109728252.jpg

Steve Jobs

Se o iPhone, o iPad, o iPod, o iMac e o iTunes fazem parte do nosso quotidiano, a responsabilidade é de um homem: Steve Jobs, o criador e CEO da Apple, que morreu ontem, dia 5 de outubro, aos 56 anos.

Segundo um comunicado da própria Apple, Steve Jobs morreu pacificamente, na companhia da família. É do conhecimento público que Steve lutava há já alguns anos contra um cancro hepático, que lhe foi diagnosticado em 2004. Na época, os médicos deram-lhe seis meses de vida. Steve não cruzou os braços, continuou a trabalhar e viveu mais sete anos, período em que a sua influência nunca se deixou de sentir, quer na Apple como na sociedade contemporânea.

O percurso de Steve na Apple não foi linear. Esteve à frente da empresa até aos 30 anos, altura em que desavenças com o sócio o levam a afastar-se. Steve regressa em 1997, desempenhando desde então o cargo de CEO, até que o estado frágil da sua saúde, em Agosto deste ano, o leva a renunciar ao cargo.

Quando Steve regressa à Apple, em 1997, ‘salvou’ da falência a empresa numa época em que parecia impossível lutar contra os grandes, como a Microsoft ou a IBM. O seu espírito visionário revolucionou o conceito de computador pessoal, com o iBook, mudou a nossa relação com a música, lançando, em 2001, o  iPod, que se tornou sinónimo de leitor de mp3, e comprando a iTunes, a loja online de música da Apple. Steve mudou para sempre a indústria dos telemóveis com o lançamento do iPhone, em 2007, o smartphone que ainda não encontrou rival à altura. Mas Steve foi ainda mais longe, foi durante o seu reinado que surge o iPad, o tablet que desde então obrigou toda a indústria a repensar o conceito de PC e de entretenimento.

Na homepage do site da Apple apenas a fotografia de Steve Jobs, o seu nome, e data de nascimento e morte.

Mensagens de pesar pela morte de Steve Jobs chegaram de todo o lado. Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, escreveu: “Steve, obrigado por teres sido um mentor e um amigo.  Obrigado por me mostrares que aquilo que criamos pode mudar o mundo. Vou sentir a tua falta.”

Palavras-chave

Mais no portal

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: os alimentos e o Feng Shui

Entenda esta relação, que pode ajudar-nos a entender quais os tipos de alimentos que devemos privilegiar.

Moda

Este truque de styling é uma arma secreta para parecer mais alta

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso, partilho um segredo simples que alonga as pernas de uma forma natural.

Lifestyle

ACTIVA de outubro: olhar para dentro

Já nas bancas.

Beleza e Saúde

7 sinais que podem indicar que já esteve infetado com covid-19

Sabe identificar os avisos que o seu organismo lhe dá?

Lifestyle

Experimentei um pequeno-almoço com menos de 200 calorias

Três ingredientes fazem desta uma receita saborosa e muito fácil de preparar (até no microondas).

Celebridades

Será que já nasceu a bebé de Gigi Hadid?

Eis os motivos que têm feito os fãs acreditar que sim.

Celebridades

Júlia Palha mostra como o soutien certo pode elevar a autoestima

A embaixadora da Intimissimi revela como escolhe soutiens, qual a sua peça preferida e como usar uma lingerie para deixar um visual sensual e divertido

Moda

10 malas à prova de chuva

Quando a meteorologia é incerta, há que fazer escolhas seguras.

Celebridades

Michelle Obama lembra quando o irmão foi acusado de roubar a própria bicicleta

O incidente ocorreu com dois agentes da polícia de Chicago.

Celebridades

A surpreendente origem do nome "Beyoncé"

A mãe da artista revelou um facto inesperado acerca da filha.

Celebridades

Cardi B e Offset vão divorciar-se

Foi a artista quem avançou com os documentos.

Beleza e Saúde

As três grandes tendências de cabelos para as estações mais frias

A Schwarzkopf Professional lança uma nova coleção para reiventar os seus fios.