iStock-941108360.jpg

Maria Dorota

O sexo é um dos maiores prazeres físicos da vida mas, como tudo, tem coisas desagradáveis.

Com isto em mente, a empresa de brinquedos sexuais Lovehoney decidiu fazer um inquérito a três mil adultos nos Estados Unidos sobre o que mais detestam no quarto. As respostas podem parecer-lhe muito familiares… ou surpreendê-la.

Para as mulheres, o mais desagradável é “sentir complexos” durante o ato, sendo que 30% das respondentes deram essa resposta. Segue-se o “sexo que acaba demasiado rápido”, com 29%. Outras respostas comuns entre o público feminino são “não ter um orgasmo” (28%), “interrupções” (27%), e “preliminares insuficientes” (24%).

Os homens, por sua vez, consideram pouco desejável o “sexo que acaba demasiado rápido” (34%), quando “o parceiro não tem orgasmos” (30%) ou são infetados com uma “doença sexualmente transmissível” (17%).

Os resultados parecem confirmar que os homens são de Marte e as mulheres, de Vénus. Els preferem eficiência, enquanto elas dão prioridade ao compromisso e ao romance.

Já nas bancas!

Assine a ACTIVA e receba dois coffrets da Rituals Assine já

Relacionados

Pessoas com fraca atividade sexual têm algo surpreendente em comum

De acordo com um novo estudo.

Será que dormir em camas separadas é bom para a vida sexual do casal?

Especialistas analisaram vários casos e chegaram a conclusões inter...

Bella Thorne assume que é pansexual "e não sabia"

A cantora e atriz explicou o conceito em 21 segundos.

Mais no portal

Brilho, brilho e mais brilho: o derradeiro shopping de réveillon

Esqueça o minimalisto. No ano novo, mais é mais.

Se não sabe o que calçar na noite da passagem de ano, estas sugestões são para si

Qual é o seu estilo?

Estes são os 10 filmes mais populares de 2019

Consegue adivinhar qual é o primeiro da lista?

5 pantufas fofinhas para aquecer o seu inverno

Não precisa de passar a estação com os pés frios com estas opções!

Por que 11 de dezembro é considerado o dia mais fértil do ano

A constatação é numérica!

Este movimento defende que não precisa de amar o seu corpo para o aceitar

Conheça o "body neutrality".

Restaurante da Semana: Visconti ou quando a 'dolce vita' se mudou para o Chiado

O Visconti mora no Chiado e tem uma carta deliciosa, bem ao estilo ...

A evolução dos visuais da Mulher-Maravilha ao longo dos anos

Uma heroína feminista para alguns e um símbolo de opressão para out...

Quem são as cinco únicas mulheres negras a vencerem o Miss Universo

O concurso demorou 25 anos para coroar Janelle Commissiong, a prime...

10 peças para rechear o seu armário com a cor de 2020

O azul clássico foi a escolha da Pantone.

Veja a receita destas bolachas de Natal saudáveis

A nutricionista Catarina Sofia Correia partilha esta receita delici...

ASSINE 1 ANO (12 edições) POR 30€ E RECEBA 30€ EM OFERTAS

Assine Já!