Mude o seu quarto e tenha mais e melhor sexo!

1- Goste da sua própria companhia: quem sabe estar sozinho (a), é cheio (a) de interesses e tem uma vida entusiasmante (ou simplesmente, uma rica vida interior) não só é mais feliz, como se torna mais atraente para os outros.

2- Ame-se acima de todas as coisas e dê-se ao luxo de recusar ter pessoas ao seu lado, se não corresponderem ao que deseja ou não o (a) tratarem como merece (também convém ter boas intenções para com o próximo). 
Apaixone-se um bocadinho por si própria (o). Repare nos seus pontos fortes, elogie-se e mantenha-os presentes na sua cabeça quando sai à rua, até incorporar uma atitude gentil e de apoio para consigo mesmo (a). Como dizia um bom amigo meu, as notas de 100 euros nunca andam perdidas muito tempo: alguém as agarra.  

3- Seja sensual: não necessariamente nas roupas ou atitudes (isso costuma ser óbvio demais, e não muito boa ideia) mas numa certa forma de estar. As pessoas atraentes parecem mais “vivas” do que as outras. Faça como os italianos e exercite os seus cinco sentidos. Coma, beba, desfrute da vida. Esteja atento (a) aos cheiros, sabores, cores  e pequenos luxos que o (a) rodeiam. Não há nada mais atraente do que uma pessoa apaixonada pela vida. O resto vem por acréscimo.

4- Não ponha as pessoas num pedestal e na fase da conquista, não as leve tão a sério: um relacionamento em potencia é isso mesmo. Perante uma recusa, só tem de manter em mente que há muito peixe no mar, e gente gira a ficar solteira, tal como você, todos os dias. O amor é como o biscoito: vai um, vem dezoito. A fila anda. Rei morto, rei posto (ou Rainha). Siga a marinha. Next!

5- Tenha presente na sua cabeça o retrato-robot (com alguma flexibilidade) da pessoa que  procura; defina o “tipo” que lhe agrada. Quando sabemos o que buscamos é mais fácil…e tendemos a atrair pessoas com essas características. Não sei dizer porque é que isto acontece, mas é um facto. Pense como Picasso: eu não procuro, encontro. Sem pressas.

6- Ao elaborar a sua “lista mental” não se esqueça de colocar como prioridade pessoas bondosas, meigas e gentis. Personalidade firme e uma vida cheia também são características importantes. Exija-as em si e nos outros. Sem estas características é muito difícil levar um relacionamento adiante.

7- Uma relação requer paciência, trabalho, ajustes mútuos e tolerância: estará preparado (a) para isso ou precisa de um tempinho a sós? Se é assim, volte ao ponto 1.

8-Escolha, não seja escolhida (o): as mulheres sobretudo cometem muito este erro. Não aceite menos do que aquilo que o (a) faz realmente feliz. Antes de um encontro, não fique toda(o) nervosa (o) a pensar “será que ele (a)vai gostar de mim?” . Afinal, vocês não se conhecem. Pense antes “será que eu vou gostar dele (a)?”. Isso não só lhe permite ver as coisas por um prisma mais sensato, sem idealismos a que o (a) pobre coitado (a) pode não corresponder, como reduz a necessidade de agradar e o nervosismo que estragam tudo. Não há nada tão sedutor como ser genuína (o).

9- Estabeleça padrões elevados de respeito: solteiro (a) ou comprometido (a) não aceite menos do que ser bem tratado (a) em relações futuras…e esteja disposto (a) a dar na mesma medida.

10- Se anda deprimido (a) e com medo da solidão, invista o dobro na sua imagem – sem se transformar, obviamente, noutra pessoa, ou adoptar um estilo demasiado ousado que grite “estou disponível e em desespero!”.  E mantenha o padrão depois de se apaixonar por alguém. Ninguém gosta de comprar gato por lebre…

11- Corte com o passado. Enterre os seus ex, paz à sua alma. Deixe para trás o bem e o mal que lhe fizeram. Nada disso (o) pode atingir agora. Diga para si como se diz a uma criança que caiu: já passou, já passou, já passouO passado é como o vinho velho: não convém remexer a garrafa. Tranque as recordações na arca das trapalhadas, ou se são mesmo más, atire-as para a lareira.

12 – Arranje espaço na sua vida para alguém novo – isso não acontecerá enquanto continuar ligada (o) a relações tóxicas que não vão a lado algum. Cortar definitivamente com situações emaranhadas, estagnadas, repetitivas ou simplesmente más requer coragem, mas compensa. O Universo tende a encher rapidamente os espaços vazios, bem limpos e arejados.

Autoria: Imperatriz Sissi

CLIQUE PARA VISITAR O BLOGUE

Relacionados

Moda

Crónica: Brilhante conclusão do dia: os sapatos, tal como os homens...

Todas sabemos que os scarpins e stilettos menos arredondados voltaram para fazer companhia aos pumpsaltíssimos. E, nós, portuguesas a pisar diariamente a portuguesa calçada (ou antes, o empedrado horroroso) encolhemo-nos, antecipando já o bom e o bonito que vai ser.

Moda

Crónica: Jessica Chastain está a gozar comigo

Uma blogger está no seu cantinho, admirando uma estrela de cinema que tem a beleza clássica, a figura, o talento e o brilho para servir de inspiração, uma actriz ruiva e tudo, sem bronzeado falso e que é uma brisa de classe entre a multidão de patas bravas de Hollywood.

Moda

Crónica: desastres mais comuns dos looks profissionais... e como evitá-los

Sempre que vou ao banco, há algo que me salta à vista: a falta de graça e de aprumo no visual da maioria das funcionárias. Embora o dress code as obrigue a usar tailleur ou algo que remotamente se pareça com isso, o resultado raramente é satisfatório.

Moda

Crónica: Em busca da esmeralda: colecções, aquisições e...indoor shopping

Todos já sabemos que verde-esmeralda é a cor do ano. Mencionei-a há dias e estou contente porque adoro esse tom: é rico, sofisticado, tem um toque retro e imprime requinte a peças e acessórios.

Moda

Crónica: Mini guia da Fast Fashion: onde comprar o quê (Parte II)

Continuando o artigo 'Mini guia da Fast Fashion: onde comprar o quê' aqui ficam mais algumas sugestões sobre o que comprar - ou reconsiderar - nas cadeias de fast fashion mais populares e presentes no nosso país.

Mais no portal

Comportamento

4 formas de salvar o planeta entre quatro paredes

A sustentabilidade chegou ao sexo.

Moda

Parfois: 5 colares perfeitos para o verão

Cor não lhes falta!

Comportamento

Os 10 países mais ecológicos do mundo ficam na Europa - mas Portugal não é um deles

Veja em que posição estamos e o que podemos aprender com as nações que dão o exemplo.

Moda

Conheça cinco marcas de moda que estão a mobilizar-se pelo planeta

O resultado são estas coleções, que aliam estilo a consciência ambiental.

Beleza

As novidades de beleza para um estilo de vida mais sustentável e consciente

Para celebrar o Dia da Terra, assinalado anualmente a 22 de abril.

Lifestyle

O segredo de Vanessa Martins para poupar até 5 litros de água por dia em casa

Um pequeno gesto com grandes repercussões.

Mulheres Inspiradoras

Quatro ambientalistas portuguesas que tem mesmo de conhecer

Aqui ficam alguns exemplos de mulheres que renovam diariamente o compromisso de conservação e preservação ambiental.

Saúde

Grávida? Entenda a importância da gestão da ansiedade e do exercício físico

Uma fase de várias mudanças que exige um grande sentido de adaptação.

Moda

Roupa interior e de banho criada a pensar em mulheres que passaram por uma mastectomia

A Mango estreia-se neste tipo de underwear e swimwear específicos, sendo que todos as lucros da venda desta coleção serão doados à associação teta & teta.

#VozActiva

Madalena Brandão: "Ser mãe é uma aprendizagem constante"

No #VozActiva deste mês, a nossa protagonista de capa fala sobre a jornada que é a maternidade. Uma conversa a não perder!

Nas Bancas

A sua Activa ao alcance de um click

Abril águas mil e aquela preguiça de correr debaixo de chuva até ao quiosque para comprar a Activa mais recente? Não stresse. Basta assinar a ACTIVA digital e tem acesso a tudo, sem se molhar.