos: Cozinha do dia a dia no novo restaurante do Douro

Girl Talk: este País não é para nós

Girl Talk: este País não é para nós

Eduardo Carpinteiro Albino e José Carlos Figueiredo vencem Campeonato de Portugal de Novas Energias

Eduardo Carpinteiro Albino e José Carlos Figueiredo vencem Campeonato de Portugal de Novas Energias

Joana Freitas restaura casa de banho preferida dos seguidores com Cinacryl

Joana Freitas restaura casa de banho preferida dos seguidores com Cinacryl

Atitude, arrojo e inovação: Recorde os

Atitude, arrojo e inovação: Recorde os "looks" de Letizia na entrega dos prémios Francisco Cerecedo

Marta Melro em lágrimas com mensagem de Vintém

Marta Melro em lágrimas com mensagem de Vintém

Agenda pais e filhos para dezembro

Agenda pais e filhos para dezembro

JL 1357

JL 1357

João de Carvalho internado de urgência com quadro de desorientação e perdas de memória

João de Carvalho internado de urgência com quadro de desorientação e perdas de memória

EXAME 464 - Dezembro de 2022

EXAME 464 - Dezembro de 2022

"Casa aberta" disponível para vacinação de pessoas acima dos 60 anos

Um Calendário do Advento cheio de ideias e presentes!

Um Calendário do Advento cheio de ideias e presentes!

Saiba como escolher a máquina de secar roupa

Saiba como escolher a máquina de secar roupa

Maria Botelho Moniz substitui Cristina Ferreira na TVI

Maria Botelho Moniz substitui Cristina Ferreira na TVI

Abra as portas ao Natal e vista a casa a rigor

Abra as portas ao Natal e vista a casa a rigor

Lancia ‘renasce’ como marca 100% elétrica

Lancia ‘renasce’ como marca 100% elétrica

Mortandade de bivalves na ria Formosa ameaça sustentabilidade da amêijoa

Mortandade de bivalves na ria Formosa ameaça sustentabilidade da amêijoa

A NATO nunca perderá

A NATO nunca perderá

Dança contemporânea entra em lares do Porto para combater solidão e sofrimentos

Dança contemporânea entra em lares do Porto para combater solidão e sofrimentos

Meteorito massivo esconde dois minerais nunca vistos na Terra

Meteorito massivo esconde dois minerais nunca vistos na Terra

Porque é que numa maratona se correm exatamente 42,195 quilómetros?

Porque é que numa maratona se correm exatamente 42,195 quilómetros?

Jardim Zoológico de Lisboa tem nova cria de veado-da-birmânia, uma espécie em perigo

Jardim Zoológico de Lisboa tem nova cria de veado-da-birmânia, uma espécie em perigo