15 verdades sobre sexo
O sexo tem vindo a ser, cada vez mais, um tema de destaque na sociedade dos dias de hoje. Libertou-se de rótulos e anda na boca do Mundo inteiro, onde as pessoas assumem que o praticam e o fazem sem pudores nem vergonhas, porque é saudável e porque se gosta.

Desfrute a 100%, dos momentos de prazer a que tem direito, sim, daqueles que nos fazem revirar os olhos e encarquilhar os dedos dos pés. Não sabe do que falamos? Então não pode deixar de ler este texto.





1 Dar e ter prazer é essencial

O sexo não deve ser monótono, entediante e muito menos tenso, mesmo que já vivam juntos há mais de vinte anos, ou se acabem de conhecer. Melhor maneira de desfrutá-lo? Com descontracção, assumindo as falhas ou pudores, rindo e brincando, ou seja, sendo cúmplices



Faça uma viagem mágica ao corpo do outro e descubra os pontos erógenos, alguns dos quais nem sabia que poderiam funcionar dessa maneira. O importante é que ambos se (re)descubram no toque e despertem os sentidos. Beije, lamba e acaricie, saiba valorizar um corpo nu e tire proveito disso… sem vergonhas.





2 Ninguém nasce ensinado

No que diz respeito ao sexo, ninguém nasce ensinado, nem nos tornamos em mestres do assunto do dia para a noite. Se é tímida, abra o jogo, vá devagarinho, dispa-se em contra luz se tiver celulite, estrias e todas aquelas coisas que nos aborrecem e que não gostamos que eles vejam. Pequenas estratégias que podem parecer insignificantes, mas que fazem muito para superarmos as nossas inseguranças. E a média luz não foi inventada por acaso

3 O desejo é para ser manifestado

Se não lho disser, nem se manifestar, ele pura e simplesmente não adivinha as suas fantasias e, muito importante, não se sente desejado. Para um homem pouca coisa há de mais sensual do que dizer-lhe, com todas as letras, que quer fazer amor com ele.



Já lá vai o tempo em que o homem é que tinha de mostrar iniciativa e a mulher tinha um papel passivo na relação, porque senão era mal vista. Maridos e namorados que ainda têm este tipo de mentalidade precisam de perceber que estão a viver no século XXI, não no XIX.





4 Ousar é preciso

É certo que todas ficámos impressionadas com o desempenho sexual do Mickey Rourke em ‘Nove Semanas e Meia’, mas isso não significa que na hora ‘H’ tenha por perto cubos de gelo, compota de morango, ou de deslocar a bacia ao tentar imitar uma posição sexual digna de um número de circo. Se já se conhecem há tempo suficiente e a vossa relação entrou na rotina, então inove (o que não falta são livros com bons conselhos). Caso não se sinta com vontade para grandes acrobacias, opte pelo tradicional simples e (garantidamente) bom… mas tente alternar com 3 ou 4 posições, senão o acto sexual torna-se mecânico.





5 Rir é um bom remédio

Se as coisas não correram como esperava, a culpa não tem necessariamente de ser sua, nem dele. Se numa escala de zero a dez, dava um dois ao vosso desempenho sexual, então riam-se disso e pensem que mais oportunidades terão para inverter a nota. Tal como na escola, é tudo uma questão de ‘aplicação’, quanto mais vezes estudarem o assunto, melhor dominarão a matéria.





6 Explorem os corpos com calma

Como duas pessoas que nunca tiveram intimidade sexual não têm, à partida, de ser naturalmente compatíveis, por isso a primeira vez que tiverem uma relação sexual pode não ser aquilo que sonharam.



Para que o clima entre ambos seja menos tenso, podem começar por ter sessões de carícias e conhecer melhor o corpo um do outro. O ambiente até pode aquecer bastante e avançarem para outra fase, mas se não se sentir bem, não se iniba de lho dizer. O importante é que ambos desfrutem do momento. E se ele lhe ligar no dia seguinte é porque não está interessado apenas em sexo e gostou de estar consigo.



7 Faça-o ‘sofrer’

Ir com demasiada sede ao pote, já diz o ditado que não pode dar em coisa boa. E o mesmo acontece com o sexo oral. Ir directamente ao assunto até pode ser excitante, mas convenhamos que criar expectativa é muito mais interessante. Por isso, faça-o esperar e delirar de prazer. Vá mordendo, lambendo os mamilos, beijando a barriga e insinue a direcção para onde se quer dirigir, quando ele pensar que é ‘agora’, faça-o esperar mais um pouco para que a ansiedade seja ainda maior. Caso seja você a receber prazer e ele a dar, então tente que ele lhe faça o mesmo. E nada de pensar aquelas coisas que nos assolam a mente sempre nestas alturas como, ‘será que cheiro mal?’, ou ‘e se ele me beija a seguir?’ Quanto ao primeiro receio, fique a saber que uma vagina saudável não tem cheiro. Tenha apenas o cuidado de evitar pratos muito condimentados com alho porque o odor do corpo é bastante influenciado pela alimentação. Ah e esta recomendação é para ambos, não apenas para a mulher).



Quanto ao segundo, se lhe causa assim tanta repugnância que ele a beije depois de andar ‘lá por baixo’, evite-o… por exemplo, dando-lhe um abraço forte.





8 Vá pelos seus dedos

Há homens que já ouviram falar inúmeras vezes de que o clítoris é o epicentro do prazer feminino, mas saber onde é que fica esse território desconhecido é que já é outra conversa. Se sentir que a língua dele anda a explorar todos os terrenos circundantes, menos aquele que devia, então nada melhor do que lhe indicar o caminho certo e não tem de se envergonhar ao fazê-lo. Guie-o ao sítio certo formando um ‘V’ com os dedos, assim é impossível errar o ponto quente.



9 Siga as indicações

A masturbação mútua não tem de ser um tema tabu no casal, antes pelo contrário, tirem proveito disso a dois, porque os tempos de solitária já acabaram. E tal como num bom filme, comece de forma l-e-n-t-a e p-r-o-v-o-c-a-n-t-e e acelere até ao clímax, mas lembre-se de duas coisas: se for demasiado depressa ele fica super sensível ao toque e dorido, por isso faça algumas curvas pelo caminho e tente acertar na pressão, porque um pénis não é um brinquedo e torcê-lo como figuras de balão, dói! Mas também não o agarre como se fosse uma peça de porcelana. Pergunte-lhe o que é que ele gosta. Nada como uma boa indicação para fazer um ‘trabalho’ bem feito.





10 Conte-lhe uma história

Que tal contar-lhe o seu próprio conto? Mas esqueça a versão da Capuchinho Vermelho ou então improvise uma versão mais apimentada. Compre ou faça você mesma a roupa e recriem a fantasia. É tudo uma questão de imaginação e de fantasia..





11 Preliminares de ouro

Que tal planear o ‘roteiro das zonas erógenas’, como se fosse um guia de viagens? Se os homens se gabam a torto e a direito de que eles é que sabem ler mapas, então faça o percurso no seu próprio corpo, desenhado a caneta, ou faça-lhe um croqui em papel e passe-lho para a mão. Dê instruções como: ‘lambe a palma da minha mão em movimentos circulares’ (para bom entendedor meia palavra basta) ou, ‘segue pelo pescoço e braços entre beijos e travessuras e desce pela ‘grande avenida’ que leva ao baixo-ventre’. Também poderá inverter a tendência de começar por cima, dando prioridade aos pés.



12 Provoque o desejo com o olhar

Os homens gostam de ser estimulados visualmente portanto tire partido disso. Deixe os complexos de lado e desiniba-se. Opte por escolher lingerie transparente, que apesar de tapar, deixa tudo a descoberto e faça-o sofrer. Pode, por exemplo, recortar uma foto mais ousada de uma revista que tenha comprado e colocá-la sobre a almofada dele, mandar-lhe um sms com uma foto mais picante para o telemóvel…





13 Exercite os músculos certos

Não se trata de se porem a correr juntos pela manhã, se bem que isso é sempre aconselhável, mas, no que toca ao sexo, exercitar os músculos certos pode fazê-la redobrar o prazer que dá e o que tem. Como? Fazendo os exercícios ‘Kegel’ que tonificam o músculo pélvico. Não sabe onde ele fica? É o mesmo músculo que controla o fluxo de urina, portanto para o tonificar, basta imaginar que está a urinar e que de repente corta o fluxo através da contracção desse músculo. Vá treinando aos poucos, todos os dias… em qualquer lugar. Vai ver que ninguém dará por isso!





