Jennifer Garner

Esta semana, Jennifer Garner foi vista a dar uma corrida no bairro em que vive, em Los Angeles. Vestida a rigor (boné incluído), a atriz provou já não viver sem os ténis que elegeu. Isto porque, nos últimos tempos, esta tem sido sempre a sua escolha de calçado. Quer seja com fato de treino ou umas calças de ganga.

Falamos dos Brooks Levitate 3, desenhados com o propósito de conferir máximo conforto às suas caminhadas ou corridas. E que bom que o design pode ser combinado com os mais diversos outfits! Sobretudo, porque a combinação de cores usada por Garner, azul e cinzento, não é a única.

Conheça este calçado nos vários tons disponíveis:

Palavras-chave

Mais no portal

Beleza e Saúde

Cabelos: Risco ao meio ou de lado? A melhor opção para cada formato de rosto

A forma como reparte o cabelo pode mudar muito o seu visual - num cenário ideal, sempre para melhor. Saiba como valorizar o seu rosto.

Comportamento

5 formas de ultrapassar momentos menos bons

De acordo com vários especialistas.

Beleza e Saúde

O resultado de uma semana sem qualquer tipo de exercício físico

Para qualquer adepto de um estilo de vida ativo, estar parado é um verdadeiro desafio. E foi assim que encarei esta semana.

Lifestyle

Saiba como fazer a deliciosa salada de espinafres de Julie Deffense

Simples e deliciosa.

Beleza e Saúde

Chiara Ferragni mostra-nos como o azul com glitter resulta sempre para fazer os nossos olhos brilhar

A influencer criou novamente uma coleção com a Lancôme, em que o glitter é a aposta.

Moda

O vídeo que nos fala de Paris, de mulheres e do que acontece quando se trocam duas malas

Esta produção é uma viagem ao mundo das mulheres parisienses com toda a emoção e “joie de vivre” da cidade de Paris.

Beleza e Saúde

Não vai acreditar com que idade Halle Berry teve o primeiro orgasmo

A confissão da atriz veio surpreender o público.

Moda

Esta é a prova de que o 'nightwear' pode ser usado o dia todo

Seda, cetim ou caxemira?

Beleza e Saúde

Quando deve anunciar a gravidez?

A norma é que se ultrapasse a meta das 12 semanas. Mas será que é mesmo preciso?