Atopia: quando a pele da criança se revolta

Quase toda a gente tem na família ou conhece uma criança destas: choram mais do que as outras, andam mais inquietas, costumam ter manchas vermelhas na pele e normalmente ficam mais sensíveis no Inverno… elas fazem parte da ‘tribo’ das atópicas.



A palavra ‘atopia’ vem do grego atopos, literalmente ‘sem lugar’ ou ‘deslocado’. De facto, aplica-se quando o nosso sistema de defesa está ‘deslocado’. O termo ‘atopia’ designa as pessoas com tendência para sofrer de alergias, como a dermatite, a rinite alérgica e a asma, e afecta 20% das crianças com menos de três anos. A atopia não pode ser curada, mas pode ser controlada, não é uma doença conta-giosa e já se nasce com ela. Mas anime-se: tem tendência a melhorar com a idade, à medida que o sistema imunológico se torna mais resistente e adaptado.

QUAIS OS SINTOMAS

A atopia manifesta-se de várias formas: pode ser-se mais ou menos atópico, alér-gico a factores diferentes, com mais ou menos alergias, e mais ou menos crises. São crianças com pele muito seca, a qual não exerce a sua função de barreira e pro- tecção. A pele muito seca não tem lípidos específicos, e portanto torna-se permeável aos alergenos (que podem utilizar ainda outras portas para entrar, como o tubo digestivo ou as vias respiratórias). Resul-tado: o sistema imunológico hiper-reage. Podem aparecer lesões avermelhadas, sobretudo nas bochechas, nas pregas dos cotovelos e nos joelhos.

Como todos os pais de crianças atópicas sabem, o pior são as crises de comichão: um adulto pode fazer um esforço conscien-te para não coçar, mas é quase impossível impedir uma criança de o fazer.

A atopia está ligada ao foro imunológico e é quase sempre hereditária. As causas ainda não estão totalmente determinadas, mas acredita-se que a superprotecção retire defesas ao organismo. O nosso tempo parece fechar-nos cada vez mais num mundo ao mesmo tempo estéril e agressivo: por um lado, temos a invasão de ares condicionados, a poluição e o tabaco, por outro, a ausência de contacto com a terra e a Natureza e uma alimentação vazia de verdadeiros nutrientes.

COMO TRATAR UMA CRIANÇA ATÓPICA

As crises podem ser desencadeadas por vários factores: vestuário, clima, higiene. Por isso é que se devem evitar fibras sin-téticas, lãs e roupa justa com pregas, ter cuidado com os produtos de higiene e até com os detergentes para a roupa, evitando os que têm amaciador. O melhor é ir por tentativa e erro, verificando aquele que parece causar menos alergias à criança.

A água do banho nunca deve estar muito quente. E atenção que os costuma-dos 37ºC já são quentes de mais para um atópico. É que a temperatura do corpo é 37ºC, sim, mas a temperatura da pele anda geralmente à volta de 25ºC. Não o mate de frio, mas prefira água morna. Como é óbvio, esqueça luvas de fricção e esponjas sintéticas e seque-o devagar, sem esfregar, para não a agredir ainda mais.

O frio e o vento costumam também agravar os sintomas. Mas, geralmente, no Verão as crises são menos constantes. Isto não quer dizer que vá a correr com ele para o sol, até porque o sol a mais também pode ser visto como um agressor.

Por vezes, pode ser necessário um trata-mento com corticosteróides, mas, se o seu médico os prescrever, siga à risca as suas indicações e a duração da terapia.

O tratamento habitual da atopia, quando esta se manifesta na pele, são cuidados emolientes, aplicados directamente sobre a pele. Já existem produtos especialmente pensados para estas crianças. Quais são as suas vantagens? Permitem neutralizar o calcário da água (e no Sul do País, por exemplo, a água tende a ser muito calcá-ria), que seca a pele. Ao repor os lípidos essenciais, estes produtos estão a dar à pele aquilo que ela devia ter naturalmente para se proteger e não tem. Possuem uma acção anti-inflamatória, mantêm o Ph estável e controlam as bactérias.

Importa tornar a criança o mais confor-tável possível, explicar-lhe em linguagem clara o que se passa com ela e aprender a reconhecer os agressores para saber a quem ‘declarar guerra’.

