Mude o seu quarto e tenha mais e melhor sexo!

É suposto a nossa casa reflectir quem somos. Quando idealizamos a decoração do quarto é (quase) sempre algo semelhante a uma produção que vimos nas revistas, com grandes espaços imaculados com tudo impecavelmente arrumado. Claro que na azáfama diária é fácil a melhor das intenções decorativas ficar soterrada em lenços de papel, revistas velhas e brinquedos do cão. E de que adianta o decote ousado se quando o olhar pousa na mesa-de-cabeceira esbarra com o Índice Nacional Terapêutico? E as velas aromáticas, poderão alguma vez ganhar a luta desigual com os peluches que teimam em ficar a ‘decorar’ a cama? Claro que às tantas o quarto de casal passa de ninho de amor a templo da tralha. Passe-o em revista e veja o que pode estar a matar o romance.

PC e TV ficam à porta


O quarto é daquelas divisões onde é especialmente importante criar um ambiente relaxante e com boas associações. Além de ser o lugar onde se dorme é o local de maior intimidade do casal. Que mensagem está a passar quando monta aqui uma secretária para o computador ou televisão? Que talvez seja mais interessante acabar o relatório da empresa ou ver o concurso na TV em vez de ter uma noite de sexo escaldante. Até já há estudos que revelam que os casais que têm televisão no quarto fazem amor menos de metade das vezes, em média, do que os que abdicam da caixa mágica nesta divisão.

Mesas-de-cabeceira inspiradoras

Esta peça de mobiliário pode revelar mais do que se poderia pensar. Um lenço de papel é útil e espirrar é humano, mas não custa pôr os lenços na gaveta, juntamente com a parafernália para desentupir o nariz, as pastilhas para a garganta, inaladores da asma, pentes do cabelo, creme das mãos e dos pés e ganchos. Fotografias dos pais também devem ficar fora desta divisão, assim como objectos com teor religioso, bíblias e crucifixos, que possam instigar memórias colectivas de sentimentos de culpa, ou, pior ainda, fazer com que a meio do sexo escaldante se lembre do Padre Borga de guitarra na mão a cantar.
Prefira colocar uma flor, um bom livro (pode até ter um título sugestivo) ou mesmo uma moldura com uma foto vossa numa atitude carinhosa e cúmplice.

Jogos de cama sugestivos


Passemos à cama. Ainda usa aquele conjunto de lençóis com o Cebolinha e o Cascão de que não se consegue livrar por razões sentimentais? Ou o jogo de cama cheio de rendas e rendinhas que achou no baú da sua tetravó? Para além de acordar com o rosto rendilhado (nada sexy) não combinam muito bem com uma noite romântica. Esta é daquelas coisas em que vale a pena investir um bocadinho mais e ir variando. Prefira lençóis em tons neutros mas com um toque de cor, com uma mensagem divertida ou bonita.
O tamanho também é importante: uma cama gigantesca pode parecer apelativa mas o efeito é contraproducente se acabarem cada um a dormir num extremo. Se já comprou uma cama enorme então aproveite a sua dimensão para umas acrobacias mais audazes… já sabe que não corre o risco de cair no meio do chão só porque esticou a perna. Se o seu colchão é pequeno, não desanime, há quem diga que camas um pouco mais pequenas estimulam mais intimidade.

Entre 4 paredes estimulantes

A cor das paredes também tem impacto no estado emocional. É de louvar que num assomo de arrojo tenha pintado o quarto todo de verde-lima, mas talvez seja melhor reconsiderar e optar pelos tons quentes, mais sensuais e aconchegantes.

Ao lusco-fusco


E a iluminação? A luz branca, estilo cozinha, desencoraja qualquer pretensão de um show strip privado, mas mesmo a amarela se for muito forte deixa de ser intimista. No quarto a iluminação deve ser indirecta e difusa. Os abat-jours e as lâmpadas coloridas ou soft tone ajudam a criar este ambiente.

Diga-me o que veste…

A roupa que escolhe para dormir também é importante, não tem de usar sempre lingerie sexy mas pelo menos evite t-shirts tipo tenda de várias décadas e com buracos. Alguns terapeutas de casais aconselham a que se dispa com privacidade sempre que vá apenas dormir, para que o acto de despir mantenha a carga erótica.