14 Reinvente as posições preferidas

Quase todos os casais dão preferência a duas ou três posições, às quais recorrem frequentemente, porque são as mais confortáveis ou mais estimulantes. Mas uma mudança, por mais pequena que seja, pode fazer maravilhas. Não tem de fazer acrobacias circenses. Quer um exemplo? Se gosta assim tanto da posição do ‘missionário’, pode inovar ao menos no sítio onde a faz: em vez de o fazer no quarto, faça-o na sala, em frente da lareira, no quarto dos hóspedes para experimentar outra cama, ou na mesa de jantar. Se não abdica do quarto nem por nada, então em vez de o fazer na cama, faça-o no chão, em cima do tapete, afaste a cama para o lado, mas faça-o.





15 Há sempre uma tampa para cada panela

Não desespere se a sua vida sexual está mais morta do que a personagem da Noiva Cadáver do Tim Burton, ou que o seu último parceiro sexual foi comprar cigarros e nunca mais voltou. Sobretudo não fique com a sensação de que como amante, você é um fiasco. Pense que pode ser uma boa altura para se descobrir a si própria, experimentar coisas inovadoras e acima de tudo, libertar-se de velhos fantasmas. E não desespere porque, como diziam as nossas avós, ‘há sempre uma tampa para cada panela’. Se calhar anda apenas a cozinhar em lume brando e ainda nem deu pela falta dela. Já pensou?



Relacionados

Comportamento

Não tenha medo de ser sexy!

Sim, todas temos sex appeal, mas por vezes anda um pouco adormecido ou envergonhado. Quando foi a última vez que vestiu aquele vestido mais ousado? Nada de ter medo de ser sexy. É altura de se libertar.

Comportamento

Sexo: prazeres proíbidos nos testemunhos de duas mulheres

Duas mulheres contam-nos as suas experiências sexuais quando estas ultrapassam os limites.

Comportamento

Tudo sobre etiqueta sexual (sim, isso existe!)

Já quase toda a gente já cometeu alguma gafe entre os lençóis Ou antes dos lençóis, ou mesmo depois dos lençóis. Mas também é certo que é daquelas situações em que queremos que tudo seja perfeito.

Comportamento

As 10 primeiras coisas que os homens reparam em nós

Até podemos ser excelentes pessoas e ter uma vida espiritual intensa, mas assim que entramos na sala, o que é que salta à vista?

Comportamento

15 verdades sobre sexo

Fazer sexo é tão fundamental para o nosso bem-estar físico e psíquico como beber água. Em pleno século XXI ainda tem vergonha em assumi-lo? Aprenda a desfrutar o mundo da luxúria sem pudores.

Comportamento

Vinho convida ao amor

Quando questionados sobre o ingrediente que melhor combina com a paixão... a bebida de Baco foi a eleita!

Comportamento

Homens: como a forma como ele conduz mostra como é no sexo!

Se ainda não descobriu, temos uma notícia bombástica: a forma como ele conduz revela muito sobre a forma como ele ama. Então repare.

Mais no portal

Comportamento

Cansada de deixar as coisas pelo meio? Estas dicas podem ajudar

Aqui ficam cinco conselhos de uma especialista para levar tarefas e objetivos até ao fim.

Finanças de A a Z

Como planear a poupança das crianças em apenas três passos

Este é o tema do novo episódio da rubrica Finanças de A a Z.

Deep Talk

Li Furtado: "A melhor influenciadora é a cliente que surge naturalmente"

A paixão pelo e-commerce e pelas compras online levaram Li Furtado a deixar uma carreira tradicional para lançar um negócio digital. O resultado é a super bem-sucedida marca de moda CINCO.

Moda

Hailey Bieber usa a próxima cor do momento em viagem a Paris

Inspirámo-nos no estilo da modelo e reunimos várias peças que são a cara dao verão.

Diz Quem Sabe

Neste verão, medite: a sua saúde mental agradece

Um artigo de opinião assinado por Joana Freitas, mental coach e CEO da empresa especializada em serviços de Gestão de Stress Up Your Mind.

Beleza

Batom para fazer o contorno do rosto? Este truque de maquilhagem prova que é possível

Sim, é inacreditável, mas leu bem.

Saúde

6 alimentos que ajudam a controlar a ansiedade no dia a dia

Recomendados por um especialista.

Comportamento

O que não fazer quando alguém tem um comportamento hostil

De acordo com um especialista, este é o caminho para uma conversa construtiva.

Moda

Esta é bem capaz de ser a tendência mais confortável da nova estação

É perfeita para usar nos dias quentes de verão, em idas à praia ou à piscina.

Moda

Precisamos de uns ténis iguais a estes, de Kate

São cheios de estilo e ficam bem com tudo.