10494427_10152263346872572_6335844267584134539_o.jpg

Facebook: ‘Vanity Fair’

A revista Vanity Fair escolheu príncipe George para a capa da edição de agosto, em comemoração do seu primeiro aniversário que se celebra este mês. Ainda que o pequeno príncipe partilhe a fotografia de capa com os seus pais, os duques de Cambridge, o mediático futuro rei é o protagonista deste editorial. Para o exclusivo da revista, intitulado “Parabéns príncipe George”, a colaboradora da Vanity Fair, Katie Nicholl, falou com diversas pessoas que se movimentam dentro dos círculos reais, sobre os primeiros 12 meses de vida do príncipe. No entanto, este artigo não é o único marco oficial do aniversário do bebé real. Será também lançada uma moeda, criada para a celebrar a ocasião. 

O pequenino membro da realeza fazia manchetes mesmo antes de nascer, e é hoje uma celebridade e um ícone da moda infantil. O seu primeiro ano de vida, revisto pela Vanity Fair, foi o suficiente para a ocorrência de vários momentos que marcaram este curto espaço de tempo – a redecoração do palácio de Kensington para receber o pequeno futuro rei, a mudança de ama, a polémica da primeira fotografia oficial de George, as aventuras da família real na Nova Zelândia e na Austrália, entre outros.    

Apesar de todo o foco mediático, William e Kate alegadamente expressaram o desejo de que George tenha uma infância o mais normal possível, dentro das suas circunstâncias. Segundo o artigo de Nicholl, os duques de Cambridge até levam o príncipe às chamadas ‘playdates’ na casa de amigos, entre os quais, Alice St. John Webster, uma amiga de longa data de Kate, que tem um bebé alguns meses mais velho que George. Contudo, a maior novidade da publicação é que amigos do casal sensação da realeza britânica sugeriram que estes estão a planear, durante o verão, tentar ter outro bebé.

 

O artigo na íntegra encontra-se na edição de agosto da revista Vanity Fair. 

 

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Relacionados

Mais no portal