Ao que tudo indica, à semelhança da maioria de todos os homens quando estão prestes a ser pais, Harry tem andado ansioso – e a sua linguagem corporal durante toda a gravidez de Meghan não engana.

“O gestos de ansiedade de Harry começaram quando conheceu Meghan. Foi aí que surgiu o estranho aperto de mão nos seus casacos, bem como expressões faciais intensas e mais sérias, que refletem o aumento súbito nos seus níveis de responsabilidade,” diz a especialista em linguagem corporal Judi James ao jornal Express.

Judi passa a explicar que o príncipe “perdeu as expressões faciais joviais e divertidas” que sempre o fizeram parecer traquina, tendo adotado um estilo mais adulto e sério à medida que entra em novas fases da vida, nomeadamente como marido e pai.

James faz ainda uma comparação entre a postura dos duques de Sussex, revelando que enquanto Meghan mostra uma “alegria e orgulho gritantes”, Harry denuncia ser “ansioso e protetor, apesar de a mulher não dar sinais publicamente de precisar ou querer ser protegida”.

A especialista revela ainda que a linguagem corporal do filho mais novo de Carlos e Diana mostra que este assumiu um papel de “guarda-costas” para Meghan e enquanto a duquesa partilha o seu entusiasmo, “Harry tem muitas vezes um semblante preocupado e receoso.”

De recordar que o primeiro filho de Harry e Meghan deverá nascer em meados de abril e que o casal real decidiu não saber o sexo do bebé até ao dia do parto.

Já nas bancas!

Assine a ACTIVA e receba dois coffrets da Rituals Assine já

Relacionados

Acupuntura, uma doula e hipnoterapia: os preparativos de Meghan para o parto

Sim, todos estes fatores terão um papel no nascimento do primeiro f...

A surpresa que Harry teve no dia dos Namorados

Caso para dizer, que 'não há longe nem distância'.

Conheça a jovem que é confundida com Meghan "todas as semanas"

Lukwesa Morin até ganhou um concurso graças às semelhanças com a du...

Mais no portal

ASSINE 1 ANO (12 edições) POR 30€ E RECEBA 30€ EM OFERTAS

Assine Já!