O mimo torna as crianças mais espertas

Pronto, é verdade que o estudo foi feito com bebés… chimpanzés. Kim Bard, uma investigadora da Universidade de Portsmouth, na Grã-Bretanha, provou que os chimpanzés pequeninos que têm fortes laços afectivos com as mães portam-se muito melhor em testes cognitivos.

O que é que isto tem a ver com os humanos? Vem provar, mais uma vez, que os humanos – bebés ou adultos – precisam de se sentir amados para desenvolverem todo o seu potencial. Os bebés humanos precisam de abraços, beijinhos, mimos e colo, ao contrário daquilo que se defendia no tempo das nossas avós.

Por isso, pegue à vontade no seu bebé. Ele vai ficar ‘mal habituado’? Pois se calhar até vai: mas é essa a ‘profissão’ de um bebé: habituar-se àquilo que é melhor para ele. E os especialistas concordam cada vez mais que não pode haver demasiado colo. Pense que, daqui a uns anos, vai vê-lo a lutar para tentar escapar-se dos seus abraços…

Ah, já agora: os chimpanzés-bebé com mães carinhosas que fizeram os tais testes dos estudos tiveram melhores resultados que os outros chimpanzés com mães alheadas… e que os bebés humanos.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Relacionados

Mais no portal