TPCs sem drama: Não trabalhe por ele

A hora dos TPCs pode transformar-se facilmente num foco de stresse familiar, não só para a criança como para os pais (geralmente a mãe, não é…) Mas algumas ideias vão torná-lo mais fácil:

– Estabeleça uma rotina – É a regra mais básica. Isto não quer dizer que os trabalhos devam ser feitos todos os dias à mesma hora, nem sempre à hora que a mãe quer porque lhe dá mais jeito a ela. Decida com ele a que horas ele funciona melhor. Algumas crianças precisam de um bocadinho para relaxar quando chegam a casa (claro que um bocadinho para relaxar não são duas horas na playstation) outras gostam de despachar logo tudo.

– Retire as distracções – Os trabalhos são para serem feitos com a televisão apagada, mas algumas crianças trabalham bem com música.

– Ensine-os a… estudar – Não é preciso ser-se professora: há regras simples. Habitue-o a procurar palavras no dicionário e a saber onde pode procurar ajuda, se precisar. Treine-lhe a concentração: ler um texto primeiro, resumi-lo e depois analisá-lo por partes.

-Dê o exemplo – Não há nada tão importante para o sucesso escolar como uma criança que gosta de ler. Deixe que ele a veja a ler e habituem-se a ir juntos às livrarias.

– Dê um empurrãozinho – As dúvidas resolvem-se imediatamente com uma explicação pontual, uma ajudinha do tio que percebe de matemática ou mesmo uma ‘aula’ de um irmão mais velho. Não deixe arrastar as dificuldades até àquela altura em que são quase insolúveis.

– Elogie – Se lhe disser ‘És mesmo azelha, não se vê logo que o resultado da equação não pode ser esse?’ é pouco provável que ele queira tentar de novo. Elogie o esforço mais do que o resultado, embora também seja bom não exagerar…

– Responsabilize-o – Passe-lhe as regras básicas, acompanhe-o durante algum tempo, e depois deixe-o trabalhar ao seu ritmo. Se andar sempre em cima dele, ele nunca se vai responsabilizar pelo seu trabalho. Afinal, é para isso que é suposto servirem os TPCs: tornar as crianças autónomas. As crianças, não as mães. Deixe-o aprender com as consequências, se for caso disso. Afinal, (quase) todos nós tivemos uma negativa na vida, e ninguém morreu por isso.

Palavras-chave

Relacionados

Comportamento

Help: vou chumbar!

É uma das grandes dores de cabeça dos pais: o que fazer quando, um belo dia, o seu filho lhe diz que não querestudar mais, que a escola é um beco sem saída? Conheça as alternativas e leia as estratégias e causasapontadas por um psicólogo escolar.

Comportamento

Como associar a escola ao prazer?

A escola tem, como é claro, aspectos menos atractivos para as crianças: regras e disciplina e matérias que, para eles, são um suplício. Mas há formas de dar a volta à situação.

Comportamento

Como saber se o seu filho é vítima de bullying

Os sinais de que o seu filho pode estar a ser vítima de violência física e psicológica na escola podem não ser óbvios, mas estão lá!

Comportamento

Internet: A nova arma do bullying adolescente

Provocações, insultos, ameaças e chantagens passaram da escola para a web e telemóveis e até já deram origem a um fenómeno novo: cyberbullying. Anónima e à distância de um clique, esta forma de violência entre pares chega a ter consequências trágicas. Saiba como agir.

Comportamento

Não deixe que o seu filho seja violento na escola

Agressões verbais e mesmo físicas entre professores e alunas não faltam. Mas haverá forma de resolver a violência nas escolas? E se o seu filho for um dos agressores? A pedagoga Eulália Barros avança com respostas para os pais sobre esta questão.

Comportamento

O que fazer quando ele odeia ir para a escola

Há quem faça amigos com facilidade e seja popular entre o grupo. E quem é tímido e se transforma no bombo da festa? Saiba ajudar o seu filho quando ir para a escola é um pesadelo.

Comportamento

Como aumentar a confiança do seu filho

Gostava que o seu filho fosse bom aluno? Pois, não é só o estudo que conta. Está provado que crianças confiantes e autónomas são crianças mais felizes e com melhores rendimentos escolares. Mas para que isso aconteça, o seu papel é essencial.

Comportamento

A felicidade ensina-se?

Uma escola inglesa desenvolveu um projecto-piloto que inclui uma disciplina no mínimo original.

Mais no portal

Diz Quem Sabe

O guia para criar uma selva urbana em casa

Um artigo de opinião assinado por José Luís Velasco, product manager da Gardenia, sobre os novos hábitos que se cultivaram e enraizaram em tempos de confinamento.

Celebridades

Oprah nem sempre foi Oprah: este é o nome verdadeiro da apresentadora americana

Estamos chocadas!

Comportamento

Como ser mais vulnerável num relacionamento (mesmo que isso a assuste)

O medo da rejeição faz-nos levantar a guarda e, por conseguinte, perdemos coisas boas como a intimidade e a conexão.

Lifestyle

Catarina Alves, arquiteta e designer de interiores, partilha cinco dicas para quando estamos a pensar decorar a nossa casa

A fundadora da CATE, Catarina Alves, partilhou connosco alguns conselhos bem úteis na altura de pensar em decorar a sua casa.

Comportamento

Os principais motivos para ex-casais terem recaídas íntimas logo após o término

Algo muito comum, principalmente logo após o término.

Moda

Que sapatos usar com calças de ganga flare? Temos a resposta

Inspire-se nestes 12 "looks" de influencers internacionais.

Celebridades

Conheça a luxuosa nova mansão de Dwayne Johnson

Faça uma visita guiada à nova propriedade do conhecido ator.

Moda

Vestidos indispensáveis para um verão boho-chic

Estas seis sugestões são a cara da nova temporada.

#ActivaEmCasa

Estes exercícios prometem deixar as suas pernas e abdominais "on fire"

Aqui fica mais um circuito de treino completamente gratuito, preparado e exemplificado por Susana Carromeu, coach do CrossFit Cais.

Beauty Spot

8 eyeliners coloridos para alegrar qualquer maquilhagem

Este é o tema da rubrica Beauty Spot desta semana.