CUIDADOS A TER

Usar uma linha específica para este tipo de pele.

Preferir roupas de algodão soltas em vez de la e materias sinteticas.

Não aquecer demasiado o quarto da criança e arejá-lo frequentemente.

Evitar alcatifas e tapetes e aspirar frequentemente.

Usar colchões e almofadas em espuma sintetica, em vez de penas e latex.

Cortar-lhe as unhas bem curtas: ja que nem sempre é possivel impedi-lo de se coçar, pelo menos pode-se diminuir as auto-agressões…

NUNCA SE ESQUEÇA

Os agentes a que a pele reage, que podem ser varios: polen, poeira domestica, pelos de animais, penas…

Fume bem longe da criança: o fumo do cigarro e um dos mais poderosos irritantes.

O sabão não deve ser usado nas áreas afectadas, porque pode secar e irritar a pele.

Nao use esponjas para o banho, talcos e perfumes.

Se o banho aumentar visivelmente os sintomas, diminua a sua frequência.

Não o agasalhe demasiado com medo do frio. O suor provocado por excesso de roupa tambem piora os sintomas.

NOVIDADES PARA CUIDAR DA PELE

DITOPY PIERRA FABRE)

É um suplemento alimentar, um probiótico que segue uma filosofia simples: reequilibrar a flora digestiva para melhorar a barreira a certos germes gastrointestinais e ajudar o sistema imunitário a lutar contra as infecções, minimizando os riscos de atopia. Para crianças de qualquer idade. Em farmácias.

LIPIKAR (LA ROCHE-POSAY)

É uma linha completa que utiliza os benefícios da água termal de La Roche-Posay especificamente para os cuidados da pele seca e atópica. Tem uma textura não gordurosa, que não deixa aquela camada desconfortável sobre a pele e que ao mesmo tempo vai reparar a barreira cutânea. Pode ser usada quer nas crianças quer nos adultos. Em farmácias.

Palavras-chave

Relacionados

Comportamento

Saúde infantil: prepare o detector de mentiras

No que respeita à saúde das crianças, há ditos que passam de geração em geração, mas nem tudo o que se diz é certo. Verdade ou mentira? Venha descobrir connosco.

Comportamento

Crianças: Sem tempo para crescer

Queremos que saibam mais, cada vez mais cedo, e há quem diga que não lhes damos tempo para serem crianças. Afinal, não respeitar a infância pode significar que se fica preso dentro dela.

Comportamento

Como fazer divisões entre irmãos?

“Deste a ele e não deste a mim! Gostas mais dele do que de mim!” Não há irmãos que não queiram tudo dos pais. Mas como sobreviver na complicada matemática dos afectos?

Comportamento

Televisão: amiga ou inimiga das crianças?

Deixava um estranho a tomar conta das suas crianças? Pois é o que acontece sempre que as deixamos em frente à televisão sem saber o que lhes irá aparecer. Por isso é que importa saber o que elas vêem.

Comportamento

Os dilemas dos pais divorciados

Não são dilemas legais mas questões de compor tamento que se põem a qualquer pai que acabou de se separar. E se a criança não quiser ir com o pai no dia da visita? E quando há conflitos com a nova namorada? Que acontece à relação com os avós? Mas uma coisa é certa : tudo tem solução.

Comportamento

Não deixe que o seu filho controle a sua vida

Ter filhos não é sinónimo de deixar de viver a própria vida. Apesar de dizermos que fazemos tudo por eles, nem sempre é isso que eles querem.

Comportamento

Meningite o inimigo escondido

É a doença que mais alarma os pais com filhos pequenos, mas também ataca adolescentes e adultos. Aprender a reconhecer os sintomas pode salvar vidas.

Comportamento

Boas razões para deixar o seu filho jogar consola

O seu filho passa horas a fio agarrado ao comando? Tenha calma. Dentro de certos limites, os jogos apresentam vantagens surpreendentes para os mais novos.

Comportamento

Mãe, dá-me dinheiro

As crianças adoram pedir aos adultos que lhes comprem brinquedos, roupas, jogos. Mas, para que saibam que tudo custa dinheiro, ensine-as desde cedo que para conseguirem as ambicionadas moedas não basta pedi-las, há que merecê-las.

