super-nutrients-sexual-health-fb_0.jpg

D.R.

Magnésio

O mineral relaxa os músculos para aliviar as dores menstruais. Além disso, também equilibra os níveis de insulina para ajudar com condições como, por exemplo, a síndrome do ovário policístico, explica a dietista registada Cindy Klinger, que exerce em Oakland, na Califórnia, à revista Shape. Tente consumir 320 miligramas por dia através de amêndoas, linhaça e legumes.

Vitamina D

Níveis baixos de Vitamina D estão associados à candidíase, a infeções urinárias e à vaginosebacteriana, diz a ginecologista Anita Sadaty, que exerce em Roslyn, Nova Iorque, à mesma publicação. A Vitamina D acelera a produção de compostos antimicrobianos chamados catelicidinase, segundo a especialista, é seguro ingerir 2,000 IU por dia, através de um suplemento, de salmão ou de laticínios fortificados.

Maca

Bastante popular no formato em pó, este superalimento contém uma mistura de cálcio, magnésio e Vitamina C para equilibrar as hormonas do stress que reduzem o desejo sexual, explica a Dra. Sadaty. É especialmente benéfico para mulheres que tomam antidepressivos, que muitas vezes afetam a libido. A médica sugere adicionar uma dose ao seu batido matinal.

Fibras

Pensamos nele maioritariamente para a saúde dos intestinos, mas este nutriente também ajuda a expulsar o excesso de estrogéneo do corpo, o que pode reduzir a TPM e até mesmo a prevenir leiomiomas do útero, diz a Dra. Klinger. Comece por ingerir uma porção (1 cup) de verduras e de legumes crucíferos por dia, e depois progrida para duas (2 cups). Isto vai ajudar o seu sistema a acostumar-se a evitar o inchaço.

Já nas bancas!

O que precisa de saber para viver melhor e mais tempo Compre já

Relacionados

Mais no portal

Já nas bancas!