Na minha cama (só) com ele


Por fim, habitue o cão e o gato a dormirem noutro lugar que não a sua cama e ensine os miúdos a bater à porta antes de entrarem (ou tranque-a, se se sentir mais segura). É preciso estabelecer uma fronteira e ensinar os filhos que o pai e a mãe têm o seu espaço e precisam de tempo só para eles. E nem é assim tão difícil de fazer. Reclame o seu espaço, reconquiste o quarto e dê largas ao romance.

Palavras-chave

Relacionados

Comportamento

Livro de instruções para 'rapidinhas'

Gosta de aproveitar o prazer de saber que podem ser ‘apanhados' a qualquer momento? Para os fãs, aqui fica um manual de instruções para que nada estrague esse momento:

Comportamento

Sexo após o parto: como regressar ao 'normal'?

A felicidade de ter um bebé tem muitas vezes consequências ao nível do relacionamento sexual do casal, e podem passar meses antes de retomar a vida sexual de forma mais ou menos normal. Perceba os motivos e não deixe que isso aconteça consigo.

Comportamento

Teste: Você e o seu companheiro dão-se bem na cama?

Você e o seu companheiro dão-se bem na cama ou são necessários alguns ajustamentos? Responda ao teste e peça-lhe que faça o mesmo, sem que saibam as respostas um do outro. No final confiram o número de respostas iguais e avaliem a vossa situação.

Comportamento

É uma boa amante? Santinha ou bomba? Faça o teste e descubra

Todas as mulheres têm potencial para a sensualidade: resta desenvolvê-lo. Descubra se já a sabe toda ou precisa de umas lições...

Comportamento

Como conquistar o homem que deseja

Sermos ou não sensuais e atraentes para o sexo oposto é muito uma questão de atitude. Por vezes, mudar certas coisas faz toda a diferença..

Comportamento

Testemunhos: os homens contam-nos que odeiam na cama

Na primeira pessoa, cinco homens confessam aquilo que mais detestam quando o assunto é sexo. Curiosa?

Comportamento

Como dar um novo impulso à sua vida sexual

Uma psicoterapeuta fala-nos da razão pela qual nem os melhores casamentos escapam à falta de desejo sexual, arruma de vez alguns mitos que julgávamos verdades absolutas e aponta soluções para que o fogo da paixão regresse aos lençóis.

Comportamento

Já conhece a Maleta Vermelha?

Brinquedos e cosmética erótica para mulheres. O irreverente conceito que encara o sexo sem tabus

Mais no portal

Comportamento

Cansada de deixar as coisas pelo meio? Estas dicas podem ajudar

Aqui ficam cinco conselhos de uma especialista para levar tarefas e objetivos até ao fim.

Finanças de A a Z

Como planear a poupança das crianças em apenas três passos

Este é o tema do novo episódio da rubrica Finanças de A a Z.

Deep Talk

Li Furtado: "A melhor influenciadora é a cliente que surge naturalmente"

A paixão pelo e-commerce e pelas compras online levaram Li Furtado a deixar uma carreira tradicional para lançar um negócio digital. O resultado é a super bem-sucedida marca de moda CINCO.

Moda

Hailey Bieber usa a próxima cor do momento em viagem a Paris

Inspirámo-nos no estilo da modelo e reunimos várias peças que são a cara dao verão.

Diz Quem Sabe

Neste verão, medite: a sua saúde mental agradece

Um artigo de opinião assinado por Joana Freitas, mental coach e CEO da empresa especializada em serviços de Gestão de Stress Up Your Mind.

Beleza

Batom para fazer o contorno do rosto? Este truque de maquilhagem prova que é possível

Sim, é inacreditável, mas leu bem.

Saúde

6 alimentos que ajudam a controlar a ansiedade no dia a dia

Recomendados por um especialista.

Comportamento

O que não fazer quando alguém tem um comportamento hostil

De acordo com um especialista, este é o caminho para uma conversa construtiva.

Moda

Esta é bem capaz de ser a tendência mais confortável da nova estação

É perfeita para usar nos dias quentes de verão, em idas à praia ou à piscina.

Moda

Precisamos de uns ténis iguais a estes, de Kate

São cheios de estilo e ficam bem com tudo.