Comportamento

Stresse: crianças à beira de um ataque de nervos

Sabia que um bebé de poucos meses pode sofrer de stresse? Pois acredite que é mesmo verdade. E o pior de tudo é que somos nós, adultos, que andamos a transformar as nossas crianças em stressados profissionais. Mas será que não há mesmo outra saída?

Comportamento

Os seus filhos esão viciados em novelas?

Quem tem filhos entre os 7 e os 12 anos já sabe que todas as tardes eles ficam colados em frente à televisão. Já lhes chamam a 'geração morangos com açúcar'. Há quem encolha os ombros, quem proíba e quem defenda que deve haver outras maneiras de lidar com o assunto. Mas afinal, eles podem ou não ver uma telenovela?

Comportamento

Timidez: como ajudar o seu filho a vencê-la

Ela agarra-se às pernas da mãe e olha os outros por baixo de sobrancelhas cerradas. A timidez pode ser passageira, mas há formas de impedir que se transforme num sofrimento.

Comportamento

Por que é que as crianças não aprendem?

Fazê-lo passar o dia a estudar não ajuda necessariamente o seu filho. Numa altura em que as dificuldades escolares estão a aumentar em Portugal, um especialista ajuda-a a tornar o seu filho num bom aluno... e feliz!

Comportamento

Geração XL: o perigo da obesidade infantil

Porque é que as crianças de hoje são mais gordinhas do que os seus avós? Não, não é porque se fartam de comer: até comem menos calorias do que antigamente. O que acontece é que gastam muito menos. Aqui ficam algumas dicas para prevenir a obesidade infantil.

Comportamento

O que querem dizer os pesadelos das crianças

Monstros, baratas ou grandes quedas. Estes são alguns dos temas recorrentes dos sonhos infantis. Saiba o que querem dizer e ajude os mais novos a ultrapassarem os seus medos e inseguranças.

Mais no portal

Moda

10 artigos da Zara que vão arrasar em qualquer destino de férias

Estes visuais prontos a usar prometem fazer furor nos seus dias de descanso.

Comportamento

Como lidar com a frustração sexual?

Existem várias causas para a insatisfação com a vida íntima, que pode afetar a qualidade de vida em geral.

Moda

Saiba como fazer uma mala de férias sem complicações

No episódio de hoje da rubrica Imagem de Sucesso, deixo algumas dicas para escolher os derradeiros essenciais de viagem.

Moda

Encontrámos as Havaianas perfeitas para dar brilho ao verão

Se é fã da famosa marca brasileira e gosta de dar um toque de brilho a tudo o que faz, vai delirar com esta novidade.

Lifestyle

6 dicas para viajar de carro tranquilamente com crianças

"Estou com fome! Quanto chegamos? Preciso de fazer xixi!" Viajar com crianças durante um longo período de tempo pode ser um verdadeiro pesadelo.

Beleza e Saúde

Afinal, o que é uma "depressão de baixo grau"?

Recentemente, Michelle Obama fez um desabafo sobre a sua saúde mental. Entenda o que se passa com a antiga Primeira-dama dos Estados Unidos.

Celebridades

Michelle Obama admite que sofre de uma "depressão de baixo grau"

A pandemia aliada a todo o clima de tensão que se vive nos Estados Unidos afetou a saúde mental da antiga Primeira-dama do país.

Celebridades

Daisy Coleman, de documentário da Netflix sobre abuso sexual, morre aos 23 anos

O caso da jovem, que se tornou uma defensora das vítimas de violação, é retratado numa série documental do serviço de streaming.

Lifestyle

Estes podem ser os motivos para continuarmos a ver filmes para adolescentes

Sim, tenho mais de 30 anos e por vezes vejo (e revejo) filmes com histórias para adolescentes. Mas sei que não sou a única!

Celebridades

O interior do frigorífico de Selena Gomez revela muito sobre a cantora

A estrela norte-americana mostrou o que armazena neste eletrodoméstico, bem como no congelador.

Beleza e Saúde

5 produtos de skincare que testei há um ano e agora fazem parte da minha rotina

O mais barato custa menos de 3 euros.

Moda

Criei 5 visuais diferentes com uma peça de roupa que todas temos no roupeiro

Por vezes - e falo por experiência própria -, só precisamos de um pouco de originalidade para não nos cansarmos daquilo que vestimos.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel