activa

Perfil

Celebridades

George W. Bush mantém a 'tradição' e volta a oferecer rebuçados a Michelle Obama num funeral

Esta 'amizade improvável' encanta o mundo.

Activa.pt

George W. Bush e Michelle Obama voltaram a partilhar um momento adorável numa altura de dor.

Quando Bush chegou ao funeral do seu pai, ex-presidente George H.W. Bush, que decorreu no passado dia 5 de dezembro, parou para cumprimentar os seus antecessores e sucessores na primeira fila da Catedral Nacional de Washington. Quando chegou a vez de apertar a mão de Michelle Obama, deu-lhe o que pareciam ser rebuçados, fazendo a antiga Primeira-dama sorrir com o gesto.

Bush continua assim uma espécie de 'tradição' iniciada em setembro passado no funeral do senador John McCain. Durante a cerimónia, os mais atentos repararam que o antigo Chefe de Estado norte-americano recebeu rebuçados das mãos da sua mulher, Laura Bush, e passou-os a Michelle, que por sua vez disse "obrigada" de forma subtil, com um sorriso.

"O presidente Bush é o meu parceiro no crime em todos os grandes eventos em que os ex-presidentes se reúnem. Portanto, estamos sempre juntos e adoro-o. Ele é um homem maravilhoso e engraçado," disse Michelle Obama durante uma visita ao program Today, em outubro, passando a explicar por que acredita que aquele momento no funeral de John McCain se tornou viral. "É disso que as pessoas estão famintas. Os partidos, a cor, o género e esse tipo de coisas não nos separam. É a mensagem que enviamos."

Michelle cancelou as datas de promoção do seu novo livro, intitulado 'Becoming: A Minha História', nas cidades de Paris e Berlim para poder dizer o último adeus a George H. W. Bush, um homem que descreveu no Instagram como "um grande exemplo para todos nós".

Instagram

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!