reciclar.jpg

A partir dos quatro meses começa a preocupação com a introdução dos primeiros alimentos na rotina alimentar do bebé. É uma etapa de transição importante que deve ser feita de forma equilibrada a nível nutricional. Papas e sopas são os primeiros alimentos a serem incluídos no cardápio. A ordem vai depender da preferência, a opinião dos pediatras varia, mas alguns aconselham começar pelas sopas se o bebé estiver acima do peso recomendado e pelas papas se estiver abaixo. Começa-se por substituir apenas uma refeição de leite, geralmente o almoço, depois, durante o mês seguinte, aumente para duas, o lanche e almoço. Geralmente, o bebé precisa do leite até, pelo menos, aos 12 meses, altura em que a dieta de sólidos já estará suficientemente variada para lhe dar os nutrientes que precisa. Até lá mantém-se uma ou duas refeições de leite, de manhã e à noite, por exemplo. Por volta dos sete ou oito meses o bebé já estará a fazer três refeições diárias e começa  a comer carnes vermelhas e peixes gordos.

As primeiras papas, à base de farinhas, podem ser feitas com leite, materno ou em pó, ou com água e dadas ao almoço ou lanche, a substituir uma refeição de leite. Idealmente devem ter uma consistência semilíquida, parecida com o leite para ser mais fácil de engolir. O leite, se não for materno, deve ser sem glúten (ver ‘Finte as alergias’).

As primeiras sopas ou purés devem ser de legumes (se começar pela fruta os bebés podem ter dificuldade em passar para os legumes, por serem menos doces). A base da sopa pode ser uma batata, uma cenoura ou abóbora e uma cebola. Os legumes de raiz são bons para começar porque são naturalmente doces e fazem purés suaves. De dois em dois dias junte um legume novo, para ver se há reação alérgica. Alface, alho-francês, feijão-verde, brócolos, agrião, nabiça, curgete, couve-flor ou espinafres são boas opções. Na confeção use apenas um fio de azeite e abdique do sal. Não convém usar demasiada água na cozedura, para evitar a eliminação de nutrientes. Quanto à fruta, comece pela banana, maçã ou pera triturada, sem ser cozida. O abacate esmagado também é muito nutritivo. Pode experimentar misturar arroz nos purés de fruta e legumes. Se o legume novo tiver um sabor muito forte, como os brócolos ou os espinafres, misture-o com um legume de raiz, como a batata-doce ou a cenoura.

A carne e o peixe começam a ser introduzidos cerca dos 5 meses e meio, 6 meses, assim como os cereais e laticínios como iogurte (sem açúcar, adoçantes ou intensificadores de sabor), queijo ou manteiga. Comece com 30 ou 40g de carne magra – como borrego, cabrito, frango ou peru, sem osso –  moída e misturada na sopa. O peixe deve ser pescada, linguado, besugo, solha, robalo, ou sargo. Por esta altura já poderá misturar purés, dar fruta e legumes, carnes, peixes ou massas na mesma refeição. A fruta deve ser dada no fim, triturada e não cozida.

Por volta dos 8 meses o seu bebé já estará com uma alimentação muito variada. Idealmente beberá leite de manhã; ao almoço comerá uma sopa com carne e uma sobremesa de fruta; ao lanche, um iogurte, fruta ou uma papa láctea; ao jantar, uma sopa de peixe e uma sobremesa de fruta; à ceia, (opcionalmente) leite. Aos 9 meses começam a nascer os primeiros dentes e é a altura certa para introduzir novas texturas. Triture menos os alimentos, para ajudar a estimular o maxilar e a língua. Esmague a fruta com o garfo e desfaça o peixe apenas. Uma a duas vezes por semana introduza na dieta uma gema de ovo cozida. Misture arroz e massas cozidas nos purés. Passe para a mão dele pedacinhos de pão ou bolacha tipo Maria, aos 11 meses pode começar a experimentar os alimentos dos pais, para se ir habituando. Deixe que brinque com a comida para se familiarizar e comece a dar-lhe os líquidos num copo, abandonando o biberão.

Nada de sal

Não deve adicionar sal na comida do bebé, porque é prejudicial aos rins e contribui para o aparecimento de hipertensão. Por não estar habituado, o bebé não sente falta em termos de sabor, nem precisa nutricionalmente. Em www.menos-sal.com tem mais informação sobre prevenção da hipertensão.

Finte as alergias

Até aos 6 meses, o organismo do bebé ainda é imaturo, pelo que o risco de alergia e intolerância alimentar é maior, sobretudo se houver historial na família. Leite de vaca, ovos, trigo, peixe e soja são alimentos propensos a causar alergias, assim como morangos, citrinos e quivis. No primeiro ano, deve evitar-se fritos, chocolate, clara de ovo, carne de porco, mariscos, frutos secos e fumados. Um dos primeiros sinais de alergia é o eczema atópico, uma irritação na pele. Por norma, as restrições cessam aos 12 meses. À exceção dos morangos e carne de porco, que deve evitar até aos 18 meses. O glúten é outro potencial alérgeno. Em Portugal, cerca de 35 crianças nascem todos os anos com intolerância genética ao glúten. É por isso recomendável que as primeiras papas lácteas sejam com farinhas sem glúten, uma proteína presente no trigo, centeio, cevada e aveia.

 

Relacionados

Comportamento

Sabe o que o seu filho come na escola?

Não fique à espera que o seu filho chegue a casa a reclamar das salsichas servidas ao almoço. Ele até pode vir satisfeito mas será que a comida satisfaz do ponto de vista nutricional? Fomos investigar.

Comportamento

Pequenos problemas de barriga: como resolvê-los

Muitas crianças sofrem com prisão de ventre, mas com uma alimentação saudável este problema pode ser minorado. A nutricionista Alexandra Bento explica-lhe como.

Mais no portal

Lifestyle

Livro da semana: "A Educação de Eleanor" faz sorrir ao mesmo tempo que emociona

Um livro de Gail Honeyman, publicado pela Porto Editora.

Celebridades

A internet não estava preparada para estas fotografias antigas de Kylie Jenner

A socialite celebrou o 23º aniversário, no passado dia 10 de agosto.

Beleza e Saúde

Covid-19: fumadores passivos correm maior risco de infeção?

Entenda a relação e perceba quais as melhores formas de se proteger.

Moda

Há novidades quentinhas a sair do forno da Parfois

Os novos acessórios e vestuário da marca portuguesa destacam-se pelos tons terra.

Comportamento

Diz quem sabe: não se esqueça de se amar primeiro

Uma lição de autoestima inspirada numa famosa série. “Porque Carry Bradshaw teria sido uma ótima Coach!”.

Celebridades

Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger dão as boas-vindas ao primeiro filho

Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger celebraram o primeiro aniversário de casamento em junho e assinalam agora a chegada do primeiro filho.

Moda

Estes são os modelos de 'beachwear' a que estas famosas não resistem

A época balnear já está mais do que aberta e as redes sociais são a prova disso.

Moda

Coleção "eco friendly" de calçado com modelos a partir dos 12,99 euros

As propostas são da Seaside.

Moda

Estes são os ténis que vão dar um novo fôlego à sua corrida

O regresso de um clássico, em novas cores.

Celebridades

Simon Cowell no hospital após acidente de bicicleta

O jurado do 'America´s Got Talent' está no hospital.

Lifestyle

Unique Sushi Lab: onde comer é sempre uma (boa) surpresa

O restaurante que os amantes de sushi têm de conhecer e que ér capaz de converter mesmo os mais desconfiados em fãs da culinária japonesa. A culpa é do chef Johnny Keep.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel