Em pequeninos, não se calam. Falam na escola, falam em casa, falam no meio da rua, alternando entre o eufórico e o ofendido enquanto contam como o João Pedro os ajudou a marcar um golo, ou a Joana lhes deu metade do lanche, ou a professora disse não sei quê e não sei quê porque não sei quê…

De repente, chegados à adolescência, calam-se. Fecham a porta do quarto, ficam a sós computador e nunca mais ninguém os vê. Os pais desesperam. Afinal, até se esforçam por ser bons pais. Até lhes perguntam como é que correu a escola. Até se esforçam por conversar, como mandam todas as revistas.

Em pequeninos, o silêncio, pouco comum numa criança faladora, é de desconfiar. Mas quando chegam à adolescência é natural que falem menos, porque esta é a altura em que andam ocupados a construir um mundo privado. Não é sinal de ‘falta de chá’ mas do início da preparação para a independência. Respeite a sua reserva: eles estão a dizer-lhe que os pais não podem, nem devem, saber tudo da vida dos filhos, e é preciso saber aceitar esses outros mundos a que não temos acesso.

Por outro lado, é uma altura em que, paradoxalmente, eles precisam ainda mais dos pais do que em fases anteriores e podem simplesmente não saber como começar a falar do que os preocupa. E, muitas vezes, os pais não querem de facto conversar: querem ‘investigar’ aquilo que se passa para depois poderem controlar os filhos. Acontece que isso não é conversar: é uma investigação policial, e eles percebem isso à légua.

NUNCA É TARDE PARA CONVERSAR

Algumas maneiras de fazer falar os ‘mudos’:


Comece de pequenino É muito mais fácil que eles mantenham o fio da conversa se sempre estiveram habituados a conversar. Muitas pessoas não trocam uma palavra nem dão atenção ao ‘paleio’ dos pequeninos e depois esperam que, aos nove anos, eles sejam o Marcelo Rebelo de Sousa.


Limite o computador Novamente, é mais fácil quando isto é feito desde pequenos, mas também toda a gente sabe que os computadores são uma excelente maneira de os ter calados, e de repente a gente repara que eles não falam. Mas não foi para isso que os pusemos à frente do ecrã? Tire-o de lá para dar uma volta, para irem passear o cão ao parque ou andar de bicicleta.


Não lhe fale só da escola Muitas vezes eles não falam connosco porque, basicamente, a nossa conversa não tem interesse nenhum: parece que tudo na vida deles se resume a serem alunos. Se só lhes falamos para perguntar como é que foi a escola, se já fizeram os trabalhos e se já conseguiram subir a nota a Matemática, não é de espantar que não haja muitos candidatos ao debate. Pode começar as ‘hostilidades’ de forma mais original: ‘Conta-me qualquer coisa boa do teu dia’, por exemplo.


Crie ocasiões A conversa é como um motor (ou, enfim,. como um motor dos antigos.): precisa de tempo para aquecer. Não é de repente que se cria a intimidade necessária para falar, não é de súbito que se diz ‘vamos conversar’. Por isso é preciso criar espaço para ela: jantem juntos, por exemplo.


Não bloqueie Ouça mais do que fale, mesmo que não goste do que ele lhe está a tentar dizer. Uma conversa é um diálogo, não um monólogo. Não tem de concordar com tudo, mas saber ouvir e valorizar as suas opiniões.


Ocupe as mãos Não sei se já repararam como é mais fácil para toda a gente conversar quando se tem as mãos ocupadas com outra coisa: a fazer tricô ou a tratar da louça, a lavar o carro ou a levar compras. Os frente-a-frente têm quase sempre o mesmo resultado: uma das partes acaba por querer bater na outra.


Retribua Queixamo-nos de que eles não nos contam nada da vida deles, mas será que nós lhes contamos alguma coisa das nossas? Também não é que a pessoa desate a desabafar ininterruptamente sobre o chefe que tirou o dia para lhe fazer a vida negra e a máquina de café que nunca funciona, mas numa casa onde todos falam é menos provável que haja um calado.

‘NAMORE’ AS CRIANÇAS

Fala-se muito de não deixar um casamento cair na rotina, mas fartamo-nos de deixar cair na rotina as nossas crianças, e nem sequer damos por isso. Qual foi a última vez que saiu a sós com ela sem ser para a levar ou trazer da escola? Qual foi a última vez que deram uma volta ao quarteirão os dois sozinhos, sem irmãos, sem primos, sem stresse, sem ser para irem a casa de alguém ou buscar pão ao supermercado? Talvez já tenha ido a um restaurante caro com o seu marido, mas quando é que levou lá o seu filho? Pois, não vale a pena porque eles depois dizem que não gostam de nada do que lá há? Mas se nunca forem, nunca se irão habituar.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba mais 6 meses grátis. Garanta uma boa leitura durante as suas férias e relaxe. Conheça todas as opções e não perca esta oportunidade. ASSINE AQUI

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Livros-jogos para as férias

Livros-jogos para as férias

Catarina Furtado brilha com o visual escolhido para a final de

Catarina Furtado brilha com o visual escolhido para a final de "The Voice Gerações"

Luísa Beirão e Lourenço Tamagnini assumem a relação de mãos dadas

Luísa Beirão e Lourenço Tamagnini assumem a relação de mãos dadas

Se acha que esta crise é igual às outras, não está a prestar atenção

Se acha que esta crise é igual às outras, não está a prestar atenção

Tal mãe, tais filhas: Carolina Patrocínio e as filhas fazem o mesmo penteado

Tal mãe, tais filhas: Carolina Patrocínio e as filhas fazem o mesmo penteado

Esta lente de contacto pode diagnosticar e prevenir o cancro

Esta lente de contacto pode diagnosticar e prevenir o cancro

Seca: Suinicultores prepararam medidas para sustentabilidade ambiental e social

Seca: Suinicultores prepararam medidas para sustentabilidade ambiental e social

Análise As Dusk Falls: Descobrir o psicopata que há em si (e nos outros)

Análise As Dusk Falls: Descobrir o psicopata que há em si (e nos outros)

A internacionalização como meta para os empresários

A internacionalização como meta para os empresários

Ikea e Electrify America vão instalar 200 postos de carregamento rápido nos EUA

Ikea e Electrify America vão instalar 200 postos de carregamento rápido nos EUA

Filmes de culto na esplanada da Cinemateca

Filmes de culto na esplanada da Cinemateca

Azul verão

Azul verão

Cata Vassalo e Rita Patrocínio juntas em coleção de joalharia sobre a amizade

Cata Vassalo e Rita Patrocínio juntas em coleção de joalharia sobre a amizade

JL 1348

JL 1348

Era uma vez uma maravilhosa preta da Guiné

Era uma vez uma maravilhosa preta da Guiné

Estilista Zac Posen está noivo

Estilista Zac Posen está noivo

Fogo na serra da Estrela

Fogo na serra da Estrela "leva" fumo e cheiro a queimado até Espanha

Ainda vamos a tempo de salvar a Amazónia? Ponto de não retorno pode estar ao virar da esquina

Ainda vamos a tempo de salvar a Amazónia? Ponto de não retorno pode estar ao virar da esquina

JL 1350

JL 1350

Noruega abate morsa Freya, atração turística improvável no fiorde de Oslo nas últimas semanas

Noruega abate morsa Freya, atração turística improvável no fiorde de Oslo nas últimas semanas

As figuras da PRIMA 17

As figuras da PRIMA 17

Ganha uma consola Nintendo Switch

Ganha uma consola Nintendo Switch

Três vinhos em boa conta

Três vinhos em boa conta

Grupo Media Capital paga dívida graças ao

Grupo Media Capital paga dívida graças ao "bom comportamento das audiências"

Conduzimos o Nissan Ariya em Estocolmo

Conduzimos o Nissan Ariya em Estocolmo

Pensar demais cansa mesmo? Novo estudo defende que sim e explica porquê

Pensar demais cansa mesmo? Novo estudo defende que sim e explica porquê

Pilot Technology: a condução autónoma da Xiaomi já tem nome e está a evoluir a bom ritmo

Pilot Technology: a condução autónoma da Xiaomi já tem nome e está a evoluir a bom ritmo

Hospital de Beja com Urgência Obstétrica/Ginecológica encerrada até quarta-feira

Hospital de Beja com Urgência Obstétrica/Ginecológica encerrada até quarta-feira

Terapia do Humor

Terapia do Humor

Pensar demais cansa mesmo? Novo estudo defende que sim e explica porquê

Pensar demais cansa mesmo? Novo estudo defende que sim e explica porquê

Feitas de fibra

Feitas de fibra

A história do Ballett Gulbenkian

A história do Ballett Gulbenkian

"Sei que ele pediu cidadania portuguesa com base nas origens de judeu sefardita. Aconselharia as autoridades portuguesas a tentar fazer um teste de ADN a Roman Abramovich"

Espanha: proibido regular o ar condicionado para menos de 27 graus

Espanha: proibido regular o ar condicionado para menos de 27 graus

Agenda para pais e filhos: agosto é tempo de diversão

Agenda para pais e filhos: agosto é tempo de diversão

Infantas Leonor e Sofia destacam-se com vestidos de estilos diferentes

Infantas Leonor e Sofia destacam-se com vestidos de estilos diferentes

O Gosto dos Outros: Pedro Lemos

O Gosto dos Outros: Pedro Lemos

Catarina Furtado dá nas vistas com top de 'glitter' e calças brancas

Catarina Furtado dá nas vistas com top de 'glitter' e calças brancas

Isto não são críticas de vinho!

Isto não são críticas de vinho!

Os primeiros sinais de crise no casamento de Harry e Meghan

Os primeiros sinais de crise no casamento de Harry e Meghan

David Carreira falha programa da TVI à última hora devido a cansaço extremo

David Carreira falha programa da TVI à última hora devido a cansaço extremo

Exame Informática TV 777: Especial de verão (parte 1)

Exame Informática TV 777: Especial de verão (parte 1)