GettyImages-510335582.jpg

Kevork Djansezian

Jane Fonda, 78 anos, fez uma revelação surpreendente. Num ensaio, a atriz diz que chegou 30 anos atrasada ao feminismo e entra em detalhes em relação à sua jornada para se tornar feminista, que nasceu de forma complexa. “Fui lenta a chegar aqui”, admitiu.

A estrela citou um artigo que escreveu nos anos 70, no qual dizia não perceber o Movimento pela Libertação das Mulheres. Um cenário que mudou quando se tornou ativista anti-guerra e conheceu algumas feministas, incluindo uma anónima que discursou para um grupo de soldados.

“A mulher disse que se existisse verdadeiramente igualdade entre homens e mulheres, seria bom para ambos os sexos”, recapitulou. “Não é uma questão de as mulheres ficarem com parte da vossa tarde, é sobre partilhar a tarde e torná-la maior. Todos ganham. Meninos, homens, mulheres, raparigas, a Terra, tudo”.

A partir daí, Fonda começou a identificar-se como feminista, mas foi preciso superar o seu “sexismo interiorizado”.

“Quando entrei na adolescência, o espetro da feminilidade apareceu, tudo o que importava era o meu aspeto e integrar-me”, escreveu. “Esvaziei. Quase tudo interessante em relação a mim recolheu-se para fora e passou a residir ao lado do vazio”.

A atriz veterana admite que odiava o próprio corpo, algo que se refletiu num distúrbio alimentar e na escolha de homens que não reparavam porque tinham os seus próprios “problemas”. Tornar-se sexagenária inspirou uma nova forma de pensar.

“Quando completei 60 anos e entrei no meu terceiro e último ato, decidi que, independentemente do quão assustador fosse, precisava de curar as feridas que o patriarcado me infligiu”, disse. “Não queria chegar ao fim da minha vida sem fazer os possíveis para me tornar uma mulher inteira, com voz própria”.

Jane Fonda disse ainda que a sua jornada é externa, interna, pessoal, política e sobre “lentamente tornar-se o sujeito da própria vida”.

“Demorei 30 anos a percebê-lo, mas não faz mal desabrochar tarde, desde que não se perca o espetáculo de flores”.

Mais no portal

Moda

Conheça a Maria por trás da marca portuguesa de bodies Maria.Bodyline

A marca encantou várias "It-girls", incluindo a italiana Francesca ...

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: Como comer de forma saudável fora de casa

Momentos esporádicos de diversão com família e amigos são desejávei...

Beleza e Saúde

6 maneiras simples de cortar calorias durante o dia

Pequenas mudanças na forma de comer e cozinhar vão diminuir a sua i...

Moda

Tezenis x Mr. Wonderful: é impossível resistir a estes pijamas!

Diversão e originalidade são as palavras de ordem nesta colaboração.

Celebridades

People's Choice Awards: Kim e Kourtney Kardashian protagonizam momento constrangedor na red carpet

Nas redes sociais, os fãs acusaram Kim de querer protagonismo.

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: como incluir as casatanhas na alimentação?

Hoje é dia de São Martinho!

Comportamento

Crianças e higiene: 7 ideias para colocar em prática

Uma para cada dia da semana.

Beleza e Saúde

Atenção, fãs de Madonna: estes kits são perfeitos para recriar as maquilhagens da cantora

Trata-se de uma colaboração exclusiva com a Too Faced.

Moda

Vestidos de noiva: Inspiração anos 40 para as propostas de Gio Rodrigues

Um universo inspirado no filme 'Casablanca' dos anos 40.

Moda

Conheça as 30 peças da irreverente coleção de Luís Borges

Esta é uma marca de roupa e acessórios definida como cool, sport, c...

Beleza e Saúde

5 coisas que as mulheres devem saber sobre a saúde do coração

Cuidar da saúde do corpo e da mente é muito importante para manter ...

Tous
Moda

Joias: escolha a sua letra e crie o seu estilo