Quer acredite ser um bom detetor de mentiras ou não, obter novas informações acerca do tema não será demais. Em primeiro lugar, importa desconstruir alguns mitos relacionados com os mentirosos, certas crenças que não questionamos mas que podem não ser assim tão acertadas.

  1. As pessoas mentem. Esta é uma convicção tão enraizada na nossa sociedade, que damos por nós a sentir dificuldade em confiar em alguém. “Há um grande grau de variabilidade na mentira, com a maioria das pessoas a mentir pouco e uma minoria a dizer um elevado número de mentiras“, refere, na Psychology Today, Christian L. Hart, professor de psicologia e diretor do programa de Ciência Psicológica na Texas Woman’s University.
  2. Somos bons detetores de mentiras. Muitas pessoas acreditam saber distinguir facilmente a verdade de uma mentira, mas parece que não é bem assim. “Vários estudos muito bem construídos exploraram os graus de precisão das pessoas a tentar identificar mentirosos e concluíram consistentemente que a maioria das pessoas não consegue distinguir entre pessoas honestas e desonestas“, acrescenta.

Mas, afinal, como se comporta um mentiroso?

Investigadores têm vindo a descobrir que as pessoas têm tendência a mostrar um decréscimo de alguns movimentos corporais, tais como abanar os dedos, as mãos, os braços, os pés ou mesmo mexer-se na cadeira quando mentem.

Além disto, os resultados de alguns estudos indicam também que as pessoas costumam fazer mais contacto visual quando estão a mentir, comparativamente com quando dizem a verdade. Ao dizer uma mentira, portanto, piscam-se menos os olhos e há menos sorrisos.

E no que toca ao discurso? “Quando as pessoas mentem, os tons das suas vozes costumam elevar-se. Adicionalmente, os mentirosos demoram mais tempo a responder a questões“, refere o especialista. E se pensa que é tudo, desengane-se. O conteúdo do próprio discurso costuma ser diferente durante uma mentira: há menos detalhes, menos descrição dos próprios sentimentos e menos histórias consistentes e lógicas. Também se usam mais muletas de discurso, como “hum” e “ãh”, por exemplo.

Estamos a procurar nos sítios errados

Se os mentirosos se comportam de modo semelhante, porque somos tão maus a detetar a mentira? “As pessoas parecem ter pouca consciência dos verdadeiros indicadores da mentira, por isso procuram os sinais errados“, refere Christian. Um exemplo? Normalmente, pensamos que as pessoas se mexem mais, como sinal de nervosismo, quando é precisamente o contrário. Também acreditamos que há menos contacto visual – e, como já referido, é também o oposto que sucede.

E se gostaria de ser um melhor detetor de mentiras, o autor alerta para o facto de a grande maioria dos cursos que hoje existem para tal são pouco ou nada eficazes. E porquê? Porque “quando a maioria das pessoas mente, quaisquer mudanças no seu comportamento são muito subtis e, provavelmente, indetetáveis para a maioria“. Mas, claro, quantas mais (e mais corretas) informações tivermos acerca do comportamento de um mentiroso, melhor para o aperfeiçoamento das nossas capacidades de polígrafo.

Palavras-chave

Já nas bancas!

Assine a ACTIVA por 6 meses a partir de 10 euros Assine já

Relacionados

Comportamento

Será que dormir em camas separadas é bom para a vida sexual do casal?

Especialistas analisaram vários casos e chegaram a conclusões interessantes.

Lifestyle

Estes fotógrafos de casamentos explicam como identificar se um casal vai ou não durar

Esteja atenta aos sinais!

Comportamento

Quando a terapia de casal salva de facto um casamento

Vera e João. Marta e Bernardo. Dois casais à beira do divórcio que com ajuda especializada deram uma nova vida, e um futuro, à sua relação.

Mais no portal

Moda

Victoria's Secret vendida a fundo de investimento por quantia milionária

A Victoria's Secret voltará a ser uma empresa privada, com capital fechado.

Inspirações

Quem é a Carolina Deslandes? A cantora responde

Na #VozActiva deste mês.

Celebridades

Tudo o que Meghan vai poder voltar a usar ao deixar a casa real britânica

Unhas coloridas, vestidos curtos ou sandálias abertas são algumas das opções.

Celebridades

"O maior arrependimento da minha vida": é assim que Ben Affleck descreve o seu divórcio com Jennifer Garner

Jennifer Garner e Ben Affleck estão separados desde 2015.

Moda

Letizia usa capa oversize da Zara que é um must-have da estação

A rainha esteve presente na sede da UNICEF em Madrid.

Comportamento

Voz ACTIVA Podcast: Margarida Vieitez e Patrícia Matos revelam-nos o lado menos conhecido de 24 personalidades nacionais

As autoras do livro 'Sucesso Emocional' entrevistaram 24 personalidades para tentar compreender como gerem as emoções.

Celebridades

Aos 16 anos, Millie Bobby Brown faz desabafo sobre hipersexualização

A atriz de "Stranger Things" diz-se frustrada pelo tratamento que recebe da imprensa.

Moda

Meghan Markle e os seus sapatos feitos a partir de garrafas de água

Meghan tem privilegiado o uso de marcas de moda mais sustentáveis.

Moda

Disney lança coleção de vestidos de noiva inspirados nas princesas

É a primeira vez que a Disney faz uma parceria com a marca de vestidos Allure Bridal.

Celebridades

Nova Miss Alemanha tem 35 anos, é empresária e mãe

Leonie Charlotte von Hase foi a grande vencedora desta edição do concurso, que pretende acabar com os estereótipos.

Beleza e Saúde

Esta é a receita caseira perfeita (e deliciosa) para os lábios secos

Só vai precisar de três ingredientes!

Celebridades

Namorada de Al Pacino termina relação e diz que o ator é "velho" e "mesquinho"

Meital Dohan é 39 anos mais nova que Al Pacino.

Assine a ACTIVA por 6 meses a partir de 10 euros

Já nas bancas!

Assine já