Cafés, restaurantes, ginásios, parques de diversões… aos poucos, todos os espaços que associávamos ao lazer estão a ser encerrados (ou a limitar muito a sua capacidade de lotação) no âmbito do plano de contingência para combater o surto do novo coronavírus.

Numa altura em que as pessoas têm muito tempo livre e poucas opções de entretenimento, parece que a indústria da pornografia é dos poucos negócios que continua a crescer. O site Pornhub revelou não só que os seus números dispararam, como também que os utilizadores têm pesquisado ativamente pela palavra “coronavírus”.

A tendência teve início no passado dia 25 de janeiro e continuou a aumentar. Nos últimos 30 dias, houve um total de 6.8 milhões de buscas que continham as palavras-chave “corona” ou “covid”. O pico aconteceu no dia 5 de março, com 1.5 milhões. 

Este gráfico mostra como a tendência se intensificou.

É difícil perceber exatamente o que os internautas esperam encontrar, mas esse tipo de filmes pornográficos existe (sim, a sério). A revista “Forbes” especula que haja uma correlação direta com as muitas incógnitas sobre a doença e que a atitude se baseia na crença de que qualquer fonte de informação serve.

Um dos dados mais interessantes divulgados pelo Pornhub mostra como o tráfego mudou em Itália após o país ter fechado as fronteiras e todo o território ter entrado em quarentena. A partir do dia 9 de março, os acessos diários começaram a aumentar, em vez da curva oscilante que era habitual. Cinco dias depois, já tinham crescido na ordem dos 14%.

Isto pode dever-se, em grande parte, ao facto de o site ter disponibilizado subscrições premium aos utilizadores italianos Ainda não se sabe se a empresa vai estender o mesmo serviço gratuito a utilizadores em isolamento voluntário noutros países. 

Palavras-chave

Relacionados

Beleza e Saúde

Masturbação: 53% admite desconforto ao discutir o tema. Eis as percentagens que interessam

Porque é que o fazemos? Porque é que sentimos vergonha? Porque é que, se faz tão bem, ainda é tabu?

Comportamento

Como devemos encarar o sexo em tempos de distanciamento social?

Saiba como o novo coronavírus e a doença COVID-19 podem afetar a sua vida sexual.

Comportamento

Sim, as mulheres também veem pornografia - e estes são os tipos de vídeos que mais procuram

Dica: não, não são nada românticos.

Mais no portal

Beleza e Saúde

COVID-19: usar duas máscaras protege-nos mais?

Algumas pessoas adotaram este método. Mas será que é necessário?

Lifestyle

Assine 9 revistas por apenas €9,90 por mês e garanta boa informação, em sua casa

Beleza e Saúde

Esperam-se menos nascimentos em 2021

Entenda o motivo.

Imagem de Sucesso

O fator essencial para construir uma Imagem de Sucesso em 2021

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso, explico-vos como podem comunicar de forma assertiva através da vossa imagem e, assim, conquistar objetivos no novo ano.

Comportamento

Este truque curioso pode aliviar o stress durante o confinamento

Só precisa de um telemóvel ou computador - e deixá-lo fazer magia.

Moda

A psicologia por trás das cores românticas que vão estar em alta na primavera

Não só explicamos a origem da popularidade, como deixamos algumas sugestões de visuais para os dias mais quentes.

Beleza e Saúde

Pode haver uma inesperada cura para a acne

Pelo menos, para um dos tipos do problema. Saiba qual.

Moda

Revelado o próximo nome da alta-costura que irá colaborar com a H&M

Todos os anos, a gigante sueca lança uma coleção de edição limitada, que é fruto da colaboração com um estilista ou marca de renome.

Beleza e Saúde

3 acessórios para o cabelo que as mulheres nórdicas adoram

Estas sugestões são perfeitas para ter sempre no nécessaire e transformam qualquer visual num instante.

Beleza e Saúde

Saiba como manter um estilo de vida saudável em regime de teletrabalho

Aqui ficam seis sugestões para continuar a cuidar da sua saúde física e mental no novo confinamento.

15 Perguntas A...

Tânia Ribas de Oliveira: "O meu estilo é casual, confortável e descontraído"

Lançámos questionários com 15 perguntas a várias celebridades sobre temas como, por exemplo, estilo pessoal e rotinas de beleza. A apresentadora da RTP foi a primeira a aceitar o desafio.