crianças

crianças

Thinkstock

A maioria das crianças não tem necessidade de usar óculos, mas as que têm falta de vista nem sempre sabem manifestar-se. Ou seja, é mais difícil perceber se o seu filho precisa de óculos do que diagnosticar-lhe uma febre. Mas não desespere, porque é possível.

Como saber?

As crianças quando são muito pequenas possuem algumas dificuldades em exprimirem a dor, desconforto ou falta de visão. São geralmente vagas e pouco precisas, o que pode dificultar o diagnóstico final. No entanto, prepare-se, se ambos os pais tiverem problemas de vista, é muito provável que o filho também vá sofrer do mesmo.

Mesmo que não seja esse o seu caso, não deixe de tomar atenção a alguns indícios fáceis de detectar:

. Queixa-se de dores de cabeça quando vê televisão ou quando lê.

. Apresenta a vista inflamada ou lacrimejante.

. Aproxima-se muito da televisão ou dos livros que lê, como se tivesse dificuldade em conseguir perceber aquilo que visualiza.

. Esfrega os olhos com frequência ou arregala-os muito.

. Não possui interesse pela leitura ou evita-a.

De olhos bem abertos

O início da vida escolar também pode ser uma das melhores alturas para se aperceber se existem dificuldades visuais na criança.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, cerca de 10% das crianças em idade escolar apresentam deficiências visuais, por isso já sabe: pais estejam atentos aos vossos filhos, Como os problemas de visão podem interferir com o rendimento escolar da criança, uma ida ao pediatra e posteriormente ao oftalmologista, poderá dissipar dúvidas. Estes especialistas recomendam que todas as crianças entre os três e os quatro anos de idade se submetam a um exame ocular, mesmo que aparentemente não possuam qualquer problema.

Os casos mais comuns traduzem-se por:

Miopia: provoca dificuldade na focagem das coisas sejam elas objectos ou na própria leitura. Caracteriza-se por um semicerrar dos olhos de forma mais ou menos constante, principalmente quando tentam visualizar algo com mais atenção.

Astigmatismo: visão geralmente turva que provoca uma distorção daquilo que visualiza.

Olho ‘preguiçoso’: há tendência para que a criança visualize melhor de um olho do que do outro. Se tapar um dos olhos, aquele do qual ela vê pior manifestar-se-á através de irritações e até mesmo do choro.

 

Caixa de óculos

Nem sempre é fácil para uma criança habituar-se aos óculos, mas terá de o obrigar a fazer um esforço. Quando o defeito de visão é grande elas próprias procuram os óculos. Hoje em dia já existe uma variedade de modelos alegres e atractivos que o poderão cativar. Leve o seu filho consigo e deixe-o escolher a armação de acordo com o seu gosto, pois ele mais do que ninguém terá de se sentir bem com ela. Caso faça birras, ou lhe diga que os amigos na escola gozam com ele (e com certeza que não é o único), tente explicar-lhe que usar óculos é para seu bem. Dessa forma já não lhe doerá a cabeça, nem ficará com a vista inflamada e vermelha. E dê-lhe confiança, porque só assim ele também aceitará melhor a ideia.

 

Consultoria: João Pinheiro, oftalmologista, Clínica Microcular, Ed. Monumental, Av. Praia da Vitória, 71- 2ºB, Lisboa, tel.: 21 3110 501.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA por apenas €2,60/mês. Aproveite esta oferta especial, tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo e arquivo digital, leia em qualquer lugar e cancele quando quiser. ASSINE AQUI

Relacionados

Comportamento

Saúde infantil: prepare o detector de mentiras

No que respeita à saúde das crianças, há ditos que passam de geração em geração, mas nem tudo o que se diz é certo. Verdade ou mentira? Venha descobrir connosco.

Beleza

Sites de saúde na internet: até que ponto deve confiar?

Utilizar a Internet como fonte de informação sobre saúde pode ser vantajoso, mas requer alguns cuidados.

Comportamento

Crianças: quando o diagnóstico é asma!

A asma é a doença crónica mais frequente na infância, mas não tem de ser sinónimo de incapacidade. Saiba como pode ajudar o seu filho.

Comportamento

Quando lhe dói o ouvido

As otites são uma das causas mais frequentes de visita ao pediatra. Aprenda a reconhecer os sintomas e saiba como ajudar o seu filho.

Mais no portal

Beleza

É provável que esteja a cometer estes 5 erros na rotina de beleza

Confira as dicas desta dermatologista.

Lifestyle

Agora, encontra bolos caseiros no Cais do Sodré

Conheça o The Cakery.

Beleza

Este truque simples tem muitos benefícios para a pele e o cabelo

Os especialistas dizem que vale muito a pena fazer esta substituição à noite.

Nas Bancas

Conheça melhor o delicioso mundo de Luísa Villar

Uma artigo para ler e saborear com todos os sentidos, sobre esta mulher inspiradora que decidiu mudar de vida aos 50 anos.

#VozActiva

Helena Isabel abre o coração sobre o significado da idade

O que é a idade e o que é que ela nos traz? Helena Isabel, a protagonista de capa da nossa edição de fevereiro (nas bancas) responde no #vozactiva deste mês.

Diz Quem Sabe

Síndrome do Impostor: quando somos o nosso pior inimigo

Saiba como contornar o problema.

Saúde

Porque é que a COVID-19 causa confusão mental?

Um estudo recente encontrou respostas.

Saúde

Este truque potenciam os inúmeros benefícios do alho

Confira como deve consumir este poderoso alimento.

Lifestyle

Instituto Macrobiótico fecha portas após 40 anos

As dificuldades financeiras trazidas pela pandemia foram motivo apontado.

Lifestyle

EasyJet tem viagens a partir de 14,99 euros

Aproveite!

Moda

As tendências de botas que vão vingar em 2022

De acordo com a Zara.

Saúde

5 truques para proteger as mãos do frio

Gestos que podemos ter para evitar danos nesta parte do corpo que, regra geral, está muito exposta e acaba por sofrer lesões quando as temperaturas estão mais baixas.