146722641.jpg

Ter uma má nota, não correr tão depressa como o amigo, levar uma ‘tampa’ da namorada… As crianças de hoje têm imensa dificuldade em lidar com o erro e o fracasso. Mas será que não estão a ser o nosso espelho?

O fracasso está ligado à frustração: ‘não conseguir’ aparece cada vez mais ligado ao ‘não ter’ e ambos ao ‘não ser’ – o que pode ser perigoso.

Os mais novos foram habituados a ter tudo já. Quem não teve uma educação para a frustração não percebe que precisa de esperar para ter alguma coisa. E isso pode resultar em comportamentos destrutivos. ‘Vivemos numa sociedade em que se tem de ter sucesso para se ser julgado digno de pertencer’, nota a psicóloga Dalila Paulo. ‘As crianças já vão para a escola a competir umas com as outras. É urgente fazer um descondicionamneto da ideia de que a felicidade está em ter um carro grande e imensos telemóveis. A felicidade está no conforto espiritual.’

Os pais precisam de valorizar a criança pelo que ela tem de único e especial. ‘O que mais me aparece actualmente nas consultas são crianças mal-aproveitadas, que mostram uma nota aos pais e eles dizem ‘ah tiveste um Bom? podias ter feito melhor…’.

O que é urgente fazer: criar um espaço seguro onde a criança possa ser quem é, onde possa errar sem medo que deixem de gostar dela, onde tenha desafios sem que estejam sempre a tentar poupá-la a tudo. Os mais novos têm de perceber que aquilo que vale a pena dá trabalho e exige esforço. O importante é não querer poupá-los ao fracasso a todo o custo, porque é errando que se aprende a crescer.

O que é que um pai pode fazer: lembre-lhe que todas as invenções tiveram por base o erro. Sempre que errar, identifique as soluções. Não o resgate de falhar: deixe-o assumir as consequências. Não estudou? deixe-o ‘provar’ uma negativa

E acima de tudo, ensine que um erro é um trampolim para o sucesso: uma oportunidade maravilhosa para fazer melhor.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA por apenas €2,60/mês. Aproveite esta oferta especial, tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo e arquivo digital, leia em qualquer lugar e cancele quando quiser. ASSINE AQUI

Relacionados

Comportamento

Crianças: presentes de Natal devem ser simples

Psicólogos aconselham os pais a evitarem os brinquedos 'pré-brincados'

Comportamento

Crianças portuguesas passam cada vez menos tempo com os pais

25% das crianças até aos três anos passam o dia em creches e 82% dos menores entre os quatro e os seis anos frequentam a pré-primária. Só não sobra muito tempo para estarem com os pais.

Mais no portal

Beleza

É provável que esteja a cometer estes 5 erros na rotina de beleza

Confira as dicas desta dermatologista.

Lifestyle

Agora, encontra bolos caseiros no Cais do Sodré

Conheça o The Cakery.

Beleza

Este truque simples tem muitos benefícios para a pele e o cabelo

Os especialistas dizem que vale muito a pena fazer esta substituição à noite.

Nas Bancas

Conheça melhor o delicioso mundo de Luísa Villar

Uma artigo para ler e saborear com todos os sentidos, sobre esta mulher inspiradora que decidiu mudar de vida aos 50 anos.

#VozActiva

Helena Isabel abre o coração sobre o significado da idade

O que é a idade e o que é que ela nos traz? Helena Isabel, a protagonista de capa da nossa edição de fevereiro (nas bancas) responde no #vozactiva deste mês.

Diz Quem Sabe

Síndrome do Impostor: quando somos o nosso pior inimigo

Saiba como contornar o problema.

Saúde

Porque é que a COVID-19 causa confusão mental?

Um estudo recente encontrou respostas.

Saúde

Este truque potenciam os inúmeros benefícios do alho

Confira como deve consumir este poderoso alimento.

Lifestyle

Instituto Macrobiótico fecha portas após 40 anos

As dificuldades financeiras trazidas pela pandemia foram motivo apontado.

Lifestyle

EasyJet tem viagens a partir de 14,99 euros

Aproveite!

Moda

As tendências de botas que vão vingar em 2022

De acordo com a Zara.

Saúde

5 truques para proteger as mãos do frio

Gestos que podemos ter para evitar danos nesta parte do corpo que, regra geral, está muito exposta e acaba por sofrer lesões quando as temperaturas estão mais baixas.