A conversa aqueceu num episódio recente do Passadeira Vermelha. No dia 16 de abril, os comentadores analisaram um vídeo, no qual Liliana Aguiar e Francisco Nunes discutem um tema que consideram “polémico”: o orgasmo feminino.

De recordar que o casal produz conteúdos para o canal de YouTube Liliana Sem Salto. Num dos seus vlogues, a empresária fala apaixonadamente do assunto e afirma que muitas mulheres “fingem ter orgasmos para satisfazer o companheiro.” O ex-manequim, por sua vez, dá a entender que os homens não conseguem perceber quando as companheiras estão a simular atingir o clímax.

O diálogo a dois deu o mote para uma troca de ideias no talk show nacional, e Maria Botelho Moniz acabou por surpreender os colegas no painel moderado por Liliana Campos com uma simples palavra.

“Que atire a primeira pedra a mulher que nunca fingiu um orgasmo,” diz Joana Latino. “Eu,” responde a apresentadora de 35 anos. “Oh, mulher! Tens que o fazer às vezes, se não isto nunca mais acaba,” responde a jornalista. “E assim termino este tema. Eu,” acrescenta Maria, em tom de brincadeira.

Quem viu o episódio, com certeza reparou que a revelação causou um silêncio – que embora tenha sido breve, pareceu durar uma eternidade – em estúdio. Isto porque, por algum motivo, tornou-se expectável ouvir que uma mulher já fingiu um orgasmo pelo menos uma vez na vida. E os dados corroboram-no. Por exemplo, de acordo com um estudo de 2017, metade das mulheres estadunidenses admitem que já o fizeram.

58659816_355720985150038_3166139561491300352_n.jpg

Imagem retirada de ‘Resumindo’, uma série original da Netflix

Os cientistas ainda não têm a certeza de quais são os músculos que estão envolvidos no orgasmo feminino, e não conseguem chegar a um consenso em relação à existência do Ponto G. Além do mais, muitos de nós aprendemos uma boa parte daquilo que sabemos acerca de normas sociais e sexo através de Hollywood ou de pornografia, o que… bom, digamos que não é muito prático no dia-a-dia. E tudo isto ainda é demasiado tabu, principalmente fora dos grandes centros urbanos.

Estamos em 2019. Porque é que o orgasmo feminino ainda é tão complicado?

ezgif.com-gif-maker.gif

Respostas no Instagram à pergunta “Na vossa opinião, por que motivo(s) as mulheres fingem ter orgasmos?”

Fomos falar com a sexóloga Vânia Beliz para descobrir a resposta.

19437535_1519724258077937_6546945873402630821_n.jpg

Vânia Beliz

D.R.

Como se explica que, atualmente, as mulheres continuem a fingir orgasmos?

Muitas mulheres ainda não conseguem ter prazer. Alguns estudos referem que 10% não o conseguem – acredito que sejam mais – e isso faz com que acabem por fingi-lo.

Na sua opinião, quais são os principais motivos que as levam a fazê-lo?

As mulheres não querem decepcionar os parceiros, por isso acabam por mentir em relação ao seu prazer. Também existe uma pressão para o orgasmo, como se a satisfação sexual dependesse disso. Por conseguinte, não atingir o orgasmo faz com que se tinham “diminuídas” no seu potencial.

Fingir orgasmos é, de facto, um problema ou simplesmente temos uma visão limitada daquilo que é o prazer sexual feminino?

Se queremos conquistar o prazer, fingir nunca é uma boa estratégia. Isso faz com que não nos empenhemos em consegui-lo e com que os nossos parceiros não experimentem outras formas de nos estimular. Se fingirmos, não vamos conseguir ultrapassar as dificuldades para alcançar mais prazer.

thumbnail_Untitled.jpg

Imagem retirada de ‘Resumindo’, uma série original da Netflix

Um estudo americano de 2017 comparou a frequência de orgasmos entre homens e mulheres, consoante o género do parceiro sexual. As conclusões foram as seguintes: 95% dos homens heterossexuais diziam ter orgasmos regularmente durante o sexo, enquanto 65% das mulheres heterossexuais admitiam o mesmo. Contudo, no caso das mulheres lésbicas, o número subia para 86%. Por que motivo(s) o orgasmo feminino parece ser mais difícil quando um homem está envolvido?

