178553872.jpg

Getty Images/iStockphoto

Sabia que existe uma Diretiva Europeia relativa aos brinquedos, que obriga os fabricantes a cumprirem rigorosos requisitos de segurança? Com os brinquedos não se brinca, mas nem sempre é fácil saber o que é seguro e não é no meio da azáfama das lojas, sobretudo no natal. E para quem compra na internet os cuidados devem duplicar. Com a ajuda do site showroomprive.pt damos uma ajuda.

1- Antes de pagar comprove o conteúdo da embalagem e o funcionamento do brinquedo para assegurar-se de que está em bom estado. As instruções de uso têm de estar em português. Além disso, convém conservar a fatura da compra e a embalagem.

2-Atenção aos brinquedos que contenham peças pequenas ou partes que possam levar a riscos de asfixia. As advertências de risco para menores de 3 anos devem estar claramente especificadas e os produtos para esta faixa etária não devem conter peças com menos de 3 centimetros de diâmetro e 6 centímetros de largura.

3- Rejeite brinquedos cuja etiqueta não inclua a marca “CE” (Conformidade Europeia) de segurança ou que não tenha informações sobre os fabricantes ou importadores. Qualquer brinquedo fabricado ou vendido na UE deve conter a marca CE, o nome e a morada do fabricante.

4- É importante saber quais são os brinquedos mais apropriados a cada idade. Não convém comprar para as crianças de 0 a 2 anos, os brinquedos pensados para crianças mais velhas.

5- Evite brinquedos que considere sexistas ou que incentivem a violência. As brincadeiras de hoje são os valores de amanhã. Evite também o consumismo e explique às crianças que o Pai Natal não pode trazer todos os brinquedos que elas pedem.

6- Cuidado com os brinquedos que não são brinquedos, como os puzles com mais de 500 peças, as jóias de brincar destinadas às crianças ou os jogos e brinquedos destinados a adultos.

7- O que eles têm, o que querem e o que precisam? Nos primeiros anos são sempre os adultos que escolhem os brinquedos, mas conforme o tempo passa é bom que se questione antes de comprar: o que é que ele já tem? O que é que quer? O que precisa? Desta forma, os brinquedos são escolhidos em função dos seus gostos, interesses, necessidades e capacidades.

8- Brinquedos que educam: Tenha em conta os valores éticos e morais que os brinquedos propõem. Brincar é uma actividade educativa e comprar também. Procure fazê-lo de forma mais sustentável e solidária.

9- Doseie os brinquedos. No natal as crianças recebem muitos brinquedos de toda a famÍlia. Uma vez abertos os presentes, entregue apenas alguns para que brinquem com eles e guarde os restantes. Entregue-os depois à criança ao longo do ano.

10- Brique com elas. Os adultos têm um papel importante nas brincadeiras, seja a transmitir hábitos de uso e cuidado ou simplesmente a acompanhar e observar a sua actividade lúdica.

Relacionados

Comportamento

Peluches para a Educação: campanha solidária regressa e faz 10 anos

Por cada peluche ou livro infantil vendido, a Ikea Foundation doa €1 a programas de educação da UNICEF e Save The Children em todo o mundo.

Lifestyle

Ideias para os presentes de última hora

Ainda não sabe o que dar à melhor amiga, ao seu sobrinho, ao irmão? Reunimos uma seleção de ofertas para todos as bolsas e idades; dos brinquedos para criança aos acessórios para adulto... e até sabores gourmet ou vouchers para aulas de yoga. Inspire-se.

Mais no portal

Moda

Inspire-se no que há de novo nestas marcas de moda populares

A nova estação traz muitas novidades e estas marcas dão o mote para o que vamos querer usar nos dias quentes.

Exclusivo
Beleza

Bárbara Corby: "Considero que a beleza vem de dentro"

A influencer é o novo rosto da Vichy em Portugal, depois de ter sido embaixadora digita da marca durante algum tempo. Em conversa com a ACTIVA falou sobre o novo papel e a a relação que tem com o mundo da beleza.

Imagem de Sucesso

Como usar o cinto para modernizar looks e valorizar a silhueta

Quer seja fino, grosso, de metal ou de couro, o cinto pode ser um grande aliado para no que toca ao styling.

Mulheres Inspiradoras

Joana Pessoa: um novo fado

É fadista desde os 15 anos, mas isso está longe de resumir a sua vida. Estivemos à conversa sobre escolhas, caminhos, filhos, divórcio, destino, amor, velhice, para voltarmos ao fado e fecharmos o círculo. Levei-lhe quase quatro horas de vida. É o que dá conversar com uma das mulheres mais interessantes que já entrevistei.

Celebridades

O momento exato em que o palácio anunciou a morte do duque de Edimburgo

Algumas pessoas já foram deixar flores nos portões de Buckingham para homenagear Philip, que morreu nesta quinta-feira, 9 de abril. Veja as primeiras imagens.

Comportamento

Existem quatro tipos de vinculação num relacionamento - saiba qual é o seu

Este tipo de apego é construído na infância e pode acabar por ter repercussões na vida adulta.

Lifestyle

O guia de cinco passos para começar a praticar o "self-care"

Este tipo de cuidados consigo mesma é capaz de gerar mais qualidade de vida e bem-estar.

Celebridades

Os motivos para a polícia ter ido nove vezes à mansão de Meghan e Harry na Califórnia

O afastamento da família real trouxe vários problemas de segurança para a vida dos duques de Sussex nos Estados Unidos.

Moda

Estas novidades de moda prometem fazer furor nos meses quentes

São mais de 20 artigos que aliam elegância, estilo e cor. A combinação ideal para receber a primavera.

Moda

Conheça esta coleção de roupa sustentável para a primavera/verão

Com direção criativa de Sara Carbonero.