criançaconstipação.jpg

Getty Images

Sabia que é normal as crianças terem 6 a 8 constipações por ano? Quem o diz é Rita Machado, pediatra. Isto porque “uma constipação pode ser provocada por milhares de vírus, sendo o rinovírus o mais frequente e só esse tem mais de 100 variantes.”

Sintomas: espirros, congestão nasal, tosse, dor de garganta e, em alguns casos, febre baixa.

Como tratar: beber líquidos (chás, para tornar as secreções mais fluidas); lavar o nariz com soro fisiológico e fazer atmosfera húmida. Ao fim de 5 dias desaparecem todos os sintomas, à exceção da tosse (que pode prolongar–se por 2-3 semanas). Se ao fim deste tempo a febre se mantiver ou aumentar, e a criança ficar mais prostrada, é sinal de que a situação piorou. Esteja atenta às complicações mais frequentes de uma constipação.

Olhos

Nas crianças, a conjuntivite é uma complicação frequente da constipação porque é habitual levarem a mão ao nariz e depois coçarem os olhos. “Pode seruma complicação ou fazer parte do quadro clínico, depende do vírus. Se for uma constipação por adenovírus, este dá olhos vermelhos”, revela Rita Machado. À partida é de origem vírica e acompanha-se de ardor e prurido.

Quando ir ao médico: se acordar com o olho cada vez pior, com muita ramela. Nesse caso, tem de aplicar antibiótico tópico.

O que pode fazer em casa: lavar o olho com soro (de fora para dentro) com uma compressa esterilizada.


Ouvidos

As crianças queixam-se muitas vezes de dores de ouvido quando estão constipadas, mas pode não haver infeção. No entanto, isso pode acontecer e dá origem a otites, que são as complicações da constipação mais comuns, sobretudo em bebés até aos 12 meses.

Quando ir ao médico: se tiver otites com frequência; se o bebé tem febre, geme, está muito queixoso e chora mais quando o deitam. “Damos logo antibiótico aos bebés com menos de 1 ano quando têm febre e estão muito congestionados. Acima dessa idade, esperamos que tome paracetamol e ibuprofeno durante 2 dias, se a dor persistir tem de tomar antibiótico.”

O que pode fazer em casa: comece por descongestionar o nariz e dar ibuprofeno (para aliviar a dor). Se tiver febre, pode alternar com paracetamol.

Garganta

“Os vírus da constipação podem causar dor de garganta e amigdalites, mas estas são, na grande maioria, de origem viral, não é para dar antibiótico”, diz a pediatra. As amigdalites bacterianas têm sintomas diferentes: amígdalas muito vermelhas, febre alta, dor de cabeça e de barriga, e não vem acompanhada de sintomas respiratórios. Em caso de dúvida o médico pode fazer o teste com um cotonete gigante (zaragatoa) para se certificar se é de origem bacteriana.

Quando ir ao médico: o normal é ter 3-5 dias de febre, mas se esta persistir, mesmo com paracetamol, e a criança estiver prostrada, se tiver muita dificuldade em engolir, deve ser vista por um pediatra.

O que pode fazer em casa: aliviar a dor de garganta com paracetamol ou anti-inflamatório, fazer comida pastosa (mais fácil de engolir), mas respeitar o apetite, optar por soros de hidratação oral e mel (para maiores de 2 anos).

Peito

Pneumonia, bronquiolite e bronquite podem ser causadas tanto por vírus como bactérias. A bronquiolite é uma complicação frequente de qualquer vírus das constipações, sobretudo em crianças abaixo dos 2 anos.

Os sintomas destas doenças são: dificuldade em respirar, respiração ofegante, ataques de tosse, febre. Nas pneumonias, começa por ter uma febre baixa 2-3 dias e depois, em vez de aliviar, aumenta. As crianças não se querem mexer e queixam-se de dores no peito. Às vezes nem tossem, porque dói tossir.

Quando ir ao médico: logo que as dificuldades respiratórias apareçam! “O diagnóstico de pneumonia pode ser feito sem RX, apenas através da auscultação, que é muito típica. Numa urgência, em caso de dúvida, pode sempre recorrer-se a RX ou análises.”

O que pode fazer em casa: muito descanso e ingestão de líquidos para estimular a tosse, dar pancadinhas nas costas para deitarem as secreções cá para fora. Isto, claro, após ter ido ao médico.

 

Nariz

Sinusite não é comum em crianças pequenas, esta complicação da constipação só surge a partir dos 8-9 anos.

Quando ir ao médico: se os sintomas persistem há mais de 10 dias, se tiver febre e a tosse piora à noite. “A cor das secreções não tem grande significado, podem ser amarelas ou esverdeadas sem haver qualquer infeção.”

O que pode fazer em casa: para a congestão nasal, lavar o nariz com soro fisiológico, fazer aspirações e aplicar gotas vasoconstritoras (só acima dos 3 meses). “Pachos de pomadas com aroma a eucalipto ou mentol podem aliviar de início mas irritam as vias aéreas inferiores e causam mais secreções.”

Relacionados

Comportamento

Matemática não é um bicho de 7 cabeças

É natural querer ajudar os filhos nos trabalhos de casa. Nomeadamente nos de matemática. Mas... o que acontece quando os pais ainda contam pelos dedos? Se faz parte do lote, saiba que não está sozinha. E, sobretudo, que há esperança.

Comportamento

Adolescentes: Quando eles não gostam de nada

Não têm interesses, não sabem o que querem fazer na vida, andam apáticos... Como se recupera um adolescente desmotivado e se volta a fazer com que acredite que, afinal, vale a pena lutar?

Comportamento

Segurança Infantil: está a preocupar-se com as coisas certas?

Nada preocupa mais os pais que a segurança dos filhos, mas podemos estar a olhar para o sítio errado. Sabia que...

Mais no portal

Moda

Descobrimos o blusão que alia o conforto a muito estilo

Uma opção que não nos deixará passar frio a um preço acessível!

Lifestyle

Pizza doce: porque não?

Uma opção saudável para terminar a refeição.

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: o poder do jejum intermitente numa vida mais saudável

Uma prática que traz associadas vantagens e desvantagens.

Moda

Conheça as novas máscaras Parfois

E não faltam acessórios com que as combinar.

Beleza e Saúde

Os melhores cortes de cabelo para quem não quer sacrificar muito comprimento

Aqui ficam sete sugestões que encontrámos nas rede sociais e servem de inspiração para futuros looks de outono-inverno.

Beleza e Saúde

Antibióticos: uma arma poderosa quando bem utilizada

Um artigo de opinião de Vitória Rodrigues, microbiologista clínica dos Laboratórios SYNLAB.

Beleza e Saúde

O produto de beleza que conquistou Victoria Beckham e Jennifer Lopez

Meghan, a duquesa de Sussex, também é uma grande fã.

Moda

Kate mostra como usar a tendência do estilo utilitário

O conforto é a palavra de ordem e, como sempre, Kate passou no teste com distinção.