Os resultados são muito importantes porque mostram que a penetração não é de todo o mais importante para o prazer feminino. Numa relação lésbica o toque e a estimulação externa privilegia o clitoris, que é a principal estrutura para o prazer feminino. A penetração não é o principal caminho para o prazer feminino.

O que é que os parceiros sexuais podem fazer para ajudar?

Melhorar, por exemplo, a estimulação focada essencialmente na estrutura clitoriana, usando um bom lubrificante que ajude a tocar esta zona tão sensível.
Captura de ecrã 2019-04-23, às 19.37.45.png

Imagem retirada de ‘Resumindo’, uma série original da Netflix

Num inquérito de 2010, concluiu-se que as raparigas tinham quase duas vezes mais probabilidade do que os rapazes de dizer que nunca se masturbaram. Qual é a importância da exploração individual não só para sabermos o que nos faz sentir bem, como para comunicarmos isso a um parceiro

É muito importante! Muitas mulheres não conhecem a sua genitália, têm sentimentos negativos em relação a ela e não conhecem as suas sensações. A masturbação ainda é vista como algo errado e é um comportamento que continua associado aos homens e à prática solitária.

Diria que orgasmo feminino é um tema mal explorado na educação sexual?

Sim. Não educamos para o prazer; ainda nos educam para riscos e consequências.

Que impacto isso tem?

Se não falarmos de satisfação e prazer não desmistificamos obstáculos e não abrimos a possibilidade de se ter mais prazer.

Afinal, quantos tipos de orgasmos femininos existem?

Prefiro falar de um orgasmo e de inúmeras formas para chegar a ele: sexo oral, toque, penetração, estimulação genital, etc. Os orgasmos também são diferentes na sua intensidade… mais suaves ou mais explosivos. O que importa é termos prazer, mesmo que não acordemos o condomínio com gemidos.

Já nas bancas!

Assine a ACTIVA e receba dois coffrets da Rituals Assine já

Relacionados

Este é o maior segredo dos homens na hora H

Segundo um recente estudo, realizado no Reino Unido e Estados Unido...

Este preservativo pretende impedir relações sexuais sem consentimento de uma das partes

Inovação criada por uma empresa Argentina.

A canábis pode melhorar o orgasmo feminino

De acordo com um novo estudo.

Mais no portal

Sobrancelhas entrançadas e duas outras tendências bizarras de maquilhagem

Era capaz de experimentar alguma?

Kate usa o blusão perfeito para este inverno

A duquesa esteve esta quarta-feira em Buckinghamshire, numa ação in...

Vamos brilhar? 14 vestidos que não têm medo de dar nas vistas

A pensar nos dias de festa.

Julia Roberts foi a definição de elegância com este 'look' preto (e detalhes especiais)

Uma pista: não é um vestido.

"Trisal" explica como funciona realmente uma relação a três

E revela como costuma ser a reação das pessoas.

4 rainhas do fitness revelam os seus segredos para manterem a forma na quadra festiva

Desfrute da época de festas sem pesos na consciência.

Eis o melhor truque para as crianças pararem de chorar quando querem algum brinquedo

"É mágico. Sem lágrimas. Sem birras", disse a mãe que partilhou a i...

Família de Bob Marley brilha em campanha de Natal

Ziggy Marley juntou a mulher e os filhos para uma sessão fotográfic...

Penteados tendência para esta quadra festiva

Despeça-se de 2019 e dê as boas-vindas a 2020 com o seu melhor look...

7 presentes que parecem mais caros do que aquilo que realmente são

Sem ideias? Aqui ficam algumas sugestões para este Natal!

Billie Eilish está a trocar mensagens com Drake e foi assim que a internet reagiu

"Por que um homem de 33 anos está a mandar mensagens a uma rapariga...

Especialista diz que estas três cervejas podem ser benéficas para a saúde

O processo de fermentação faz com que estas bebidas tenham qualidad...

ASSINE 1 ANO (12 edições) POR 30€ E RECEBA 30€ EM OFERTAS

Assine Já!